Céu Nossa Senhora da Conceição, "Xamã Gideon dos Lakotas", Delegacia de homicídio realiza várias prisões do caso União do Vegetal

Delegacia de homicídio realiza várias prisões do caso União do Vegetal

23/12/2010 – Capital

 

A delegacia de homicídios em conjunto com a patrimônio realizou na manhã de quarta-feira (22/12), várias prisões que levam à elucidação de dois assassinatos que envolve uma família da congregação União do Vegetal. 

O caso começou com o assassinato de Augusto Jerônimo, conhecido como mestre Augusto Queixada Rosa Luz da União do Vegetal. Queixada foi morto no dia oito de julho de 2010, após vários dias internado no Hospital João Paulo II, segundo os filhos da vítima, o mentor do crime seria uma pessoa conhecida como Edvam caçambeiro que contratou dois rapazes para executar o ex-líder da União do Vegetal. São eles os irmãos Isaque Rodrigues e Anibol Rodrigues. Segundo a Polícia, durantea contratação do serviço, houve uma confusão e os irmãos teriam convocado uma terceira pessoa para fazer o serviço.

Edvam caçambeiro acabou sendo descoberto e indiciado como o mandante da morte de Mestre Augusto. Edvam está desaparecido há várias semanas, mas segundo a Polícia ele foi morto pelos filhos da vítima. Rodioclecioano Cordeiro, Josalio Cordeiro, Ramisoronlei Cordeiro, Ludenilson Bizerra e Rodinei confessaram à Polícia que mataram o caçambeiro e deram um fim em seu corpo. Antes de ser morto, Edvam Caçambeiro foi torturado para que ele dissesse quem pagou pela morte do Mestre Augusto. Edvam foi esquartejado por um bisturi e depois teve o corpo queimado dentro do Templo da Rosaluz, no bairro Mariana.

Agentes da polícia da delegacia de homicídios estão realizando a busca e apreensão de mais pessoas envolvidas no caso dos dois assassinatos.

 

 http://www.orondoniense.com.br/imprimir.asp?cd=29034

Fonte : O RONDONIENSE
Autor : O RONDONIENSE

Fonte: http://www.orondoniense.com.br/imprimir.asp?cd=29034