A Jornada de Todos Nós

Todo buscador espiritual que se encontrou, que alcançou o íntimo contato com o Divino interno, com Deus, passou por três fases diferentes em sua jornada. As fases do homem primitivo, o homem superior e o homem espiritual.

O homem primitivo mantém-se aferrado na educação defeituosa que recebeu por parte de seus pais, escolas, igrejas, religiões e doutrinas. Norteia-se por conceitos como certo e errado, céu e inferno, o bem e o mal, estar salvo ou condenado, temer a Deus, o dia do julgamento final, perseguição espiritual, obsessores, satanás, inferno, umbrais de sofri­mento, existência do pecado, dívidas ou débito espiritual etc. Uma mente completamente tomada pelos sentimentos de culpa e medo, os quais lhe foram impressos pela educação deficiente que recebeu. É instável e inse­guro, tomado por complexos, temores emocionais, intolerância, se es­tressa com facilidade. Na melhor das hipóteses, realiza reflexões rasas e diminutas sobre algum assunto. Não compreende que uma reflexão para ser profunda, por vezes se leva meses. Sua visão de homem realizado consiste exclusivamente em possuir bens e dinheiro, obter reconheci­mento e aprovação alheia, anda a cata de notoriedade e fama. Ele sofre.

O homem superior é quando se recusa a aceitar as coisas sem que antes faça um questionamento vigoroso e uma reflexão profunda do as­sunto em questão. Adquiriu melhor compreensão de si mesmo e da vida. Aprendeu a ser organizado, a dominar as emoções, desenvolver a força de vontade e a inteligência, aprendeu a planejar e a executar. É seguro de si, sabe o que quer e como conseguir. Conquistou bens e dinheiro, con­quistou títulos que lhe deram o reconhecimento social e popularidade. Contestou boa parte da educação deficiente com que foi educado e mantém definido seu ponto de vista, pois as reflexões profundas fazem parte de sua vida. Contudo, ainda sofre.

O homem espiritual é quando o homem em sua busca volta-se para dentro de si, pois aprendeu a “Meditar” e no silêncio absoluto da mente, ou seja, ausência total das atividades do Ego/Mental, que são to­das as formas de pensamentos, sensações e movimentações, o buscador mantém contato com o seu Cristo Interno, o seu Eu Superior. Alcança o verdadeiro despertar da consciência e exata percepção das coisas. Final­mente ele encontrou, chegou lá… E agora descansa.

A humanidade da Terra se encontra quase que completamente no primeiro estágio, o homem primitivo… Mas e você?

Você recebeu uma educação que:

– Por parte do sistema, você tem que competir contra o irmão ao invés de competir com o irmão; que tem que ser rico e ter status para ser feliz, pois os pobres e desconhecidos sofrem; que você tem o exato valor dos bens que possui, portanto, ser materialmente pobre é ser desconside­rado; que a sua referência primária de vida é “como posso ganhar mais?”, portanto, o respeito pelo ser humano e todas as demais formas de vidas é algo secundário.

         – Por parte das religiões sua educação consiste na existência do bem e do mal; do certo e do errado; do céu/salvos/planos da luz/felicidade e do inferno/pecadores/umbrais/sofrimento; do diabo com seus anjos caídos/atacantes e de Deus com seus anjos de luz/ defensores; espíritos inferiores/satanás/obsessores que atacam e obsediam, e os espíritos superiores/anjos/consciência enviados para a defesa e desob­sessão; a temer a Deus e que nasceu pecador, ao invés de amá-lo como Pai e que nasceu Divino!

Buscador, se deseja ser homem espiritual precisa sair da fase do homem primitivo e seguir para a fase do homem superior realizando um questionamento urgente das crenças que tem, crenças que te transmiti­ram. Como negar que busca por Felicidade, Saúde e Prosperidade? Mas para isso precisa pensar por si mesmo, ter seu próprio ponto de vista, viver segundo aquilo que faz sentido para você. Precisa parar de

defender e viver a verdade de outros como se fosse sua. Aceitar as crenças do mundo sem antes questioná-las severamente através de uma reflexão profunda, é se manter na fase do homem primitivo. Viver com as mesmas crenças de 2000 anos atrás é ser primitivo!

