Céu Nossa Senhora da Conceição, "Xamã Gideon dos Lakotas", Galo Silvestre – ESPIRAL SAGRADA

Galo Silvestre - ESPIRAL SAGRADA Galo Silvestre – ESPIRAL SAGRADA 
Galo Silvestre… da Espiral Sagrada 
Seja meu guia 
Para a cordilheira da eternidade 
Onde todos somos um.

Antigamente, o Galo Silvestre podia ser encontrado em todo o território dos Estados Unidos, mas agora é muito difícil encontrá-lo, até mesmo nas planícies nas quais ele existia em grande quantidade. Muitas das tribos das planícies realizam a Dança do Galo Silvestre em homenagem a essa ave. Efetuando contínuos movimentos circulares, o Galo Silvestre procura reproduzir o desdobrar de uma espiral – símbolo do túnel acanelado do eterno retomo, pelo qual estamos sempre passando para nascer e renascer, nascer…

À Espiral Sagrada é dos mais antigos símbolos de poder pessoal. Ao empregar a energia do Galo Silvestre, imagine um redemoinho ou mesmo um furacão, para cujo centro você será transportado pela Espiral Sagrada. Esta espiral é a metáfora da iluminação e das visões proféticas pessoais. Muitos dos iniciados em busca de Visões pintam espirais sobre seus corpos por acreditarem que, desta forma, o Grande Mistério irá ajudá-los, proporcionando-lhes visões de poder.

Os dervixes rodopiantes de algumas ordens sufis são mestres na dança da espiral e conseguem atingir estados mais elevados de consciência por meio da repetição incessante desse movimento sagrado. Diz-se, inclusive, que os dervixes são capazes de viajar até o centro da espiral para ali obter quaisquer poderes mágicos que ambicionem. Isto ocorre porque no estado de transcendência alcançado pêlos dervixes sufis, a pessoa é capaz de penetrar no Grande Silencio no qual é possível se comunicar diretamente com o Criador. À dança sufi é um sistema que emprega o tratamento ritualístico do movimento para interligar o dançarino com a Divina Fonte. Assim, ao rodopiar no sentido dos ponteiros do relógio, ou na direção oposta, o dervixe consegue atrair as energias que deseja ou repelir aquelas que me são nefastas.

Se você tirou a carta do Galo Silvestre, empreenda uma meditação sobre as qualidades do movimento em sua vida. Comece visualizando o Sol como uma estrela entre os muitos milhões de estrelas semelhantes que giram suavemente, em perfeita sincronia, na gigantesca espiral da Via Láctea. Efetue então a fantástica viagem que o conduzirá das imensidões celestiais para as mais infamas partículas componentes de seu corpo e perceba que a forma do DNA, que constitui a matriz de seu ser, reproduz em essência, com sua forma de dupla hélice, o aspecto espiralado das galáxias.

Estude sua maneira de mover-se no mundo. Como você se visualiza no ato da locomoção? Que tipo de reação você provoca, que tipo de energia envia para o Universo? Que palavras empregaria para descrever sua maneira de se deslocar no mundo material, como também no mundo espiritual? Finalmente, avalie se os seus movimentos são compatíveis com a concretização de seus maiores anseios e objetivos.

Muitas das disciplinas espirituais solicitam aos seus adeptos que cessem toda a movimentação física externa justamente para que sejam capazes de perceber a existência da vida interior. A energia do Galo Silvestre representa no entanto um convite para a dança. O Galo Silvestre celebra a Fonte Divina por meio da Dança da Espiral Sagrada, oferecendo esta dança para você como um presente. Você pode passar a vida inteira aprendendo a lição do Galo Silvestre, para ser capaz de finalmente sincronizar sua dança com o ritmo da Mãe Terra, à qual você dedica a dança como uma criação de beleza altruística.