Céu Nossa Senhora da Conceição, "Xamã Gideon dos Lakotas", Abacate

Abacate

Persea gratissima, Gaerth

Persea gratissimaAspectos Agronômicos:

Pode ser cultivado em todo o Brasil, deve-se planta-lo no
interior do pomar para evitar sol forte, atinja o tronco. O plantio deve ser
feito preferencialmente no início da estação chuvosa em solos permeáveis
profundo e adubados. A propagação mais indicada é por enxertia, mas propaga-se
também por sementes. Adapta-se a temperaturas baixas e altas. Sendo que a baixa
umidade do ar lhe é prejudicial.

As folhas já adultas devem ser colhidas antes da floração e
secadas à sombra, e local ventilado e sem umidade. Os frutos e sementes devem
ser utilizados frescos, a semente principalmente, pois sua capacidade de
germinar é rápida.

É cultivada tanto pelo sabor de seus frutos, bem como pela
planta ornamental, a qual pode atingir até 15 m de altura.

 

Parte Utilizada: Folha, fruto, semente, óleo, botões
florais.

 

Constituintes Químicos:

-tanino;

-metil – eugenol;

-abacatina (princípio amargo);

-dopamina;

-quercitna;

-perseitol;

-proteínas;

-mucilagens;

-óleo essencial;

-flavonóides;

-estragol;

-anetol;

-possui quantidades variáveis de matéria insaponificável
(máx.2%);

-hidrocarbonetos, ácidos voláteis, esteróis (sitosterol,
campesterol), aminoácidos;

-vitaminas (A,B,D,E e G) e lecitina.

É rico em potássio, cálcio, fósforo e ferro.

Abscisina nas sementes.

Origem: América Central, mais precisamente do México às

Guianas. É encontrado em todo o Brasil, principalmente nos estados do Norte.

 

Aspectos Históricos:

Originária da América Tropical, de regiões colonizadas
pelos espanhóis. Segundo Pio Corrêa, o abacate foi introduzido no Brasil como
espécie cultivada no início do século XIX.

O nome pelo qual essa fruta ficou conhecida pode ser uma

derivação da palavra maia ahuacacuahuitl ou da palavra asteca chuacatl, ambas
sonoramente transformadas em abogado ou aguacate em espanhol, em português
abacate.

Alguns dizem que a palavra maia significava “fruto que tem a
forma de um testículo ou saco”, de onde se inferiu que o abacate teria
propriedades afrodisíacas. Outros diziam que esta palavra asteca significa
“manteiga que vem da madeira”.

O abacateiro é uma das mais valiosas fruteiras existentes.

face=”Arial”>

Uso:

* Fitoterápico:

 

-Aftas, amigdalite;

-bronquite, secreções catarrais em geral, rouquidão, tosse;

-queda de cabelo, eczemas do couro cabeludo, caspa;

-cansaço, estresse, dor de cabeça, indisposição;

-diarréia, distúrbios da digestão, disenteria, dispepsia,
eructações, flatulência, dispepsia.

-doenças do estômago, estomatite, doenças do fígado, rins,
verminoses;

-nevralgias.

-inflamações dos dedos, reumatismo;

-nas afecções hepáticas, doenças renais e das vias urinárias,
cistites, uretrites, gases intestinais e estomacais.

face=”Arial”>

* Fitocosmético:

 

-Beleza da pele;

-cabelos secos e ressecados.

face=”Arial”>

* Farmacologia:

 

Sua propriedade diurética é comparável à da tieolromina,
aumentando a produção de urina, com ação direta sobre o túbulo renal.

O D- perseitol, encontrado em toda a planta, demonstrou
aumentar a diurese.

Atua nas deficiências de secreção biliar, aumentando a secreção
de bile pelo fígado,além de evitar a formação de gases intestinais e estomacais.
Estimula o fluxo menstrual, ação atribuída aos flavonóides. Relaxa a musculatura
brônquica.

O óleo, apresenta grande utilidade terapêutica, principalmente
como anti – raquítico.

face=”Arial”>

Riscos: Não há referências na literatura consultada.

face=”Arial”>

Dose Utilizada:

Fitoterápico:

Uso Interno:

 

Infuso: 50g de folhas em 1 litro de água. Tomar 1 xícara 3 a 4
vezes ao dia.

Extrato fluido: 2 a 10mL por dia.

Extrato seco: 1g ao dia.

face=”Arial”>

Uso Externo:

 

Decocto: na forma de compressas locais, várias vezes ao
dia.

Óleo: produtos para massagem.

Cataplasma: usar sementes (antiinflamatória).

face=”Arial”>

Fitocosmético:

 

Óleo: produtos de tratamento para pele e cabelos (óleos, cremes
e loções): 0,1 a 5%.

face=”Arial”>

Obs.: O abacate é usado na culinária; o fruto sob forma de
alimento, atua contra obstipação intestinal.

Há várias maneiras de usar o abacate, ele pode ser usado tanto
em pratos doces como salgados.

Não é incomum usá-lo com saladas. Misturado com alho, cheiro –
verde e sal, e batido, dá uma “manteiga” que muitos apreciam passada no pão, e
outros como creme para diversas preparações salgadas.