Morango

Composição:

Nas folhas há substâncias tónicas e óleo essencial com citral.

Os frutos contém ácidos de frutas e sementes não digeríveis, pigmentos e substâncias aromáticas, levemente possuí ácidos gordurosos, enzimas, fermentos, secretinas e vitaminas.

Nome científico: Fragaria vesca

Indicações:

As folhas se empregam da mesma forma que da amoreira e da framboesa, nas inflamações e catarros das vias respiratórias superiores e das digestivas.

O morango tem efeito estimulante do apetite, facilita a digestão, excelente alimento para o fígado pelo seu elevado teor de açúcares naturais.

As matérias aromáticas atuam nos nervos do olfato e do paladar aumentando o apetite.

Um quilo de morango pode conter até um miligrama de ácido salicílico; tal ácido é um remédio para o reumatismo articular e para a gota.

Contra a prisão de ventre, hemorroidas, êxtase da circulação, reumatismo articular e gota, doenças dos rins, perturbações circulatórias e, com vigilância médica, até no diabetes e nas doenças hepáticas pode-se fazer a cura de morangos (vários dias repetidos, nos quais se comerá até um quilo e meio de morangos), que é eficaz.

Também aumenta o metabolismo em geral por ser rico em minerais básicos.

  • Contra inflamações da boca e garganta

– ferver 5 gramas de rizoma de morangueiro em um litro de água, após filtrar. Usar o líquido morno em bochechos e gargarejos várias vezes ao dia.

  • Acelerar a cicatrização de chagas e feridas

– esmagar umas folhas frescas do morangueiro e estenda sobre uma gaze. Aplique a compressa sobre a região atingida.

  • Como diurético

– colocar um grama de rizoma do morangueiro em uma xícara de água fervente. Filtrar e pode-se adoçar a gosto (mel). Beber em seguida. Repita a dose duas vezes por dia.

  • Contra catarro intestinal

– ferva em uma xícara de água, duas gramas de rizoma do morangueiro por dez minutos. Filtre o líquido e adoce a gosto. Beber em seguida.

  • Para aliviar a irritação da pele causados pelo frio, vento ou sol

– lave e esmague algumas folhas frescas do morangueiro. Aplique em forma de compressa sobre a região da pele que apresenta os avermelhamentos.

  • Como diurético, antifebril, antirreumático e regulador da pressão arterial

– Comer seis frutas maduras por dia.

Contraindicação:

Há pessoas sensíveis ao morango, o que lhes causa irritação e ardor na pele (urticária). Isso porque o intestino está lesionado e permeável a um tipo de albumina (protease), que quando se introduz no sangue, provoca tais reacções (sendo que a origem pode ser hereditária). Para estas pessoas metabolicamente doentes aconselha-se o tratamento médico.

Em doses altas pode tornar-se desaconselhável para os que sofrem de urticária ou outras moléstias eruptivas de pele (Consulte um médico antes de usar o morango).

Compartilhar

Veja Também

Flores – Belezas Naturais em Defesa da Vida

No rico universo das flores, muitas ultrapassam limites, distanciando-se da função de decorar ambientes ou …