Livro Viver de Luz em Verdade há 150 dias

Foram mais de 150 dias em que o Padrinho Gideon dos Lakotas ficou sem comer comida ou qualquer forma de matéria, e beber água ou qualquer forma de líquido, vivendo exclusivamente do fóton que entra pelos olhos e do prana que entra pela respiração.

Em suas palavras:

Para a ciência dos homens da Terra sou uma aberração, pois me tornei capaz de sintetizar em moléculas o fóton e o prana. Consegui…

Que maravilha seria se toda a humanidade compreendesse também e vivenciasse essa experiência.

Eu vejo a vida, ela é harmonia. Todo o universo é uma sinfonia linda e incrível. Encontrei coisas indescritíveis por palavras que mudariam a vida de qualquer pessoa. Estou voando mais alto que jamais havia voado antes. Você também pode.

Xamã Gideon dos Lakotas. 

Posso lhe mostrar o caminho…


Livro Viver Luz em Verdade

MAIS INFORMAÇÕES:

  • Editora: LUZ – Céu Nossa Senhora da Conceição
  • Escritor: Xamã Gideon dos Lakotas
  • Número de Páginas: 179
  • Formato: 14cm  X 21cm
  • Edição: Segunda 2ª
  • Ano: 2018
  • CDD: 130.2

Valor: R$ 25,00

Frete fixo para todo Brasil – R$ 5,00


E-mail: livros@ceunossasenhoradaconceicao.com.br
Telefone: 13 3856-1583
Atendimento de Segunda à Sexta, das 08:00h às 17:00h

Este Livro é uma das grandes alavancas para a grande mudança do planeta, por que ele te faz independente, te faz muito mais livre, pois:

  • A dependência de remédios se esvai quando sua saúde se torna fortíssima; a dependência das soluções governamentais para problemas se esvai quando sua clareza de pensamento e percepção do meio se tornam intenso;
  • A dependência de que nos problemas lhe mostrem um caminho a ser seguido se esvai quando sua intuição se torna forte;
  • A dependência de um maior tempo livre para si mesmo se esvai quando sua energia fica quase inesgotável e a necessidade de descansar e dormir se tornam minimas;
  • A dependência de grande plantios e desmates para a alimentação animal se esvai quando sua necessidade de alimentar-se da matéria que torna 15 vezes menor e ainda vegetariana.
  • A dependência de uma série de outras coisas se esvai porque você sai daqui bonito, saudável, esbelto, potente e com muita alto estima viu!

Tudo isto acontece de fato com a ativação de uma parte dos 97% do DNA inativos, através da disciplina, exercícios respiratório, o uso de 07 ervas de poder e mais 02 de sabor, do uso de um pó de cristais especiais e o uso de uma argila especialmente magnetizada, que são utilizados aqui nos cursos do Céu Nossa Senhora da Conceição.

Contribui pra você se tornar o mais independente possível em todos os sentidos é caminho para a sociedade do Ser.

Um dia ouvi o chamado e hoje EU SOU um dos trabalhadores da ultima hora. Agora é a sua vez, mas sabe o que você precisa fazer?

Quando ouvir o chamado vai compreender que:

  • Compreender que DEUS não exige nada de ninguém nem mesmo uma crença;
  • Compreender que DEUS se comunica conosco o tempo todo por sinais e principalmente pelos sentimentos que já são a linguagem da alma, mas raramente através de palavras;
  • Compreender que DEUS não possui aspecto porque ELE é tudo;
  • Compreender que DEUS não julga, não condena e não castiga, porque ELE é amor incondicional;
  • Compreender que DEUS não tem necessidade, de nada precisa, é completo e servidor universal;
  • Compreender que DEUS falou contigo quando sentir seu coração feliz, quentinho;

Cada ser humano vai descobrir que:

  • Que pode ser a esperança que esvai o desespero das massas… Se assim escolher;
  • Que pode ser o balsamo do AMOR para uma humanidade ainda doente pelo medo… Se assim escolher;
  • Que pode ser um farol aceso na escuridão da ignorância… Se assim escolher;
  • Que pode ser DEUS em DEUS… Se assim escolher.

Psiu: Que pode ser um dos trabalhadores da última hora… Quando assim escolher.

Abraços,

Xamã Gideon dos Lakotas

DEDICATÓRIA

Dedico este livro à Mahatma Gandhi.

Obs: Toda renda obtida através das obras que escrevo é revertida em obras sociais e de auxílio à Humanidade.
Xamã Gideon dos Lakotas

Sumário

Que razão pessoal te levará a praticar o viver de luz em verdade consorciado com o vegetarianismo simbiótico? 11
Que razão social levará a sociedade a praticar o “viver de luz em verdade consorciado com o vegetarianismo simbiótico”? 23
INTRODUÇÃO – Vivendo De Luz Em Verdade 27
PRIMEIRA PARTE – Um Arcabouço Histórico Do Final Do Mundo Nos Últimos 2.000 Anos. 37
ANTES E DEPOIS – Transformação e Realidade 63
A – MENSAGENS ANTERIORES AO PROCESSO DO VIVER DE LUZ EM VERDADE. 64
“Declaração dos filhos da LUZ. O Porquê do VIVER de LUZ?” 64
*Viver de Luz – a resposta do SER ao sistema do ter.* 70
*Esclarecendo as dúvidas sobre o processo do viver de luz.* 74
Visão – “Em meditação o que me foi mostrado”. (Terça feira, 05 de Outubro de 2010.) 79
Mensagem enviada em Dezembro de 2009. 86
B – APÓS O INÍCIO DO VIVER DE LUZ EM VERDADE 92
“18 dias Vivendo de luz dentro da Verdade”. Ficaria 24 h sem beber água? Ficaria dois dias? 92
Outra Visão 18 dias vivendo apenas de prana e fóton. 96
Outra visão (28 de Janeiro de 2011). 107 dias sem beber ou comer. 109
SEGUNDA PARTE – Clareza, Objetividade E Sabedoria – 150 Dias Vivendo De Luz Em Verdade 119
PARA LHE AJUDAR A ESCOLHER 128
Aqui ponho teus pés no chão, assim como as costas, cabeça… 128
“UMA HISTÓRIA AINDA ONTEM”. 133
PRESTE ATENÇÃO I. 137
PRESTE ATENÇÃO II. 141
“Assassinos que comem irmãos”… Está certo de que compreende isto? 141
PRESTE ATENÇÃO III. 149
O QUE RESOLVE DE IMEDIATO O VIVER DE LUZ EM VERDADE CONSORCIADO COM O VEGETARIANISMO SIMBIÓTICO? 152
OUTRA VISÃO (11de fevereiro de 2011) 159
Precisou de um Espírito Lakota… Para que tudo se cumprisse. 171

