Céu Nossa Senhora da Conceição, "Xamã Gideon dos Lakotas", Águia – Espírito

aguiaÁguia – ESPÍRITO

Voe alto,
e toque o Grande Espírito.
Partilhe comigo sua energia,
Toque-me, honre-me,
para que eu possa
conhecer-te também.

A energia da Águia representa a força do Grande Espírito, a conexão direta com o Divino. É a capacidade de viver na esfera espiritual e, ainda assim, ter os pés no chão, continuar ligado, equilibradamente, à vida nesta Terra. Pairando nas alturas, em meio às nuvens, a Águia está perto do firmamento, onde reside o Grande Espírito. Voando sempre nas alturas, a Águia percebe rapidamente todo e qualquer movimento de evolução na trajetória geral da vida.

As penas de Águia são consideradas os mais sagrados instrumentos de cura, tendo sido empregadas há séculos pelos xamãs para limpar a aura dos pacientes que os procuram em busca de remédios para seus males. Dentro do sistema de crenças das tribos indígenas norte-americanas, a Águia simboliza o estado de graça obtido por intermédio do trabalho árduo, a compreensão da mecânica da existência e a coroação dos testes iniciáticos destinados a liberar os poderes individuais latentes no âmago de cada ser. Somente depois de ter experimentado os altos e baixos da existência, sem esmorecer na fé de sua conexão pessoal com o Grande Espírito, é que o indivíduo pode obter o direito de aprender e utilizar a magia de cura da Águia.

Se você tirou a carta da Águia, isto significa que você deve acreditar mais em seu coração e reunir todas as suas forças, porque o universo está lhe concedendo uma oportunidade de voar muito acima da dimensão mundana de sua consciência. A capacidade de reconhecer tal oportunidade pode apresentar-se sob a forma de um teste espiritual. Valendo-se de sua intuição, você poderá perceber que aspectos de sua alma, de sua personalidade, de seu nível emocional ou psicológico necessitam serem reforçados, aperfeiçoados ou corrigidos. Com sua visão global, a Águia ensina que é preciso expandir sua personalidade para ser capaz de abarcar aquilo que se encontra além do nível que você consegue perceber atualmente.

Aprendendo a atacar valentemente seu medo do desconhecido, você ascenderá a uma região na qual as asas de sua alma serão sustentadas pela suave brisa eterna, que nada mais é do que a respiração do Grande Espírito.

Alimente o seu corpo, mas alimente ainda mais a sua alma. No reino da Mãe Terra e do Pai Céu a dança que nos leva a voar tem como pré-requisito a superação do medo e a disposição para embarcar na aventura que você está criando, neste momento, em sociedade com o Divino Parceiro.

Se a Águia voou majestosamente para o meio de suas cartas, foi para adverti-lo de que precisa restabelecer suas ligações com o elemento Ar. O Ar simboliza o plano mental e, neste caso específico, sua mente superior. É preciso lembrar que a sabedoria nos chega de forma freqüentemente curiosa, mas está sempre relacionada com a força do Grande Espírito.

Se você tem andado nas trevas da ilusão, a Águia pode iluminá-lo, pois ela o ensina a olhar para um plano mais alto, a tocar o Avô Sol com seu coração, e a amar tanto a luz quanto as trevas. Quando for capaz de perceber a beleza e a utilidade tanto da luz quanto das sombras, você será capaz de alçar vôo para uma dimensão superior, assim como a Águia.

A magia da Águia é o presente que concedemos a nós mesmos para mantermos sempre em mente a lembrança da liberdade existente no céu. A Águia deseja que você permita a si mesmo gozar a liberdade segundo os desígnios de seu coração, e para encontrar a felicidade que ele ambiciona.