A título de exemplo e não de crítica, veja as contradições óbvias nas quais um homem primitivo vive:

– As igrejas, principalmente as evangélicas, criticam os espíritas por acreditarem em umbrais onde os desencarnados apegados e devedores cármicos, sofrem! Mas acreditam num inferno onde os mortos apegados e pecadores, sofrem! Acaso não estão crendo nas mesmas coisas com nomes diferentes? Acaso ambas não estão implantando em seus segui­dores os sentimentos do medo e da culpa?

– As igrejas, principalmente as evangélicas, criticam os espíritas por assumirem a incorporação de espíritos obsessores, mas assumem a in­corporação de demônios! Criticam os espíritas por assumirem a incorpo­ração de espíritos de luz, mas assumem a incorporação do espírito santo! Acaso não estão crendo nas mesmas coisas com nomes diferentes? Acaso ambas não estão implantando o vitimismo em seus seguidores, bem como os sentimentos do medo e da culpa?

– As igrejas, principalmente as evangélicas, criticam os espíritas por médiuns da luz praticarem a desobsessão de seus seguidores, mas têm o pastor de deus praticando expulsões de demônios de seus adeptos! Criti­cam os espíritas por acreditarem em médiuns videntes, mas acreditam em seus seguidores profetas! Acaso não estão crendo nas mesmas coisas com nomes diferentes? Acaso ambas não estão implantando em seus se­guidores os sentimentos do medo e da culpa?

– E, principalmente as igrejas, principalmente as evangélicas, criti­cam e procuram difamar os espíritas citando e apontando suas inúmeras comprovações de fraudes, como as fenomênicas onde se constataram se­rem truques de ilusionismo; as de curas de doentes sem a constatação da medicina etc… Fatos estes tão comuns na história passada e atual do es­piritismo. Mas escondem de seus crentes as inúmeras comprovações de suas fraudes, como pessoas representando os dons do espírito santo, as de curas de doentes sem a constatação da medicina por parte de seus pastores, e principalmente: os casos de pessoas contratadas para repre­sentarem papéis de moribundos e aleijados que foram curados na igreja… Fatos estes existentes e tão comuns na história passada e atual das igrejas!

Conclusão: Ora, igrejas e espiritismo, ambos têm em comum mui­tas FRAUDES em sua história, bem como a implantação na mente de seus fiéis, do vitimismo e dos sentimentos do medo e da culpa!

Em relação às religiões, igrejas e doutrinas em que foi educado, que mantenha consigo tudo aquilo que julgar ser bom para si mesmo, tudo aquilo que após avaliar, viu ser positivo em sua vida. E quanto a tudo aquilo que enxergou não lhe servir mais, simplesmente descarte, retire de si. Há boas tradições nos chamados livros santos, como a bíblia, Bhagavad-Gita, Alcorão, Torá, Livro dos Espíritos e o Evangelho Se­gundo Allan Kardec etc… Ora, aquilo neles que lhe faz sentido na vida, mantenha querido! Seja feliz! E descarte o que não lhe serve mais sem o menor peso de consciência. Ser feliz é a questão!

Deus é Absoluto – Amor e Felicidade, e embora 90% ou mais dos ditos livros santos sejam literalmente uma fraude escrita por homens como se fosse divina, ou escritos por mentes sem consciência expondo uma compreensão rasa da vida com seus medos e culpas, tanto que fa­lam de um deus mesquinho, hipócrita e tirano… Possuem também os seus aproximadamente 10% que realmente falam inspiradamente sobre o único e verdadeiro caminho que pode te conduzir a um íntimo contato com o único Deus e que é Absoluto – Amor e Felicidade: A meditação!

Alcorão 25:63 66 – “Na privacidade da noite eles meditam”

Bíblia – Mateus 6:22 – “Medite e deixe o olho ser um, e todo o corpo será iluminado.”

Bhagavad-Gita – “Quando se domina a meditação a mente fica inabalável como a chama de um candelabro num lugar sem vento”.

Preserved by Hazrati Ali –

“A meditação em Deus é o meu capital.

A razão e a lógica são as raízes da minha existência.