Hoje, 07 de Março de 2011, estou há 150 dias sem beber água ou qualquer tipo de líquidos. Estou há 150 dias sem comer comida ou qualquer forma de matéria. Faz exatamente 150 dias que vivo exclusivamente do fóton que entra pelos meus olhos e do prana que entra por minha respiração. Hoje fez 147 dias que segundo a ciência atual dos homens da Terra eu deveria estar morto. Para a ciência dos homens da Terra sou uma aberração, pois me tornei capaz de sintetizar em moléculas o fóton e o prana. Consegui…
Que maravilha seria se toda a humanidade compreendesse também e vivenciasse as experiências que tenho vivenciado. Eu consegui, você consegue, todos conseguem. Eu vejo a vida, ela é harmonia. Todo o universo é uma sinfonia linda e incrível. Encontrei coisas indescritíveis por palavras que mudariam a vida de qualquer pessoa. Estou voando mais alto que jamais havia voado antes. Você também pode. Daqui posso ver onde vivemos, eu vejo.
Doutrinas e religiões ensinam que deve viver como vivem, portar-se como se portam, acreditar no que acreditam. Pregam a vida como um desconhecido incompreensível. Que precisa aceitar o destino etc. Mas você é feliz? Estes pregadores são felizes? O que acha que te faz procurar uma obra como esta meu filho?
Buscou do lado de fora e não encontrou. O céu não é um lugar, ele é um estado. Não vamos até ele porque sempre esteve em nós, dentro de nós. Apenas o expressamos.
Deseja encontrá-lo? Posso lhe mostrar o caminho…
Xamã Gideon dos Lakotas.

Em Setembro de 2009 enquanto ministrava uma aula sobre “Responsabilidade Consigo Mesmo”, uma senhora de aproximadamente 1, 55 m de altura, mas pesando uns 90 kg ao menos e com um visível ar de preguiça no rosto, levantando-se da cadeira interrompeu minha aula com a seguinte colocação:
– Padrinho Gideon, desejo muito emagrecer. Já tentei de tudo, mas nenhum médico acertou comigo. O senhor sabe o que devo fazer padrinho?
Respondi:
– Sim, eu sei.
A senhora euforicamente:
– Então me diga padrinho!
Respondi:
– Fechar a boca.
Com visível ar de decepção ela retrucou:
– Mas eu quase não como padrinho e ainda assim não perco peso.
Acrescentei então:
– Senhora, o primeiro passo é admitir para si mesma que é uma comilona compulsiva. Só depois disto tentará uma solução viável.
Ela voltou a retrucar:
– Ah padrinho, o senhor não entendeu, eu quase não como!
Olhei firme em seus olhos e perguntei:
– Ô Moça, já viu gordo em campo de concentração?
A senhora abaixou a cabeça, sentou-se e eu retornei à aula.

O primeiro passo para se resolver um problema que tenha, é admitir que o têm! Enquanto ficar justificando o injustificado, não o resolverá.
Representar consome mais energia do que Ser de fato… Então se enfrente querido!
Boa leitura.

“O DEUS em mim saúda o DEUS em você”.
Que razão pessoal te levará a praticar o viver de luz em verdade consorciado com o vegetarianismo simbiótico?

