Céu Nossa Senhora da Conceição, "Xamã Gideon dos Lakotas", A resposta do SER ao sistema do ter

A resposta do SER ao sistema do Ter:

Introdução do Livro Viver de Luz em Verdade

Obs: Este livro será lançado em 07 de Março de 2011, quando completarei 150 dias me alimentando unicamente da Luz e do Prana. Hoje, final de dezembro de 2010 enquanto escrevo este livro faz apenas 80 dias que estou sem beber água e sem comer matéria.

(Mensagem escrita em dezembro de 2010)

Vivendo de Luz em Verdade

 

cnsc_viverdeluz150dias

Introdução

Viver de Luz em Verdade não é deixar de comer e beber, mas sim estar capacitado a se alimentar da energia Vrill que compõe todo o universo e se encontra na Luz (Fóton) e no ar (Prana). Toda forma de alimento sólido e liquido é apenas a energia Vrill condensada, é apenas um substrato da essência. Porque se alimentar do substrato se todo Ser Humano é capaz de sintetizar a essência?

 

Meu nome é Emiliano Dias Linhares, nasci em MG no Brasil em 1964, mas me conhecem mais por meu nome de escritor e espiritual Xamã Gideon “dos Lakotas” ou Gideon “Lakota”. Hoje ao lançar este livro, estou Vivendo de Luz em Verdade há 150 dias. Faz 150 dias que não como alimentos e nem bebo água e qualquer forma de líquidos. Faz 150 dias que me alimento exclusivamente do fóton (na luz) e do Prana (no ar). Através deste livro pretendo compartilhar com você buscador tudo que me foi passado pelos Ascencionados, a qual comanda o Astral Superior e compõem a Fraternidade Branca.

 

Estou feliz e honrado. Feliz porque agora estou sendo ouvido. Após tanto esforço em não abrir mão do meu direito de amar finalmente muitos ouvem a mensagem que tenho clamado que ouvissem por encarnações: SOMOS UM!

Feliz porque agora me ouve principalmente a raça do ter que pela pouca compreensão, ao longo de milênios vêem aniquilando as castas indígenas de todo o planeta, como os povos de minhas ultimas encarnações no bom caminho vermelho, na tribo “Lakota” onde aprendi a integração e a universalidade que nos dias de hoje chamamos de Xamanismo. E honrado por que o GRANDE MISTÉRIO (DEUS), em sua compaixão infinita se compadeceu deste pequenininho teimoso aqui e tem me permitido manifestar à humanidade as experiências mais elevadas da alma. Falar a Verdade com a simplicidade divina e jogar no chão os dogmas e tabus que fazem os homens segurarem pedras me expôs aos ataques dos que ainda vivem no sentimento do medo, coisa irrelevante quando comparada a felicidade de tantos que vieram para o sentimento do amor; as investidas iradas de alguns, por manifestar a coragem e a ação de testificar a simplicidade de DEUS e que ELE não busca pelo mármore e nem pelo ouro que você tem, foi suplantada pela alegria de milhares que compreenderam a mensagem; a calunia, critica e difamação pelos revoltosos arraigados e aferrados a conceitos espirituais efêmero que os mantêm adormecidos, se tornaram insignificante frente à liberdade e felicidade de tantos milhares ao receberem os conceitos absolutos que desperta os homens. Um espírito de Luz diz e faz o que precisa ser dito e feito sem ter que pedir licença e muito menos se ofende com o que alguns podem dizer, até mesmo porque só se ofende aquele que se encontra no complexo de superioridade ou inferioridade. Enquanto você se preocupar com a reprovação externa e tudo aquilo que podem falar a seu respeito é porque eles ainda o têm no cabresto. Um espírito de Luz simplesmente vem e concretiza. EU SOU FELIZ!

 

Nestes 150 dias Vivendo de Luz em Verdade tenho vivido experiências magníficas dentre algumas que nem há como por em palavras. Você também pode viver estas experiências desde que queira! Mas você quer de fato? Está mesmo disposto a abrir mão de certas pedras que vem carregando faz tempo? Porque existem apenas dois sentimentos, o amor e o medo. Todas as outras formas de manifestações de sentimentos que conhece são apenas derivações destes dois. O amor é o absoluto, é o real. Dele vem a compaixão, o perdão, a integridade, a caridade, a simplicidade, o comprometimento, a felicidade etc. O amor é o absoluto, as virtudes, a força, o intuitivo, o espiritual, é ser capaz de Viver de Luz em Verdade. O medo é o relativo, é a ilusão. Dele vem a tirania, a vingança, a dissimulação, o individualismo, o compliquismo, o envolvimento, o sofrimento etc.

 

O medo é o relativo, os defeitos, a fraqueza, o racional, o material, é ser dependente do alimento material. Viver no amor ou no medo é só questão da escolha que fez! Em qual deles você tem vivido?