O amor é a fundação da minha existência.

O entusiasmo é o veículo da minha vida.

A contemplação de Deus é a minha companhia.

A Fé é a fonte do meu poder.

A tristeza é minha amiga.

O conhecimento é a minha arma.

A paciência é a minha roupa e virtude.

A submissão à Vontade Divina é o meu orgulho.

A verdade é a minha salvação.

A oração é o meu hábito.

E na prece reside a calma dos meus olhos e a minha paz da mente.”

 

Vejam a similaridade destas citações milenares com as mensagens de outras grandes mentes bem mais recentes:

Dalai Lama – “A ênfase principal no budismo é transformar a mente e esta transformação está dependente de meditação”.

Martin Luther King Jr – “A escuridão não pode acabar com a escuridão, apenas a luz pode fazer isso. O ódio não pode acabar com o ódio, apenas o amor pode fazer isso”.

Mahatma Gandhi – “A verdade é totalmente interior. Não há que a procurar fora de nós nem querer realizá-la lutando com vi­olência com inimigos exteriores”.

Albert Einstein – “A realidade é meramente uma ilusão, embora seja uma muito persistente…”.

Mahatma Gandhi – “Não nos será outorgada a liberdade externa mais do que na medida exata do que tenhamos sabido, num mo­mento determinado, desenvolver nossa liberdade interna”.

Albert Einstein – “A nossa tarefa deve ser libertar-nos a nós próprios desta prisão, através da expansão do nosso círculo de com­paixão para abraçar todas as criaturas vivas”.

Mahatma Gandhi – “A voz interior me diz que siga combatendo contra o mundo inteiro, ainda que me encontre só”.

Há boas tradições em religiões e doutrinas como o Catolicismo, o Protestantismo, Evangélicas, o Kardecismo, o Hinduísmo, o Xama-nismo, a Umbanda, o Catimbó, o Candomblé etc… Ora, aquilo que lhe faz sentido na vida, mantenha contigo, querido! Seja feliz! E descarte o que não lhe serve mais sem o menor peso na consciência. Ser feliz é a questão!

Todas essas idéias apregoadas por religiões, igrejas e doutrinas não estão certas e nem erradas. Certo e errado não existe. O que existe é so­mente as escolhas que funcionam e as que não funcionam, segundo a ex­periência que escolheu viver. Por exemplo: Se escolheu vivenciar como é ser um mecânico, mas foi se especializar em geografia! Nada há de certo ou errado em se especializar em geografia, mas se deseja se aprimorar como mecânico, geografia não funciona… Compreendeu?

Assim é a verdade, ela é ou não é para você segundo a experiência que experienciou. A sua verdade será aquilo que vivenciou, não serve como verdade para aquele que ainda não vivenciou a sua experiência. Assim também o que outros somente vivenciaram não lhe serve de ver­dade, pois ainda não sabe como é. Tudo aqui é Conhecimento, Experien­ciar para Ser. Você tem um conhecimento, vive-o através de uma expe­riência, e então soube como é e, portanto, se tornou esse conhecimento. Não tenha receio de questionar tudo que aprendeu com seus pais, esco­las, religiões, igrejas e doutrinas. Não estará contra eles se questionar o que lhe ensinaram, mas estará a favor de si. Não se trata de rejeitar as opiniões e pontos de vista deles, mas de ter sua própria opinião e ponto de vista.

Veja o dinheiro, ele não é bom e nem mau, ele é uma forma de

energia. A forma com que empregá-lo é que fará a diferença. Mas os en­sinamentos de que dinheiro leva à perdição, que te desvia do caminho para Deus etc., são os responsáveis por um grande número de pessoas não conseguirem ganhos melhores e viverem com problemas financeiros. Porque você é um ser criador, você materializa os pensamentos que pensa. Tudo que existe, primeiro foi pensamento. Mesmo os planetas, as estrelas e galáxias, primeiro foram Pensamentos e Verbo… Chega a ser irônico, o pensamento é real e a matéria é ilusão. Você pensa, você cria. Se em suas crenças o dinheiro é algo que conduz a perdição, que o des­via do caminho de Deus, ora, mesmo que inconscientemente, porque então iria querer possuí-lo já que te afasta de Deus? E como resultado você cria para si mesmo as crises financeiras e a pobreza!