É o fato de você e todos os seres humanos almejarem pela paz e pela felicidade. Você está em paz? Está bem consigo mesmo? Atingiu a satisfação pessoal ou ainda sofre com alguma coisa? A busca pela paz verdadeira e a conseqüente plenitude pós paz é o que você e todo ser humano buscam. Com toda certeza eu posso te ajudar. Já ajudei muitos milhares, isso eu posso falar. Venho ajudando pessoas há muito tempo. Desde criança tenho ajudado as pessoas. Mas já venho fazendo isto muito antes desde tempo. Posso sim abrir as portas, mas atravessar é contigo. O aqui e o agora você possui. A sede do buscador você possui, ou de que outra forma estaria lendo este livro? A fonte de onde jorra a água que sacia a sede está dentro de você. Mostrar o caminho para esta fonte é como posso ajudar.
Uma vez que encontrou a paz mantenha contigo com firmeza e isto te será fácil porque ela sempre esteve ao seu alcance, sempre esteve dentro de você. Paz é para ser conservada meu filho, ela faz parte de sua natureza. O momento é o agora, o tempo é o presente. Conduzir-te ao conhecimento é o que farei. O conhecimento permite que você atravesse a porta para a paz e felicidade. O que vou te passar você pode viver, mesmo que lindas, as palavras bonitas são apenas teorias se não vivenciadas. O ser humano vive em busca de prazeres, isto é fácil de perceber. Na verdade a busca incessante por prazeres é a busca inconsciente do homem pela felicidade e pela paz.
Viver novas experiências é uma necessidade. Sempre que vivemos novas experiências algo muda dentro de nós. Muda para melhor e te conduz inevitavelmente cada vez mais para o “despertar da consciência”. Aprender sobre si mesmo, sobre a vida, aprender coisas que nem sabia que existia. É isto que ofereço.
Mesmo a paz e felicidade mundial começam pela paz e felicidade em cada indivíduo. Mas se encontram dentro de você.
Qual a última vez que conversou sobre a vida? Ou sequer refletiu sobre a vida? A grande maioria só percebe o valor da vida mediante algum trauma, alguma perda. É triste precisar ter sua existência ameaçada de perda para empenhar-se nas mudanças, na busca pela paz e felicidade. Pode ser diferente. O sistema do ter lhe põe num estado de fazer coisas, que as pessoas se esquecem do que desejou alcançar, do que seu coração mostrou. Quando se consegue o que desejou, em seguida deseja outra coisa. Depois uma terceira e assim vai. É a isto que o sistema te induz. Induz a uma sede de posses, sensações e poder, que te faz esquecer-se da razão que te levou a desejar algo que não tinha.
Certa vez, um homem comprou um sítio à beira de um grande lago. Ele estava feliz porque finalmente conseguiu o sitio tão sonhado. Mas o sítio não tinha casa. Ele montou uma barraca e nela morava. Precisando construir uma casa para morar bem, começou a garimpar em busca de ouro, coisa que houve muito na região, décadas atrás. Garimpou esperançoso a achar ouro. Garimpou uma semana e nada encontrou. Garimpou duas, três semanas, um mês inteiro e frustrado gritou bem alto: Não encontro ouro algum! Como vou construir uma casinha para eu morar com decência e sair da barraca? E ficou ali assentado sobre a pá se lamentando. Um lenhador que passava próximo ouvindo os berros indignados do homem, se dirigiu a ele e disse: “Ora, pesque bons peixes e venda-os no vilarejo. Compre o material e construa sua casa.”
O homem ficou feliz e assim fez de imediato. Por duas vezes na semana havia a feira do vilarejo. Então o homem por duas vezes na semana pescava de madrugada e vendia os peixes fresquinhos pela manhã. Nos outros dias ele continuava a garimpar para quem sabe com um pouco mais de sorte, encontrar ouro e assim construir mais rápido. Ouro ele não encontrou, mas vendendo pela manhã os peixes que pescava na madrugada, duas vezes por semana, com três meses terminou a construção de uma pequena casa. Saiu da barraca e veio finalmente dormir a sua tão sonhada noite na própria casinha. No dia seguinte levantou-se cedo e continuou a garimpar.
Este homem se envolveu de tal forma com o garimpo que se esqueceu da razão que era ter uma casa decente para morar, que o levou a garimpar. Ele conseguiu a casa que almejava, não precisava mais garimpar… Mas continuava!
O que você deseja conseguir na vida? Acaso seria paz e felicidade? Mas até que ponto você não ficou a garimpar também?
Em geral as pessoas buscam no lugar errado, buscam em vão fora de si aquilo que só vão encontrar do lado de dentro.
Aqui na fazenda numa palestra de fim de semana me deparei com um senhor judeu de aproximadamente 50 anos de idade e psicólogo há mais de 20. Era doutor em diversos ramos da ciência, também versado dentre outras coisas. Mas sofria da mesma forma de alguns semi-analfabetos que estavam assistindo a palestra. Ele na verdade aprendeu a conter informações e tentou por muito tempo conhecer as pessoas que o cercava. Na verdade este senhor judeu, assim como você, busca também pela felicidade. Todos buscam pela felicidade. Mas a verdadeira felicidade está em encontrar a verdadeira paz em si mesmo. Este senhor judeu ainda não havia compreendido que é inteligente conhecer as pessoas que nos cercam, mas é sábio conhecer a si próprio.
Mas o que você precisa saber de si mesmo?
Preste atenção querido, todo conhecimento pertence ao absoluto, que é de onde toda a essência humana vem. A experiência é que pertence ao relativo, que é onde você está agora. Portanto, todo conhecimento já lhe pertence, é parte de você, ou seja, aqui nada tem para saber, mas relembrar!
Não faço nada de mais. Tudo que faço é abrir as portas para ajudá-la a relembrar daquilo que já sabia. Aquele conhecimento que na verdade já estava dentro de você. Mas o curioso é que as pessoas adoram ser lembrados disto eheheheh!
Hoje em dia as pessoas são instigadas a se manterem no barulho, pensando o tempo todo, ouvindo propagandas e marketing que sempre diz que você precisa comprar isto ou aquilo por que isto é mais importante que aquilo etc. Faça uma experiência: fique 60 dias sem assistir televisão, sem assistir ou ler jornais. Depois de 60 dias vai se encontrar muito mais lúcido que antes e vai enxergar a si mesmo e aos demais com muito mais visão. Começará a descobrir que você e cada um dos seres humanos existentes são um milagre. Quando começa a perceber que nós somos um milagre, ficamos gratos. A gratidão é o caminho que lhe leva à felicidade e à paz. O Viver de Luz consorciado com o Vegetarianismo Simbiótico te conduz rápido para dentro de si mesmo. Começa a viver experiências que até então achava impossível viver, adentra a compreensão de que você é de fato um “grande milagre”. Começa então a se sentir agradecido, começa a viver a gratidão e aí segue para a felicidade e paz duradoura.
O que busca buscador está dentro de você, sua verdade está dentro de você, a felicidade e paz tão almejados estão dentro de você. Posso te conduzir a elas.
Todo ser humano nasce capacitado a sentir cheiros, capacitado a enxergar, capacitado a ouvir, pensar e se mexer. Da mesma forma nasce capacitado a sentir felicidade e paz. Precisa compreender, você é o jardim e o jardineiro ao mesmo tempo. O jardineiro é a experiência vivida em silêncio através do conhecimento transmitido pelo jardim. Quanto mais o jardineiro em silêncio vive experiências de jardinagem mais ele aprende sobre o jardim, pois ele aprende a ouvir o jardim. Manter o sentimento de gratidão é a condição para se alcançar a felicidade e a paz. Um ser agradecido está sempre feliz e em paz. Razões para sermos agradecidos tem de sobra. O simples fato de acordar para mais um dia de vida é razão para estar agradecido. Manter o sentimento de gratidão intrínseco em você é algo que não depende de posição social, não depende de títulos conquistados ou recursos financeiros. O sentimento de gratidão depende apenas de ser.
