Hino 08 – Pedra Filosofal

Por Xamã Gideon dos Lakotas

Responsabilidade precede o poder que vem do céu
Lhe dou o sonho dos alquimistas, a pedra filosofal
Longevidade, transmutação e riquezas, salve irmão Nicolau Flamel
Entendimento de razão, de verdade e natureza espiritual
Obtendo o pó rubro que transmuta, obre bem o teu plantel
Hospitais, orfanatos, muita obra social

O surdo não deseja ouvir, o cego não deseja ver
Só amor lhe traz o sol
Razão com a intuição, segredos a conhecer
Eis o alquimista e a pedra filosofal

Alquimia transmuta para pureza do mineral
Metálico em ouro, cristal em gema verdadeira
Entendimento correto do fogo, longevidade e Saúdes universal
Esquecer a ansiedade, cozer com paciência perfeita
Arte sem paralelo, eis a pedra filosofal
Pó rubro da transmutação verdadeira

O surdo não deseja ouvir, o cego não deseja ver
Só amor lhe traz o sol
Razão com a intuição, segredos a conhecer
Eis o alquimista e a pedra filosofal

Ensinamentos que lhe trarão o tesouro
Mercúrio é mercúrio, Vênus é cobre, Marte é o ferro
Júpiter é estanho, Saturno é chumbo, Lua é prata, o Sol é ouro
Razão e intuição, paralelo correto
Expurgar escórias do sol e da lua seminal
Só pela luz ígnea terá sol e lua aberto

O surdo não deseja ouvir, o cego não deseja ver
Só amor lhe traz o sol
Razão com a intuição, segredos a conhecer
Eis o alquimista e a pedra filosofal

A quarta parte de Marte na forja a derreter
Estando vermelho fundente Nove partes de Saturno acrescerá
Este com avidez ao primeiro irá comer
Salitre e tártaro flutuará, por cinco vezes limpará
Sinal no cadinho, a estrela aparecerá
Hermafrodita alquímico que todo metal abrirá

O surdo não deseja ouvir, o cego não deseja ver
Só amor lhe traz o sol
Razão com a intuição, segredos a conhecer
Eis o alquimista e a pedra filosofal

Para muitas operações poder realizar
6000 gramas do hermafrodita deves fazer
O procedimento passo a passo irei lhe passar
Ato por ato, tudo em detalhes te farei conhecer
Mas quando em ti puder confiar
Conhecimento se auto protege, responsabilidade antes do poder

O surdo não deseja ouvir, o cego não deseja ver
Só amor lhe traz o sol
Razão com a intuição, segredos a conhecer
Eis o alquimista e a pedra filosofal

Agora você sabe o calibre da luz deste Céu
Saiba que o justo não mendiga o pão
Amor traz o merecimento, segredos entregues por Flamel
O Sentir liberto indígena com a ciência razão
Para mãos xamãs de um espírito Lakota
Passar aos filhos da grande obra, da Senhora da Conceição.

Houve um dia em que acreditei em palavras
A fé sem obras é fé morta, irmão
Só o amor lhe traz o sol
Intenção e energia, direcionada a ação
Te fará merecedor, da pedra filosofal
Mas precisa abandonar a fuga e a ilusão.

Compartilhar