A sua verdade precisa ser sua, aquela que experienciou e, portanto sabe, e não as verdades que lhe são impostas pela sociedade, governos, religiões, igrejas e doutrinas. Em seu íntimo sabe que Deus é Amor, mas apregoaram que Ele se recente com os pecadores. Em seu íntimo sabe que Deus te Ama, mas apregoaram que precisa temê-lo porque ele amaldiçoa e pune. Em seu íntimo sabe que é livre para arbitrar o que de­seja viver, mas apregoaram que se arbitrar pelo caminho errado ai de ti adiante de Deus. Deus não é hipócrita querido, Ele é Deus, não julga e não condena exatamente porque é Deus. Ele é de fato Absoluto, não pre­cisa de leis e conceitos para governar, até porque se precisasse de tais coisas não seria Absoluto. Deus não tem vontades e necessidades, por­tanto não está sujeito a contrariedades e ofensas. Ele te Ama incondicio­nalmente rapaz, jamais vai te amaldiçoar ou punir independente do que venha a fazer. Nada há que possa fazer que seja pecado para Ele!

Rezas e protocolo religioso são nada mais que tradições. Deus te Ama, menino e adora te escutar. Converse com Deus como o filho amado conversa com o pai que o ama, ou como conversa com seu mel­hor amigo. Se vai estar em posição de lótus, ajoelhado, de pé ou plan­tando bananeira, Deus não se importa com tais coisas. Tudo que deseja é que converse com Ele… Ele adora te escutar rapaz! Todo o universo tem menor valor que você para Ele! Te vê como a mais preciosa joia de seu tesouro… Literalmente, menino!

Criou todo o universo com uma onda mental Libertadora de Amor-Felicidade, deseja que você seja livre se sinta amado e feliz! Livre-se dos protocolos e rezas religiosas e simplesmente faça como as crian­cinhas… Converse com o “Papai do Céu”!

Deus sendo Absoluto, Amor e Felicidade, pode concebê-lo sendo como as citações sagradas abaixo?          

Obs.: 2.552.452 assassinatos de deus ou a mando dele, segundo “escri­turas sagradas”… Este é o cálculo.  (Dois milhões, quinhentos e cinquenta e dois mil, quatrocentos e cinquenta e duas).

Levítico 25:44-45 – “E quanto a teu escravo ou a tua escrava que tiveres, serão das nações que estão ao redor de vós; deles comprareis escravos e escravas. Também os comprareis dos filhos dos forasteiros que peregrinam entre vós, deles e das suas famílias que estiverem convosco, que tiverem gerado na vossa terra; e vos serão por possessão”.

I Samuel 15:3 – “Vai, pois, agora e fere a Amaleque; e destrói totalmente a tudo o que tiver, e não lhe perdoes; porém matarás desde o homem até à mulher, desde os meninos até aos de peito, desde os bois até às ovelhas, e desde os camelos até aos jumentos”.

Êxodo 31:14-15 – “Portanto guardareis o sábado, porque santo é para vós; aquele que o profanar certamente morrerá; porque qualquer que nele fizer alguma obra, aquela alma será eliminada do meio do seu povo. 15 Seis dias se trabalhará, porém o sétimo dia é o sábado do descanso, santo ao Senhor; qualquer que no dia do sábado fizer algum trabalho, certamente morrerá “

Apocalipse 20:7-15 – Aqueles cujos nomes não foram encontrados no li­vro da vida foram lançados no lago de fogo

II Crônicas 15:12-13 – “E entraram na aliança para buscarem o Senhor Deus de seus pais, com todo o seu coração, e com toda a sua alma; 13 E de que todo aquele que não buscasse ao Senhor Deus de Israel, morresse; assim o menor como o maior, tanto o homem como a mulher. “

Ezequiel 18:4 – “A alma que pecar, esta morrerá”.

I Crônicas. 19:18 – “Porém os sírios fugiram de diante de Israel, e feriu Davi, dos sírios, os homens de sete mil carros, e quarenta mil homens de pé; e a Sofaque, capitão do exército, matou”.