O Viver de Luz em Verdade consorciado com o Vegetarianismo te oferece uma viagem incrível para dentro de si mesmo. Na vida aqui fora quando você vai empreitar uma viagem para lugares que desconhece você se previne. Procura inclusive quando possível se informar um pouco ao menos sobre a região que pretende viajar. Depois se prepara para possíveis imprevistos e intempéries que possa sofrer, como um pneu furado, altas temperaturas, fortes chuvas, repelente para mosquitos etc. Você usa tudo que aprendeu observando o meio em que vive ou que lhe ensinaram diretamente. Contudo, para seguir rumo à viagem interior dificilmente poderia se preparar antecipadamente, pois é pouco provável que houvesse alguém que pode observar para aprender anterior à sua viagem e mais improvável ainda é alguém que poderia ter lhe ensinado sobre isto.
Se no conhecimento sobre as necessidades básicas da vida material, como se proceder para evitar e o que fazer se acontecer, poucos são os que têm o conhecimento consciente para poder orientar a outros, o que dizer então sobre as orientações para os assuntos internos e espirituais? Por isto estou aqui e desenvolvi o curso de “Viver de Luz em Verdade” adaptando às necessidades modernas conceitos espirituais a muito esquecidos pela grande massa, mas que funcionam maravilhosamente em te conduzir à felicidade e a paz. Recebi dos Ascensionado, diretamente da Grande Fraternidade Branca, o conhecimento completo do processo de 40 dias que leva o homem a ativar uma grande parte dos 97% de seu DNA inativo se tornando capaz de sintetizar moléculas a partir do fóton que recebe pelos seus olhos e do prana que recebe através da respiração. Mas o processo do “Viver de Luz em Verdade consorciado ao Vegetarianismo Simbiótico”, que dura 21 dias, é um processo que tive de montar pelo fato da humanidade quase que 100% não ter o amadurecimento necessário ainda para o processo dos 40 dias. Montar e administrar o processo do Vivendo de Luz em Verdade consorciado com o Vegetarianismo Simbiótico foi a melhor forma de poder ajudar você. Neste curso aqui na fazenda, debaixo de minhas vistas, você vai vivenciar coisas incríveis e portanto, descobrir coisas incríveis. Lá atrás, ainda ontem antes que encontrasse a felicidade e a paz, vivi experiências incríveis e aprendi coisas incríveis, porque estava sofrendo e desejei mudanças. Isto ainda ontem, antes dos fios falantes enfeiarem a paisagem da natureza e cercas delimitarem espaço. A escolha de viver estas experiências incríveis é sua, a minha escolha eu já fiz. Escolhi ensinar a caminhar para dentro de uma forma segura e responsável, todos os que isto escolherem. Isto eu posso fazer por você. Alguém precisa te ensinar que cada ser humano é uma jóia rara do tesouro divino, que você é poderoso, que é muito mais que imaginou até hoje. Ensinar-te e ajudar-te a caminhar uma vivência onde as experiências que vai viver dão provas cabais do que aprendeu lá atrás. Este não é um processo matemático onde
2 + 2 = 4. Este é um processo que para ter o conhecimento precisa antes, seguir o sentir. Por isto desenvolvi o processo do “Vivendo de Luz em Verdade consorciado com o Vegetarianismo Simbiótico”. Por isto este processo precisa acontecer aqui comigo te observando, porque você vai passar por trilhas que já passei lá atrás. Conheço a localização de cada uma das pedras, buracos e espinhos desta trilha e te aviso antes. Por este caminho vai chegar rápido ao teu EU INTERIOR, que é o teu EU SUPERIOR, que é o teu CRISTO INTERNO.
Há uma força que habita em você que te faz andar e movimentar-se. Um ser que firmado no EU SOU se mostra diferente do mundo externo. Embora esteja conectado a um aparelho físico em nada depende dele ou do que acontece com ele. Este complexo Ser Interior é dotado da virtude que movimenta o próprio universo: A Vontade.
Através da vontade você cumpre o processo do “Vivendo de Luz em Verdade consorciado com o Vegetarianismo Simbiótico” e após ele, agora com o sentimento de gratidão, se mantém dando um passo por vez seguindo além e adiante até alcançar a plenitude da felicidade e paz.
Mas precisa ter consciência de que é no espírito de luta que o que é fraco se torna forte. Mas antes precisa ter melhor compreensão da realidade que lhe cerca. Meditando 20 minutos por dia sobre como melhor se proceder nas situações diárias do cotidiano e através da vontade impor o cumprimento a risca do procedimento adotado fará ainda mais forte a sua vontade e também a inteligência.
Não basta se decidir a empreitar esta viagem, precisa saber aonde quer chegar, senão como vai saber que chegou? Quem decide nadar rio acima, mas não define onde quer chegar, tende a se encostar e permanecer em um dos muitos remansos que se apresentam no trajeto.
Será a inteligência intuitiva quem vai te conduzir com segurança, só ela possui a visão e a força necessárias. Mas antes precisa saber qual é o objetivo que deseja alcançar. Qual é a finalidade da vida? Porque sua vida está muito além da vaidade que ainda tem e dos desejos que ainda possui. Na verdade você pode tudo. A grande parte da humanidade está abaixo das aspirações mais elevadas porque não se desvinculou do sistema do ter, o que se é possível fazer mesmo ainda vivendo dentro dele, até o dia em que ele deixar de existir, e isto afirmo: vai acontecer. O sistema do ter e a ignorância que resulta na sociedade fazem com que as pessoas vejam como objetivo de suas vidas apenas comer, beber e buscar por prazer. Uma idéia destrutiva é lançada por este sistema diariamente, hora após hora na mente da sociedade, e os menos esclarecidos sobre a vida, que é a grande maioria, se molda a esta idéia. O homem começa a acreditar que felicidade e paz são oriundas dos bens que possui e do dinheiro que ajuntou. O sistema do ter faz isto através do marketing e propagandas, lançando este falso conceito de felicidade e paz. Então na busca incansável da felicidade e paz a sociedade começa a pensar em como pode ganhar mais e perder menos. Em ambos os casos o valor real da vida fica em segundo plano e acreditando que estão buscando pela felicidade e paz, homens se digladiam com homens. Isto também resulta no medo de novas experiências. Contudo há na sociedade aquela pequena parte que manifesta, um pouco ao menos, os lampejos do EU MAIOR, do EU INTERIOR e que por isto enxergam com clareza o valor real da vida e as manobras maldosas do sistema do ter. Estes vivem por um ideal. Aí se encontra os pintores que imortalizam um momento de beleza nas pinturas que fazem. O sábio que se esforça em disseminar a verdade. O guerreiro do coração que busca ajudar o homem a encontrar a felicidade e a paz. O processo de “Viver de Luz em Verdade consorciado com o Vegetarianismo Simbiótico” te conduz a isto. Não é necessário ser um artista e ou um sábio para fazê-lo. Este processo está ao alcance de todos. Todos nós passamos por momentos na vida em que precisamos de ajuda de outros para superarmos algum problema ou obstáculo, para depois poder prosseguir na direção que traçou rumo a felicidade e a paz. Para a conquista da plenitude da felicidade e da paz é necessário encontrar com o EU MAIOR, o EU INTERIOR, o seu único e verdadeiro mestre. E você é capaz disto. Independente de sua condição social ou material, você é capaz. O processo do “Vivendo de Luz em Verdade consorciado com o Vegetarianismo Simbiótico” te leva para dentro, te leva para além da agitação e barulhos do mundo. No silêncio da mente você começa a conhecer-se melhor. Enxerga a natureza de seus traumas, enxerga a raiz de certos comportamentos que por ventura tenha, e a partir disto começa a traçar planos de como se conduzir, que funcionam. Chegar ao seu EU MAIOR só depende de você se decidir e impor sua vontade em persistir. O processo do “Vivendo de Luz em Verdade consorciado com o Vegetarianismo Simbiótico” permite que chegue ao grande vazio e o nada de Buda, um local além da origem de tudo e dos ruídos do mundo. Então a negritude mental começa a se desfazer e os lampejos da LUZ MAIOR aparecem no silencio. O sentimento de gratidão se torna permanente e a plenitude da felicidade e paz se torna eterna.