 

Querido amo a humanidade e a você incondicionalmente, porque amo a mim mesmo, por isto mesmo que sendo gentil direi a Verdade sem mascaras, em toda sua extensão, em cada um de seus aspectos e em cada vírgula que tiver, e se não fosse assim, como poderia te ensinar o que aprendi? Portanto se sua escolha é continuar vivendo no sentimento do medo, no relativo, melhor fechar este livro e retornar à sua vidinha. Mas se seu ímpeto é viver no sentimento do amor, no absoluto, então melhor é continuar com a leitura e se revestir de coragem e mente aberta filho, porque você vai conseguir sim Viver exclusivamente da Luz e do Prana. Se eu consegui, você também consegue! O que vai escolher? Voltaremos a falar disto mais pra adiante.

 

Antes de estar com a consciência mais ampliada ainda, devido ao Viver de Luz em Verdade, eu sabia que as três energias mais fortes em que o ego se manifesta é a Ilusão, o Ter e o Sexo. Onde a energia sexual é a mais intensa e a base das outras três. Todos estes são frutos do relativo, do sentimento do medo.

– A ilusão como a fuga pelas drogas, doutrinas, religiões e igrejas, todas justificadas pelos conceitos efêmeros, ou seja, criado por homens.

– O Ter onde se apresenta o valor dos bens e do dinheiro como sendo superiores ao valor do ser humano. Nele se encontra o direito de posse até da vida e a nefasta seta indicadora de “Como posso ganhar mais e perder menos”?

– E o Sexo Carnal, animal, onde se encontra a promiscuidade, as plenas reverência e idolatria pela carne, a escolha decidida pelo relativo e total negação do absoluto.

 

Mas após iniciar o processo do Viver de Luz em Verdade enxerguei além e aprendi que o maior apego do ser humano é o sabor. O sabor é o primeiro cantado do recém nascido com o plano do relativo, o mundo da ilusão. Também é o ultimo. Ao nascer é pelo leite que o bebê procura. Quando se está velho e o ouro perdeu seu brilho e a libido ficou no passado, o sabor ainda é um prazer ativo e intenso. Voltaremos a falar disto mais pra adiante.

 

Outra coisa: O DNA humano é mesmo alienígena querido! A ativação do nosso DNA é a chave para se poder Viver de Luz em Verdade. Nos homens de hoje somente 3% do DNA está ativo, ou seja, 97% dele dorme, é inativo, esta sem função. Toda forma de percepção do mundo que hoje tem a humanidade está dentro destes 3% ativos. Isto porque estes 3% pertence ao racional, ao mental, ao apego, ao tridimensional. Na reativação de uma parte dos 97% inativos está a chave para se poder Viver de Luz em Verdade. E isto pertence ao desapego, ao intuitivo, ao espiritual. O GNA dos homens da nova era citado em tantas obras espirituais nada mais é que o nosso DNA ativado em sua totalidade… Simples assim!

 

A forjação mental, o vício principalmente em drogas e os conceitos efêmeros são como pedras que o impede de alçar os altos vôos da ativação do DNA adormecido. Qualquer homem ou mulher enquanto se mantiver com coração avaro, ou nas drogas e vicio, ou sexualmente um promiscuo, estará impossibilitado de ativar o seu DNA adormecido, pois tais coisas o mantêm fora do corpo intuitivo. E deixar de tomar logo a sua decisão de viver o amor por ficar se martirizando pelas coisas que disse e fez lá atrás, por aqueles que prejudicou e feriu no passado, por todos os que você abandonou e humilhou, é desnecessário meu filho. O perdão começa por nós mesmo e o sentimento de culpa e medo são os seus verdadeiros adversários. É você mesmo quem está se julgando culpado.

 

DEUS não julga e não condena ninguém! A culpa prende no relativo enquanto o perdão liberta para o absoluto. A culpa e o medo são como a seca que assola a lavoura e a transforma num deserto árido e infértil. Nada de bom sai destes. Mas o perdão e o amor são como a brisa serena que abençoa a terra e viceja a vida. Ficar segurando estas pedras ou largá-las, é só questão da escolha que fizer. Que escolha fará? Voltaremos a falar disto mais pra adiante.

 

