Hino 17 – Amor

Por Xamã Gideon dos Lakotas

Amor, amor e amor.
Amor, amor e amor.
É o que levo comigo, pois eu sou um ser divino,
é o que levo comigo, pois eu sou um ser divino.
Amor tem muitos nomes
Muitas formas de expressão
É o que levo comigo, pois eu sou um ser divino,
é o que levo comigo, pois eu sou um ser divino.

Alegria, paz e esperança,
Saúde, bondade e justiça
Luz, sucesso e confiança,
felicidade e sabedoria.
É o que levo comigo, pois eu sou um ser divino,
é o que levo comigo, pois eu sou um ser divino.

Ternura, fé e caridade,
Otimismo e persistência
Paciência e tranquilidade
Vida plena e benevolência.
É o que levo comigo, pois eu sou um ser divino,
é o que levo comigo, pois eu sou um ser divino.

União e solidariedade
Realização e equilíbrio
Sinceridade e honestidade
Manifestação do espírito.
É o que levo comigo, pois eu sou um ser divino,
é o que levo comigo, pois eu sou um ser divino.

Sem amor o inteligente é desumano
Sem amor a justiça é incomplacente
Sem amor, todos os reis são tiranos
Sem amor, o professor é um demente.
Sem amor, a riqueza cria o prisioneiro
Sem amor, a vitória cria o arrogante
Sem amor, a diplomacia cria o traiçoeiro
Sem amor, a constituição cria o meliante.
Sem amor, o simples é um pobre coitado
Sem amor, a beleza é narcisista.
Sem amor, a lei é quem escraviza
Sem amor, todo homem é egoísta.

Amor, amor e amor.
Amor, amor e amor.
É o que levo comigo, pois eu sou um ser divino,
é o que levo comigo, pois eu sou um ser divino.

Compartilhar