Que razão social levará a sociedade a praticar o “viver de luz em verdade consorciado com o vegetarianismo simbiótico”?

O que levará a sociedade buscar as mudanças necessárias para que aconteça um mundo bem melhor é a insatisfação com o mundo atual e o sistema do ter ainda regente. Muito insatisfeitos e buscando incessantemente uma solução, homens aparentemente comuns da sociedade perceberão em um número cada vez maior que terrorista é aquele que prega o terror, e começam a enxergar a partir daí que o sistema do governo o qual produz escravos que pensam ser livres e o sistema das igrejas o qual te ensina a temer a um diabo fictício, é que conduziram a humanidade ao sofrimento. Neste mesmo sentido, um número cada vez maior de pessoas aparentemente comuns na sociedade, agora mais conscientes devido às experiências adquiridas na busca pela solução da insatisfação que sentiam, se dará conta que foram traídos e sabotados exatamente pelo governo e igrejas que um dia confiaram. Perceberão que foi exatamente a preguiça de sair da sua zona de conforto para resolver os próprios problemas que resultou no surgimento de governos que sempre lhe dizem o que vai fazer, de igrejas que sempre lhe dizem no que vai acreditar e de um marketing que sempre lhe dizem como vai enxergar. Eles descobrirão que podem sim fazer a diferença. Assim passarão a assumir as próprias rédeas e começarão a agir e pensar por si mesmos. Procurarão cada vez mais ser o mais autossuficiente possível, pois a arma utilizada pelo governo e igrejas é lhe tornar dependente deles. Por isto o Viver de Luz em Verdade conjugado com a alimentação Vegetariana é uma das grandes alavancas para a grande mudança do planeta, porque ele te faz independente, te faz muito mais livre, pois a dependência de remédios se esvai quando sua saúde se torna fortíssima; a dependência das soluções governamentais para problemas se esvai quando sua clareza de pensamento e percepção do meio se tornam intensos; a dependência de que nos problemas lhe mostrem um caminho a ser seguido se esvai quando sua intuição se torna forte; a dependência de um maior tempo livre para si mesmo se esvai quando sua energia fica quase inesgotável e a necessidade de descansar e dormir se tornam mínimas; a dependência de grandes plantios e desmates para alimentação animal se esvai quando sua necessidade de alimentar-se da matéria se torna 15 vezes menor e ainda vegetariana. A dependência de uma serie de outras coisas se esvai porque você sai daqui bonito, saudável, esbelto, potente e com muita auto estima viu!
Tudo isto acontece de fato com a ativação de uma parte dos 97% do DNA inativos, através da disciplina, exercício respiratório, o uso de 07 ervas de poder e mais 02 de sabor, do uso de um pó de cristais especiais e o uso de uma argila especialmente magnetizada, que são utilizados aqui nos cursos do Céu Nossa Senhora da Conceição.
Contribuir para você se tornar o mais independente possível em todos os sentidos é caminho para a sociedade do Ser.
Um dia ouvi o chamado e hoje EU SOU um dos trabalhadores da ultima hora. Agora é a sua vez, mas sabe o que você precisa fazer?
Quando ouvir o chamado vai compreender que:
Compreender que DEUS não exige nada de ninguém nem mesmo uma crença;
Compreender que DEUS não possui aspecto porque ELE é tudo;
Compreender que DEUS se comunica conosco o tempo todo por sinais e principalmente pelos sentimentos que já são a linguagem da alma, mas raramente através de palavras;
Compreender que DEUS falou contigo quando sentir seu coração feliz, quentinho;
Compreender que DEUS não tem necessidades, de nada precisa, é completo e servidor universal;
Compreender que DEUS não julga, não condena e não castiga, porque ELE é amor incondicional.
Cada ser humano vai descobrir que:
– Que pode ser um farol aceso na escuridão da ignorância… Se assim escolher.
– Que pode ser a esperança que esvai o desespero das massas… Se assim escolher.
– Que pode ser o bálsamo do AMOR para uma humanidade ainda doente pelo medo… Se assim escolher.
– Que pode ser DEUS em DEUS… Se assim escolher.

