Dr.Celso Charuri, Mestre Irineu, Profecias Maias e as palavras ditas pelo próprio Mestre Jesus

(Julho de 2009)

Em relação ao Dr. Celso Charuri, meu tão querido e amado professor. Quando a obra que ele cumpriu em missão aqui na terra, a pró-vida, começou a tomar proporções abrangentes, houve pessoas que não concordaram com a seriedade que o Dr. Celso ensinava e exigia dos que com ele caminhava, coisa como “os que amam, como eu amo, fazem as obras que eu faço” e “o teu tamanho é o exato tamanho das obras que já fez” e ”quem pode mais, dar-se mais, ao invés de tirar mais”.

Adiante de verdades absolutas como esta, tais pessoas saíram, se afastaram. Algumas encabeçando outras e assim aconteceu.

O interessante é que quase que 100% delas saíram cuspindo, praguejando. Chegaram inclusive pôr um artigo difamador em um jornal sobre o Dr. Celso Charuri. Uma repórter chegou a fazer comentário que aonde estava o mundo bem melhor que o Dr. Celso Charuri pregava, já que ela não viu? Que tudo era uma farsa!

Me lembro de uma mulher com quem pessoalmente estive. Ela fundou um centro de estudos espiritual próximo daquele prédio alto do Banespa na capital. Disse a ela que eu havia conhecido a pró-vida e isto foi o quanto bastou para que ela criticasse muito ao Dr. Celso, tentando desvirtuar a realidade de fatos e atitudes que sempre mantinha o Dr. Celso.

Dizendo: que o “Celso” fez tudo errado e ainda gosta de ser chamado de mestre; que reuniu um monte de fanáticos, mas que ela teve bom senso e saiu logo de lá; que o que ele ensinava era uma fraude; que ti ti ti ti…

O interessante neste caso, é que ela estava dando curso de telepatia e clarividência (razão que me levou lá, na época) pela bagatela mensal de 05 salários mínimos da época (o que me assustou e impediu!) e que o Dr. Celso havia dito a ela antes dela montar seu “pequenos institutos e grandes negócios” que se ela fosse fazer o que queria fazer, que fizesse sem a ajuda dele, pois ele não iria compactuar com tais coisas.

Quando ela terminou de falar eu lhe disse olhando-a firmemente nos olhos:

“Eu sei que a senhora mente em tudo que disse por dois detalhes muito simples: primeiramente porque a obras já realizadas pelo Dr. Celso Charuri me mostram exatamente quem ele é, sem deixar a menor dúvida sobre isto. E em segundo porque Eu Sinto!”

Dois anos depois só os que encabeçaram a outras é que ainda não haviam retornado a pró-vida. Estas mesmas pessoas afirmaram que descobriram depois que a razão alegada pelos encabeçadores era totalmente diferente das verdadeiras razões que os fizeram se afastar. Nada como o tempo para clarear a verdade.

Obs.: Quando os alunos mostraram o jornal difamador para o Dr. Celso ele disse sorrindo: “Fiquei bem na foto!”

Também me lembrei do mestre Irineu Serra. Já no fim de sua vida, ele presenciou muitos acontecimentos também.

Mas foi após ele ter falecido, ter feito a passagem, é que o sebastião mota de mello se sentiu à vontade para encabeçar outras pessoas distorcendo a realidade de fatos sobre o alto santo e sobre o próprio mestre Irineu.

Quando o sebastião saiu, levou um povo com ele, inclusive algumas pessoas bem chegadas do mestre Irineu quando vivo, até pessoa da própria família para ser mais claro.

Dois anos depois, este povo já havia retornado e o sebastião estava quase que somente com drogados, hippies e vagabundos de estrada, a qual ele disse que eram padrinhos de daime e se espalharam pelo Brasil para comerciarem.

Nada como o tempo para mostrar a verdade!

Também nesta madrugada, me lembrei da segunda profecia maia, onde ela relata sobre uma onda magnética que viria do sol central que coordena várias galáxias e que faria os seres humanos manifestarem a perdição ou a iluminação.

Cientificamente falando, é uma “onda magnética pulsante sincronizadora”. Esta onda que aconteceu a partir de 1999, faz com que cada ser material consciente (humano, no caso da Terra) manifeste na ação o que ele guarda por dentro. Isto, com o passar dos anos, faz com que cada homem se defina e se posicione adiante do mundo, adiante da espiritualidade. São os muros caindo, queridos!

Por isto que, de 1999 pra cá os movimentos das mais diversas estirpes, inclusive os da liberação das drogas, começaram a surgir com intensidade.

Mas, também, desta época muitos movimentos sérios e incorruptíveis começaram a surgir com a mesma intensidade.

É o homem se definindo, julgando a si mesmo. É a LEI agindo e fazendo a extinção dos mornos, do em cima do muro. Fazendo com que cada homem e mulher se posicione e escolha estar de uma vez por todas na responsabilidade dos filhos da luz ou na liberdade ilusória do mundo da ausência da luz.

Então me lembrei das palavras do MESTRE JESUS onde disse: “Naquele dia, será tirado ainda mais do que tem pouco e acrescido ainda mais ao que tem muito.”

Um grande abraço quentinho e de muita visão.

Xamã Gideon dos Lakotas.

Compartilhar

Veja Também

Biografia da Organizadora

Gláucia M. Arná nasceu em São Paulo, capital, em 24 de novembro de 1984. Desde …