2 Reis 19:35 – “Naquela noite o anjo do Senhor saiu e matou 185.000 (cento e oitenta e cinco mil) homens no acampamento assírio. Quando o povo se levantou na manhã seguinte, o lugar estava repleto de cadáveres!”

2 Reis 2:24 – “E, virando-se ele para trás, os viu, e os amaldiçoou no nome do Senhor; então duas ursas saíram do bosque, e despedaçaram quarenta e dois daqueles meninos”.

Levítico 20:13 – “Se um homem se deitar com outro homem como quem se deita com uma mulher, ambos praticaram um ato repugnante. Terão que ser executados, pois merecem a morte”.

1 Reis, capítulo 18:40 – “E Elias lhes disse: Lançai mão dos profetas de Baal, que nenhum deles escape. E lançaram mão deles; e Elias os fez descer ao ri­beiro de Quisom, e ali os matou”.

Gênesis 19:24-25 – “Então o Senhor, o próprio Senhor, fez chover do céu fogo e enxofre sobre Sodoma e Gomorra. Assim ele destruiu aquelas cidades e toda a planície, com todos os habitantes das cidades e a vegetação”.

Deuteronômios 22:5 – “A mulher não usará roupas de homem, e o ho­mem não usará roupas de mulher, pois o Senhor, o seu Deus, tem aversão por todo aquele que assim procede.

Deuteronômio 7:1-2 – “1 Quando o Senhor teu Deus te houver introdu­zido na terra, à qual vais para a possuir, e tiver lançado fora muitas nações de diante de ti, os heteus, e os girgaseus, e os amorreus, e os cananeus, e os peri­zeus, e os heveus, e os jebuseus, sete nações mais numerosas e mais poderosas do que tu; 2 E o Senhor teu Deus as tiver dado diante de ti, para as ferir, totalmente as destruirás; não farás com elas aliança, nem terás piedade delas”

Êxodo 32: 27 – “E disse-lhes: Assim diz o Senhor Deus de Israel: Cada um ponha a sua espada sobre a sua coxa; e passai e tornai pelo arraial de porta em porta, e mate cada um a seu irmão, e cada um a seu amigo, e cada um a seu vizinho. 28 E os filhos de Levi fizeram conforme à palavra de Moisés; e caíram do povo aquele dia uns três mil homens. 29 Porquanto Moisés tinha dito: Con­sagrai hoje as vossas mãos ao Senhor; porquanto cada um será contra o seu filho e contra o seu irmão; e isto, para que ele vos conceda hoje uma bênção”.

Salmos 37:20 – “Mas os ímpios perecerão, os inimigos do Senhor mur­charão como a beleza dos campos, desvanecerão como a fumaça”

Salmos 58:9-11 – “Os ímpios serão varridos, antes que as suas panelas sintam o calor da lenha…”

Deuteronômios 20:10-17 – “Quando te achegares a alguma cidade para combatê-la, apregoar-lhe-ás a paz. 11 E será que, se te responder em paz, e te abrir as portas, todo o povo que se achar nela te será tributário e te servirá. 12 Porém, se ela não fizer paz contigo, mas antes te fizer guerra, então a sitiarás. 13 E o Senhor teu Deus a dará na tua mão; e todo o homem que houver nela pas­sarás ao fio da espada. 14 Porém, as mulheres, e as crianças, e os animais; e tudo o que houver na cidade, todo o seu despojo, tomarás para ti; e comerás o despojo dos teus inimigos, que te deu o Senhor teu Deus. 15 Assim farás a todas as ci­dades que estiverem mui longe de ti, que não forem das cidades destas nações. 16 Porém, das cidades destas nações, que o Senhor teu Deus te dá em herança, nenhuma coisa que tem fôlego deixarás com vida. 17 Antes destruí-las-ás total­mente: aos heteus, e aos amorreus, e aos cananeus, e aos perizeus, e aos heveus, e aos jebuseus, como te ordenou o Senhor teu Deus”.

Compartilhar

Veja Também

INVESTIGAÇÃO DA REVISTA SUPER INTERESSANTE

Nunca tinha procurado saber fosse o que fosse sobre um dos espíritas mais falados de …