Psiu: Que pode ser um dos trabalhadores da ultima hora… Quando assim escolher.
Abraços

INTRODUÇÃO – Vivendo De Luz Em Verdade

Viver de Luz em Verdade não é deixar de comer e beber, mas sim estar capacitado a se alimentar da energia Vrill que compõe todo o universo e se encontra na Luz (Fóton) e no ar (Prana). Toda forma de alimento sólido e liquido é apenas a energia Vrill condensada, é apenas um substrato da essência. Por que se alimentar do substrato se todo Ser Humano é capaz de sintetizar a essência?
Meu nome é Emiliano Dias Linhares, nasci em MG no Brasil em 1964, mas me conhecem mais por meu nome de escritor e espiritual Xamã Gideon “dos Lakotas”. Hoje, 07 de Março de 2011 ao lançar este livro, estou Vivendo de Luz em Verdade há 150 dias. Faz150 dias que não bebo água e nem como alimentos ou qualquer coisa que venha da matéria. Faz 150 dias que me alimento exclusivamente do fóton através da luz que entra pelos meus olhos e do Prana através do ar que respiro. Através deste livro pretendo compartilhar com você tudo que me foi passado pelos Ascensionado, a Fraternidade Branca e que se é possível escrever ou falar.
Estou feliz e honrado. Feliz porque agora estou sendo ouvido. Após tanto esforço em não abrir mão do meu direito de amar finalmente muitos ouvem a mensagem que tenho clamado que ouvissem por encarnações: SOMOS UM!
Feliz porque agora me ouve principalmente a raça do ter que pela pouca compreensão, ao longo de milênios vem aniquilando as castas indígenas de todo o planeta, como os povos de minhas últimas encarnações no bom caminho vermelho, na tribo “Lakota” onde aprendi a integração e a universalidade que nos dias de hoje chamamos de Xamanismo. E honrado porque o GRANDE MISTÉRIO (DEUS), em sua compaixão infinita se compadeceu deste pequenininho teimoso aqui e tem me permitido manifestar à humanidade as experiências mais elevadas da alma. Falar a Verdade com a simplicidade divina e jogar no chão os dogmas e tabus que fazem os homens segurarem pedras, me expôs aos ataques dos que ainda vivem no sentimento do medo, coisa irrelevante quando comparada a felicidade de tantos que vieram para o sentimento do amor; as investidas iradas de alguns, por mim manifestar a coragem e a ação de testificar a simplicidade de DEUS e que ELE não busca pelo mármore e nem pelo ouro que você tem, foi suplantada pela alegria de milhares que compreenderam a mensagem; a calúnia, crítica e difamação pelos revoltosos arraigados e aferrados a conceitos espirituais efêmeros que os mantêm adormecidos, se tornaram insignificante frente à liberdade e felicidade de tantos milhares ao receberem os conceitos absolutos que despertam os homens. Um espírito de Luz diz e faz o que precisa ser dito e feito sem ter que pedir licença e muito menos se ofende com o que alguns podem dizer, porque só se ofende quem se encontra ainda no complexo de superioridade ou inferioridade. Enquanto você se preocupar com a reprovação externa e tudo aquilo que podem falar a seu respeito é porque eles ainda o têm no cabresto. Um espírito de Luz simplesmente vem e concretiza. EU SOU FELIZ!
Nestes 150 dias Vivendo de Luz em Verdade tenho vivido experiências magníficas dentre algumas que nem há como por em palavras. Você também pode viver estas experiências desde que queira! Mas você quer de fato? Está mesmo disposto a abrir mão de certas pedras que vem carregando faz tempo? Porque existem apenas dois sentimentos, o amor e o medo. Todas as outras formas de manifestações de sentimentos que conhece são apenas derivações destes dois. O amor é o absoluto, é o real. Dele vem a compaixão, o perdão, a integridade, a caridade, a simplicidade, o comprometimento, a felicidade etc. O amor é o absoluto, as virtudes, a força, o intuitivo, o espiritual, é ser capaz de Viver de Luz em Verdade. O medo é o relativo, é a ilusão. Dele vem a tirania, a vingança, a dissimulação, o individualismo, o compliquismo, o envolvimento, o sofrimento etc. O medo é o relativo, os defeitos, a fraqueza, o racional, o material, é ser dependente do alimento material. Viver no amor ou no medo é só questão da escolha que fez! Em qual deles você tem vivido?
Querido amo a humanidade e a você incondicionalmente, porque amo a mim mesmo, por isto mesmo que sendo gentil direi a Verdade sem máscaras, em toda sua extensão, em cada um de seus aspectos e em cada vírgula que tiver, e se não fosse assim, como poderia te ensinar o que aprendi? Portanto se sua escolha é continuar vivendo no sentimento do medo, no relativo, melhor fechar este livro e retornar à sua vidinha. Mas se seu ímpeto é viver no sentimento do amor, no absoluto, então melhor é continuar com a leitura e se revestir de coragem e mente aberta filho, porque você vai conseguir sim viver exclusivamente da Luz e do Prana. Se eu consegui, você também consegue! O que vai escolher? Voltaremos a falar disto mais adiante.
Antes de estar ainda mais com a consciência ampliada devido ao Viver de Luz em Verdade, eu sabia que as três energias mais fortes em que o ego se manifesta é a Ilusão, o Ter e o Sexo. Onde a energia sexual é a mais intensa e a base das outras duas. Todos estes são frutos do relativo, do sentimento do medo.
– A ilusão como a fuga pelas drogas, doutrinas, religiões e igrejas, todas justificadas pelos conceitos efêmeros, ou seja, criado por homens.
– O Ter onde se apresenta o valor dos bens e do dinheiro como sendo superiores ao valor do ser humano. Nele se encontra o direito de posse até da vida e a nefasta seta indicadora de “Como posso ganhar mais e perder menos”?
– E o Sexo Carnal, animal, onde se encontra a promiscuidade, as plenas reverência e idolatria pela carne, a escolha decidida pelo relativo e total negação pelo absoluto.
Mas após iniciar o processo do Viver de Luz em Verdade enxerguei além e aprendi que o maior apego do ser humano é o sabor. O sabor é o primeiro contato do recém nascido com o plano do relativo, o mundo da ilusão. Também é o último. Ao nascer é pelo leite que o bebê procura. Quando se está velho e o ouro perdeu seu brilho e a libido ficou no passado, o sabor ainda é um prazer ativo e intenso. Voltaremos a falar disto mais adiante.
Outra coisa: O DNA humano é mesmo alienígena querido! A ativação do nosso DNA é a chave para se poder Viver de Luz em Verdade. Nos homens de hoje somente 3% do DNA está ativo, ou seja, 97% dele dorme, é inativo, está sem função. Toda forma de percepção do mundo que hoje tem a humanidade está dentro destes 3% ativos. Isto porque estes 3% pertencem ao racional, ao mental, ao apego, ao tridimensional. Na reativação de uma parte dos 97% inativos está a chave para se poder Viver de Luz em Verdade. E isto pertence ao desapego, ao intuitivo, ao espiritual. O GNA dos homens da Nova Era citado em tantas obras espirituais nada mais é que o nosso DNA ativado em sua totalidade… Simples assim!
