A Conduta do Filho da Luz

* A Conduta do Filho da Luz é uma adaptação da Palestra ministrada em um Ritual de Curas e Bênçãos pelo Padrinho Junior dos Lakotas no Céu Nossa Senhora da Conceição.

Lá fora, está como? Está difícil!

Está difícil você amar nos dias de hoje no mundo lá fora. Hoje se tornou normal uma pessoa olhar nos seus olhos e mentir, não ter palavra, tentar te enrolar, te enganar… É assim que está a humanidade lá fora. O dinheiro corrompeu o coração da humanidade e posso falar humanidade no geral porque a grande maioria das pessoas está corrompida sim!

Tudo é o ter lá fora, tudo é o ter! Hoje as pessoas mentem…. Já é normal a pessoa pensar que para se sobressair na vida ela precisa passar por cima da cabeça dos seus semelhantes. Hoje você não pode confiar em ninguém… Se você for comprar um imóvel, um carro você tem que puxar a vida pregressa inteira do cidadão porque, senão, você perde aquilo que você comprou! Já foi a época do “fio do bigode”, ninguém tem palavra! É assim que está o mundo do ter lá fora! É isso que a gente enfrenta todos os dias lá fora!

Mas o Filho da Luz é aquele que vai e vive lá fora, que vence o mundo lá fora e não perde seu direito de amar! Não perde a bondade no coração! E ser bom, ter bondade no coração, não é ser bobo, é ser justo! É não deixar seu coração ser corrompido pelo mal! É vencer lá fora com dignidade, é não perder a honra!

Já viu aquela expressão: “Dê a outra face”?

O Filho da Luz dá a outra face sim. Mas ele não dá a outra face por falta de coragem de mostrar o tamanho da mão não, viu?

Dar a outra face, é conhecer a humanidade como está lá fora e mesmo assim estar aqui nesta Obra, de portas abertas, trabalhando, ajudando quem quer que seja, que venha e se sente nessa cadeira a despertar, a se lembrar que o amor rege tudo, a se lembrar que o Senhor do nosso coração é o nosso Mestre e que Ele habita aí dentro de você!

Não importa de onde você veio, de que buraco você tenha saído e as diabruras que você tenha aprontado lá na vida ou o quanto você está contribuindo para o mundo corrupto do ter. Não importa! Porque o Mestre te ama de qualquer forma! E o amor Dele é sentido por todos que estão aqui nesse lugar, que não se corrompem!

Ninguém aqui está em busca de sua carteira! Aqui o trabalho é dez reais e você ainda toma um caldinho de feijão! É o valor de custo! Estamos aqui, dando a outra face com o coração limpo, zelando somente pelo seu coração, pelo seu bem! Estamos aqui trabalhando aos finais de semana, feriados, vencendo na vida lá fora e estamos aqui de peito aberto, porque nós amamos de verdade, porque não corrompemos o nosso coração, porque damos a outra face verdadeiramente, não somente em palavras.

Tudo o que pedimos a vocês durante o ritual é seriedade e respeito, nada mais. O que vocês vão receber aqui e, sempre receberão, não é de mim ou de nenhum dos fiscais que estão aqui de mangas arregaçadas, virando a noite para acompanhar de cada um de vocês. O que receberão aqui vem direto da Fonte, a Fonte que já existe dentro de cada um! Tudo que nós fazemos é abrir essa portinha e fornecer os meios. O trabalho quem faz não somos nós. Somos meros enfermeiros. Meros enfermeiros de corações não corrompidos, dignos da presença do Mestre. É o amor Dele que reina aqui!

Tenha a mente aberta para ver o que tem que ser visto no seu trabalho. Você vai se ver tal qual se encontra, mas, na medida que você aguenta. Nunca vão lhe dar o frio maior que o cobertor ou a cruz mais pesada do que você possa carregar, viu? Então, tenha a mente aberta para ver os erros e também os acertos. Tenha a mente aberta e a humildade para ver e receber as direções que os nossos Irmãos mais velhos vão te passar para que você mude a sua vida.

Lembre-se que isso aqui é passageiro, e aqui você vai relembrar que isso passa em um piscar de olhos, e o que tem depois daqui que é o verdadeiro. Isso aqui, a vida, é rápido demais. Todo mundo deveria relembrar o quanto é verdadeiro o que tem depois daqui. Qual sentido tem a vida se não há nada depois? Qual é o sentido da sua vida? O sentido da sua vida é não corromper o coração e amar. Tem muito mais do que esse mundo material e terreno, gente! Qual o sentido da vida se não tiver nada depois daqui?

Aproveite sua vida para amar, para fazer o bem, para se sobressair nas virtudes do Espírito.

Eu fiquei preocupado porque agora ficou um silêncio, (risos) não sei se falei muito forte ou o quê foi, mas saiu de dentro, foi um grito do coração.

Nós vamos passar para o trabalho. Respeito e seriedade! Humildade! O amor que nos move a estar com as portas abertas aqui, é o que banhará seu coração à noite, é o amor do Mestre. Este amor sempre esteve aí no seu Coração, mas, hoje, de forma a você não ter o quê ou como questionar, você vai sentir o Mestre falando dentro do seu coração com você.

[…]

Outra coisa! A caminhada espiritual vai muito além da ayahuasca, viu? Ayahuasca te permite abrir os seus canais, permite a uma pessoa que nunca meditou na vida ser colocada em um estado profundo de meditação, com seus canais abertos.

Com os canais abertos que se tem contato com o mundo espiritual, tem um contato com seus Irmãos mais velhos, pode chamar de anjo da guarda, como queira. Com os canais abertos que se faz aquela imersão para dentro de si, que é onde você relembra do amor que possui. Mas é na meditação que você passa para o degrau a seguir. É na meditação! Quando você entrar na força por si mesmo, sem ayahuasca, você começará a subir para o degrau acima dos trabalhos, que já são maravilhosos.

Você já nasceu capaz de tudo isso, viu? Você só não exercitou as suas faculdades espirituais, a sua mediunidade.

Todos aqui são médiuns, só não sabem disso ainda e, se quiser descobrir, prepare-se para o Curso de quinze dias em Janeiro! Com pandemia ou sem pandemia, eu vou fazer! Não vou adiar por causa disso!

Padrinho Junior dos Lakotas.

Veja Também

Momentos de Transição – por Padrinho Junior dos Lakotas

Boa tarde meus irmãos. Boa tarde tribo. Queridos, venho aqui lhe trazer esta mensagem nessa …