Incorporações e Almas Penadas

Incorporações como no espiritismo, igrejas evangélicas, umbanda, santo daime e linhas ayahuasqueiras etc, elas são reais? Existem espíritos que vagam? Um espírito pode influenciar alguém a errar, roubar, beber, se drogar, cometer crimes?

Todos estes casos quase que sempre são FRAUDES bem cons-cientes de quem os faz, e em um menor caso se trata de forjações mentais. Existe sim o espírito, e há aqueles que de fato, ao desencarnarem, escolhem permanecer por mais um período no plano da matéria grosseira, que são os popularmente designados como almas penadas. Existe sim a comunicação entre mentes. Um espírito não fala por palavras, fala pelos sentimentos e pensamentos. O sentimento é a linguagem natural dos espíritos, é a linguagem natural dos planos espirituais. Não há palavras lá. Palavras são utilizadas pela ferramenta pensante, pelo aparelho físico. Um espírito possui frequência única, é como uma digital, não há duas iguais. Esta frequência está conectada ao aparelho físico que possui, portanto, também possui uma frequência única, isolada, não há duas iguais.

Todas estas formas de incorporações sejam por pretos velhos, espíritos obsessores, espíritos demoníacos como nas igrejas evangélicas principalmente, se trata ou de FRAUDES devidamente planejadas ou de Forjações Mentais dos seguidores. Mas em ambos os casos prevalece o efemerismo e as ilusões.

 

Almas penadas e Obsessores

 

Ao desencarnar, o cérebro retorna ao pó, e a mente racional volta a ser energia pura da natureza, pois o fôlego da vida que é o espírito, se desconectou, saiu. Mas dependendo do grau de apego, medo e culpa da mente que desencarnou, a mente racional pode demorar um pouco mais a se desfazer. Lembre-se, a mente racional é o software, é uma energia, ela não possui matéria como o cérebro. Ela pode demorar sim, um pouco mais a se desfazer nuns e menos noutros. O grau do apego é que faz a diferença. Uma mente mais consciente de que Deus é Absoluto, Amor e Felicidade é mais desapegada das paixões, pois conhece o amor; é mais desapegada dos vícios, pois procura disciplinar seu ego; é mais desapegada do sexo e conflitos sexuais, pois procura seguir os objetivos da alma e não mais os objetivos da personalidade; é mais desapegado de crenças, pois compreende que a verdade é somente aquela que ele experienciou; é mais desapegado de bens materiais, pois sua frequência é espiritual e intuitiva; Uma mente assim, ao desencarnar, segue normalmente para o plano espiritual de sua frequência, pois assim ela escolheu, foi esta a sua escolha.

Uma mente quanto menos consciente de que Deus é Absoluto, Amor e Felicidade, apresentará diversas características onde uma ou mais delas podem ser observadas com facilidade: Viver apegado às paixões, pois desconhece ainda a diferença entre paixão (a qual vem do ego) e amor (estado natural do espírito); Viver apegado aos vícios, pois disciplina-se pouco ou mesmo nada; Viver apegado aos desejos sexuais e seus conflitos, pois vive mais os objetivos do ego e menos os objetivos da alma; Viver apegado às crenças religiosas e mitos, pois é irrefletido, tende a nunca questionar o que lhe ensinam como verdades; Viver apegado à bens materiais, pois ainda acredita que a felicidade está em obter dinheiro, bens, fama, status; Uma mente assim pode ou não, ao desencarnar, escolher permanecer aqui no plano da matéria grosseira, pois assim ela escolheu, foi esta a sua escolha. Estas são as tais das almas penadas.

Uma coisa é certa, todo espírito, por mais bruto que seja, por menos evoluído que seja, ao desencarnar sabe que desencarnou, sabe que morreu. Todos sem exceção podem escolher seguir para o plano espiritual ou permanecer no plano material. Por vezes, não querem acreditar que morreram, visto os apegos que ainda possuem, mas é questão de pouco tempo para que não neguem mais a situação. A princípio, uma alma penada procura ter as mesmas atitudes de quando encarnado. Ir aos mesmos lugares de antes, procurar as mesmas pessoas de antes e sim, ela tenta se comunicar diversas vezes com seus antigos conhecidos, mas se frustra por não conseguir. Depois, descobre que algumas pessoas podem perceber sua presença, sentir sua presença. Umas mais e outras menos, dependendo exclusivamente do grau de sensitividade em que se encontra, daí os médiuns.