A forjação mental, o vício principalmente em drogas e os conceitos efêmeros são como pedras que o impede de alçar os altos vôos da ativação do DNA adormecido. Qualquer homem ou mulher enquanto se mantiver com coração avaro, ou nas drogas e vício, ou sexualmente um promíscuo, estará impossibilitado de ativar o seu DNA adormecido, pois tais coisas o mantêm fora do corpo intuitivo. E deixar de tomar logo a sua decisão de viver o amor por ficar se martirizando pelas coisas que disse e fez lá atrás, por aqueles que prejudicou e feriu no passado, por todos os que você abandonou e humilhou, é desnecessário meu filho. O perdão começa por nós mesmo e o sentimento de culpa e medo são os seus verdadeiros adversários. É você mesmo quem está se julgando culpado. DEUS não julga e não condena ninguém! A culpa prende no relativo enquanto o perdão liberta para o absoluto. A culpa e o medo são como a seca que assola a lavoura e a transforma num deserto árido e infértil. Nada de bom sai destes. Mas o perdão e o amor são como a brisa serena que abençoa a terra e viceja a vida. Ficar segurando estas pedras ou largá-las é só questão da escolha que fizer. Que escolha fará? Voltaremos a falar disto mais adiante.
Você que deseja Viver de Luz em Verdade, tem a CORAGEM de abraçar uma Liberdade e Consciência Divina muito além dos conceitos espirituais que talvez pense conhecer? Porque o único que existe é o absoluto, o real. Seu oposto é o relativo, a ilusão. E todos os conceitos espirituais que formam a base espiritual do buscador de hoje é simplesmente o resultado de observações detalhadas das leis que rege o relativo, que é a ilusão criada. Estes conceitos são um norte seguro de como você se comportar na experiência que escolheu viver no mundo da ilusão, no plano relativo, de forma a “relembrar quem você é” mais facilmente. Mas tudo aquilo que provem da ilusão é igualmente ilusório, é igualmente relativo. Não há como o que é real vir da ilusão, tal qual não há como o Absoluto vir do relativo. Só o que vem do Absoluto é real! Como poderíamos pecar se nossa essência é o Absoluto, se DEUS é Absoluto? Não há pecado e nem cobranças. Não tem pagamento de débitos. O Karma e o Darma são frutos das observações do relativo, portanto é uma ilusão e não existe. Tudo que existe é o presente, o aqui e o agora. Não há passado ou futuro, só o presente. Isto por si só elimina a existência do Carma e do Darma! A coragem é o catalisador entre o plano espiritual e o plano terreno, é ela quem faz a liga entre o absoluto e o relativo. Você tem coragem suficiente de dar a mão à palmatória rejeitando todos os seus conceitos espirituais tão logo se depare com verdades maiores sobre DEUS? Por exemplo: se DEUS necessitasse de leis ele não poderia ser Absoluto!
Você tem a Coragem de abrir mão de tudo que leu, ouviu e estudou sobre DEUS e passar a ter como referência a sua própria experiência com DEUS? Porque a experiência de Viver de Luz em Verdade vai sim por em xeque tudo aquilo que você pensava que sabia sobre DEUS, como por exemplo, a inexistência do Karma e do Darma e tantos outros conceitos que vem te norteando até hoje. A Liberdade e a Consciência da Nova Era está muito além de tudo que existe hoje! Esta preparado para novos desafios querido? Voltaremos a falar disto mais adiante.
Quando se está vivendo de luz, é somente fóton e prana. Sem a ingestão de água ou qualquer forma de líquidos, sem a ingestão de comida ou qualquer forma de matéria. Mesmo que esteja praticando os exercícios fotônicos e pranaiâmicos, se houver ingestão de qualquer tipo de comida ou líquido, mesmo que pouco, o que se está fazendo é um regime acentuado, é uma alimentação conjugada. Nada há de errado em se fazer uma alimentação conjugada, inclusive é muito saudável e bom para a sensitividade, mas daí afirmar que se está vivendo de luz, entrou na forjação mental, no equívoco. Conheci aqui no Brasil muitas pessoas que diziam estar vivendo de luz. Pessoas que inclusive gostei muito, boas pessoas mesmo, mas comiam barras de cereais, chocolates, frutas, bebiam água de côco, chás, sucos, água, leite etc. Estavam na alimentação conjugada e não Vivendo de Luz em Verdade. Inclusive após conversarmos e lhes expor a descrença que isto estava resultando na humanidade, eles concordaram que falaram sem uma maior reflexão e se corrigiram, adotaram a postura autêntica que praticam a alimentação conjugada. Também admitiram que não conseguiam ficar sem beber ou comer, embora tenham tentado. Mas que hoje estão bem da forma conjugada que estão fazendo. Esta é a transparência que os filhos da Luz carregam!
Conheci também pessoas de menos bom senso que afirmavam estar vivendo de luz mas que comem e bebem bem mais que os outros que citei acima. Alguns chegam a ser até gordinhos. Continuam na irresponsabilidade de afirmar o que não fazem, devido ao dinheiro que ganham realizando palestras e ministrando cursos daquilo que não testificam. Alguns destes inclusive pitam maconha e frequentam as Raves buscando ficar conhecidos por novos clientes. É apenas a turminha do “oba oba” no modismo hippie da nova era. Enfim, ao menos que sejam felizes no pouco tempo que lhes restam antes de se fechar este ciclo no final de 2012, pois com toda a certeza visto as ações que mantêm, eles optaram pelo relativo e não pelo Absoluto, escolheram pela ilusão e não pela Nova Era.
Quantas pessoas você conheceu que realmente vive de luz? Não que diz apenas estar vivendo de Luz, mas que tenha até provado que está. Alguém que se prontificou inclusive a um acompanhamento médico científico de 24h por dia e por uns 15 dias para que assim deixe testificado cientificamente o Viver de Luz? Eu ainda não encontrei nenhum além de mim. Parece que vou ser o primeiro! Pretendo até o final de 2011 deixar o Viver de Luz cientificamente testificado. Que embora a ciência de hoje não possam explicar como, terão que admitir que alguém conseguiu de fato. A partir daí o ceticismo da ciência estará quebrado e o Viver de Luz a nível mundial flui com rapidez. Como estímulo para vinda de um corpo médico cientifico sério, oferecerei uma considerável soma de dinheiro para aqueles que conseguirem provar que sou farsante, que não estou Vivendo de Luz. Voltaremos a falar disto mais adiante.
A data de 21 de dezembro de 2012 não é mais um dos muitos mitos do mundo, a coisa a partir daí fica muito séria e toda a humanidade já terá feito a escolha da experiência que escolheu viver. O simples fato de não optar pelo Absoluto já significa que optou pelo relativo. Nada há de errado em continuar a viver as experiências do relativo, da ilusão. Mas as salas de aula serão divididas querido! Voltaremos a falar disto mais adiante. Seja qual for à experiência que escolher vivenciar, se Absoluto ou relativo, não tema, pois jamais DEUS irá te abandonar e não importa quantas escolhas ainda venha a fazer ELE sempre estará a postos.