Você que deseja Viver de Luz em Verdade tem a CORAGEM de abraçar uma Liberdade e Consciência Divina muito além dos conceitos espirituais que talvez pense conhecer? Porque o único que existe é o absoluto, o real. Seu oposto é o relativo, a ilusão. E todos os conceitos espirituais que formam a base espiritual do buscador de hoje é simplesmente o resultado de observações detalhadas das leis que rege o relativo, que é a ilusão criada. Estes conceitos são um norte seguro de como você se comportar na experiência que escolheu viver no mundo da ilusão, no plano relativo, de forma a “relembrar quem você é” mais facilmente. Mas tudo aquilo que provem da ilusão é igualmente ilusório, é igualmente relativo. Não há como o que é real vir da ilusão, tal qual não há como o Absoluto vir do relativo. Só o que vem do Absoluto é real! Como poderíamos pecar se nossa essência é o Absoluto, se DEUS é Absoluto? Não há pecado e nem cobranças. Não tem pagamento de débitos. O Karma e o Dharma são frutos das observações do relativo, portanto é uma ilusão e não existe. Tudo que existe é o presente, o aqui e o agora. Não há passado ou futuro, só o presente. Isto por si só elimina a existência do Carma e do Dharma! A coragem é o catalisador entre o plano espiritual e o plano terreno, é ela quem faz a liga entre o absoluto e o relativo. Você tem coragem suficiente de dar a mão a palmatória rejeitando todos os seus conceitos espirituais tão logo se depare com verdades maiores sobre DEUS? Por exemplo: se DEUS necessitasse de leis ele não poderia ser Absoluto! Você tem a Coragem de abrir mão de tudo que leu, ouviu e estudou sobre DEUS e passar ter como referencia a sua própria experiência com DEUS? Porque a experiência de Viver de Luz em Verdade vai sim por em xeque tudo aquilo que você pensava que sabia sobre DEUS, como por exemplo a inexistência do Karma e do Dharma e tantos outros conceitos que vem te norteando até hoje. A Liberdade e a Consciência da Nova Era está muito além de tudo que existe hoje! Esta preparado para novos desafios querido? Voltaremos a falar disto mais pra adiante.

 

Quando se está vivendo de luz, é somente fóton e prana. Sem a ingestão de água ou qualquer forma de líquidos, sem a ingestão de comida ou qualquer forma de matéria. Mesmo que esteja praticando os exercícios fotônicos e pranaiâmicos, se houver ingestão de qualquer tipo comida ou líquido, mesmo que pouco, o que se está fazendo é um regime acentuado, é uma alimentação conjugada. Nada há de errado em se fazer uma alimentação conjugada, inclusive é muito saudável e bom para a sensitividade, mas daí afirmar que se está vivendo de luz entrou na forjação mental, no equivoco. Conheci aqui no Brasil muitas pessoas que diziam estar vivendo de luz. Pessoas que inclusive gostei muito, boas pessoas mesmo, mas comiam barras e cereais, chocolates, frutas, bebiam água de côco, chás, sucos, água, leite etc. Estavam na alimentação conjugada e não Vivendo de Luz em Verdade. Inclusive após conversarmos e lhes expor a descrença que isto estava resultando na humanidade. Eles concordaram que falaram sem uma maior reflexão e se corrigiram adotaram a postura autentica que praticam a alimentação conjugada. Também admitiram que não conseguiam ficar sem beber ou comer, embora tenham tentado. Mas que hoje estão bem da forma conjugada que estão fazendo. Esta é a transparência que os filhos da Luz carregam! Conheci também pessoas de menos bom senso que afirmavam estar vivendo de luz mas que comem e bebem bem mais que os outros que citei acima. Alguns chegam a ser até gordinhos. Continuam na irresponsabilidade de afirmar o que não fazem, mas devido ao dinheiro que ganham realizando palestras e ministrando curso daquilo que não testificam. Alguns destes inclusive pitam maconha e freqüentam as Reeves buscando ficar conhecidos e por novos clientes. É apenas a turminha do oba oba no modismo hippie da nova era. Enfim, ao menos que sejam felizes no pouco tempo que lhes restam antes de se fechar este ciclo no final de 2012, pois com toda a certeza vinda das ações que mantêm, eles optaram pelo relativo e não pelo Absoluto, escolheram pela ilusão e não pela Nova Era.

Quantas pessoas você conheceu que realmente vive de luz? Não que dizem apenas estar vivendo de Luz, mas que tenha até provado que está. Alguém que se prontificou inclusive a um acompanhamento médico científico de 24h por dia e por uns 15 dias para que assim deixe testificado cientificamente o Viver de Luz? Eu ainda não encontrei nenhum além de mim. Parece que vou ser o primeiro! Pretendo até o final de 2011 deixar o Viver de Luz cientificamente testificado. Que embora a ciência de hoje não possam explicar como, terão que admitir que alguém conseguir de fato. A partir daí o ceticismo da ciência estará quebrado e o Viver de Luz a nível mundial flui com rapidez. Como estimulo para vinda de um corpo médico cientifico sério, oferecerei uma considerável soma de dinheiro para aqueles que conseguirem provar que sou mentiroso, que sou farsante, que não estou Vivendo de Luz. Voltaremos a falar disto mais pra adiante.

 

A data de 21 de dezembro de 2012 não é um mais um dos muitos mitos do mundo, a coisa parti daí fica muito séria e toda a humanidade já terá feito a escolha da experiência que escolheu viver. O simples fato de não optar pelo Absoluto já significa que se optou pelo relativo. Nada há de errado em continuar a viver as experiências do relativo, da ilusão. Mas as salas de aula serão dividas queridos! Voltaremos a falar disto mais pra adiante.

 

Seja qual for a experiência que escolher vivenciar, se Absoluto ou relativo, não tema, pois jamais DEUS irá te abandonar e não importa quantas escolhas ainda venha a fazer ELE sempre estará a postos.

 

Xamã Gideon “dos Lakotas”.