A vida para uma alma penada não muda muito que antes, ela continua se simpatizando com algumas pessoas e não com outras. Busca por pessoas de mesma frequência, tal qual fazia antes de morrer. Por exemplo, em bocas de drogas, locais coletivos para consumo de drogas, raves e baladas, bares e botequins, é muito comum encontrar entidades espirituais apegadas aos vícios de drogas e alcoolismo. A entidade em questão, ainda por manter boa parte de sua mente racional a qual está se dissolvendo em energia pura e retornando como energia pura para a natureza, ainda mantém consigo resquícios da personalidade anterior como os vícios de quando ainda vivo. Por isso, se quando vivo era um viciado ou dependente químico, gosta de sentir a energia das drogas que antes usava, e consegue sentir novamente através da energia etérea que sai do usuário de drogas e álcool no momento em que está fazendo uso. Por isso é comum uma alma penada acompanhar pessoas com que simpatizam e que sofrem do mesmo vício. Não é a entidade espiritual que faz as pessoas vivas beberem e usarem outras drogas. O usuário de drogas e alcoólatras se drogam e bebem porque assim escolheram, porque assim desejam fazer. O poder que possui uma alma penada de obrigar alguém a se drogar, se alcoolizar, se prostituir, roubar, cometer crimes etc, é ainda menor do que quando estava vivo, porque antes ele tinha ao menos um aparelho físico e agora nem isso possui!

É possível sim uma mente impor sua vontade sobre outra, independente de encarnados ou não. Mas para se forçar uma mente a fazer a vontade de outra mente precisa ter tamanho, querido, ter alto grau de espiritualidade, ter grande compreensão do que significa Deus Absoluto, Amor e Felicidade. Uma mente assim segue para o plano espiritual imediatamente após o desencarne porque não possui apegos para se prender a nada do plano da matéria grosseira. Tenha por certo de que uma alma penada hoje, quando viva antes e ainda possuidora de um aparelho físico, em quase nada podia te obrigar a fazer que já não quisesse realizar por si mesmo. E agora depois de morto, é menos ainda, querido! O viciado em drogas, o alcoólatra, a prostituta, o ladrão, o criminoso, não fazem o que fazem porque uma alma penada o está acompanhando, é ao contrário, uma alma penada o acompanha exatamente porque ele faz tais coisas por si mesmo.

Com pouco tempo, o que permaneceu da mente racional na pessoa que morreu, vai perdendo cada vez mais sua influência, pois se desfaz e se desintegra cada vez mais, de forma que a tal alma penada agora menos egoica e mais intuitiva, faz nova escolha, que é a de seguir pra o plano espiritual, e segue… Simples assim!

Todo ser humano é sensitivo, não precisa de fé para isso. Quero lhes lembrar que um dos maiores sensitivos da história é um Russo que é ateu.
Uns sentem mais e outros menos segundo experiências que vivenciou. Perceber o campo magnético ou frequência do ambiente e pessoas é natural. O campo magnético ou frequências podem ser leves, sutis e espirituais, como as que têm em jardins floridos, matas e cachoeiras, ambientes com pessoas de bom coração. E podem ser pesadas, densas e materialistas, como as que têm em hospitais, delegacias, presídios, boca de fumo, bares, boates, raves, ambientes de pessoas dominadas pelo ego. No caso de pessoas de frequência similar, quando juntas, seus campos magnéticos se fundem, se mesclam, tornam-se como uma aura única enquanto estiverem próximas. Tais pessoas, indiferentes de encarnadas ou não, se sentem bem na companhia do outro, tendem a andar juntas, se sentem em casa, por assim dizer.

Pessoas de frequência muito diferentes, quando juntas, seus campos magnéticos não se fundem, não se mesclam, mantém-se separados, cada um mantém especificamente a sua aura. A isso denomina-se choque de aura. No caso do choque de aura, tais pessoas indiferentemente de estarem encarnadas ou não, evitam um ao outro o máximo possível.

Entendido até aqui, fica fácil compreender: O que é comum acontecer é as pessoas encabrestadas pelo vitimismo e pelos sentimentos de culpa e medo, ao sentirem a influência do campo magnético de um ambiente, ou de pessoas encarnadas, ou das chamadas almas penadas, pensarem que é obsessão. Principalmente no caso de choque de auras entre ambientes, pessoas e entidades. Portanto, perceber a influência de um campo magnético se fundindo com o seu, no caso de afins, é possível. Perceber o choque de aura de um campo magnético de frequência repulsiva é possível… Mas disso para a Incorporação e Obsessão que tentam demonstrar igrejas evangélicas (demônios), centros espíritas (Entidade de luz e Obsessores), terreiros de umbanda, santo daime etc (Entidade de luz e Obsessores), existe uma distância gigantesca!

Se deseja uma compreensão mais profunda de si mesmo, dos planos espirituais, sobre a iluminação e como seguir pra ela, estude o livro “Despertai…!” pois lá deixei tudo que precisa saber.

          Mas com a queda de 99% de tudo que ensina os livros santos, igrejas, religiões e doutrinas, o que vai restar?

Restará você, meu filho, a Verdade, o Divino Interno, a Essência… O Deus Absoluto, Amor e Felicidade! A meditação é o único caminho que leva o homem ao íntimo contato com o Divino! Somente no silêncio da mente onde se encerram todos os pensamentos, todas as emoções, todas as sensações e toda a movimentação, é que finalmente se ouve Deus…

Veja Também

INVESTIGAÇÃO DA REVISTA SUPER INTERESSANTE

Nunca tinha procurado saber fosse o que fosse sobre um dos espíritas mais falados de …