Xamã Gideon “dos Lakotas”.

PRIMEIRA PARTE – Um Arcabouço Histórico Do Final Do Mundo Nos Últimos 2.000 Anos.

O final de um ciclo para o início de outro é algo excitante e vem promovendo ao longo dos últimos dois mil anos, desde a escrita do apocalipse bíblico, as mais contraditórias idéias, teologia e expectativa.
Nos últimos dois mil anos tivemos registrados em nossa história diversos acontecimentos em cujos a humanidade acreditava que havia chegado o final dos tempos, o apocalipse bíblico. Contudo nenhum destes acontecimentos era real, se tratavam apenas de momentos difíceis que todos passavam e de fenômenos naturais que vêm com certa frequência.
O Mestre Jesus em sua última encarnação na Terra disse: “Quando o momento chegar os céus dará sinais.” E esta referência tão acertada deixada pelo Mestre foi citada erroneamente centenas de vezes ao longo dos últimos dois mil anos mediante uma epidemia, eclipse, passagem de um cometa, final dos anos mil e dois mil, por aqueles que afirmavam que havia chegado o momento final.
Mas querido, qual é o único fenômeno celeste que a humanidade ao longo de toda sua história não presenciou ainda? Era exatamente a este fenômeno que o Mestre Jesus se referiu como o sinal.
Em 21 de dezembro de 2012 haverá o alinhamento cósmico com o nosso sol central, e isto acontece somente a cada 25.650 anos. Nesta data começa tudo, ainda não será o fim, mas o inicio do fim. O final de uma era e o inicio de outra. A nova era promete esperança e prosperidade para alguns. Ameaça e extermínio para outros. Destruição, redenção, cataclismos e renovação. Estas são as expectativas tão aguardadas entusiasticamente para a nova era. A esperança e o medo dessas expectativas são tão velhas quanto a própria humanidade.
A idéia do apocalipse existe desde as antigas civilizações. Está intrínseca em todas as religiões, é uma necessidade espiritual. É caracteristicamente do homem. Mas, todo ser humano tem crenças para catástrofes nacionais ou globais, e por profecias não cumpridas que possam vir a acontecer e serem trágicas. Sempre em momentos difíceis para um povo ou mediante um fenômeno celeste, o messianismo surge e quase sempre como válvula de escape.
Recordo-me da trágica história de canudos, aqui mesmo no Brasil, nos confins da Bahia. Sua história não é diferente. A tirania do governo republicano era o sinal dos fins dos tempos, que o demônio estava presente e agindo.
O mito de destruição de seu algoz e redenção de seu povo surge de forma inflamada. Na expectativa de finalizar com a miséria e sofrimento presente no sertão baiano e conseguirem uma vida com mais esperança, milhares de homens acreditaram nas promessas divinas de um homem, que embora estudado até certo ponto para a época, era desequilibrado na vida familiar, amorosa e comercial. Estou me referindo a Antonio Conselheiro.
Com a construção em 1893 da comunidade Belo Monte, às margens do Rio Vaza-Barris na Bahia, o interiorano cearense da vila Quixeramobim, Antonio Vicente Mendes Maciel realiza pregações mediante a tamanha miséria e fome no sertão, numa época de transição entre a monarquia repudiada pelos brasileiros e a instituição da república bem mais esperançosa aos olhos do povo, o que lhe rendeu milhares de seguidores desencantados e desesperançados com a vida que levavam, clamavam por um messias que viesse e lhes salvasse.
Firmados nas promessas de fé e justiça mediante as afirmações de ser um enviado de DEUS para uma renovação social e religiosa, o que casava com a idéia de um messias, Antonio conselheiro desta forma, mesmo que inconscientemente acabou por fazer história no sonho esperançoso de milhares de homens sofridos do sertão.
Consolidando uma comunidade que não se sujeita ao mando dos representantes do poder vigente, Canudos, nome dado à comunidade por seus opositores, se tornou uma ameaça ao interesse dos poderosos. Com o aumento do seu número de seguidores e a pregação de seus ideais contrários à ordem vigente, Incriminada por setores influentes e poderosos da sociedade da época, a cidade de Belo Monte apelidada pelos seus inimigos como Canudos, foi alvo das tropas republicanas. A comunidade se reduziu a algumas centenas de mulheres, idosos e crianças. Antonio Conselheiro, com a saúde fragilizada, morreu dias antes do último combate. Ao encontrarem seu corpo, deceparam sua cabeça e a enviaram para que estudassem as características do crânio de um “louco fanático”.
A Dança Fantasma de 1890 é outro bom exemplo também, contudo apenas mais um episódio em nossa história onde o mito de destruição de seu algoz e redenção do seu povo surge de forma inflamada. A vinda do messias é algo que sempre dá esperança aos que se sentem oprimidos.
Em 1889 durante um eclipse total do sol, um índio Piute de nome Wovoca, adoentado e com febre alta, afirmou ter tido visões proféticas durante o eclipse solar. Mais uma vez havia surgido um movimento messiânico e que se alastrou como rastilho de pólvora devido à desesperança e angústia sentida por todas as nações indígenas suplantadas e depositadas em reservas e principalmente por terem entendido que eclipse acontecido era um sinal divino. Durante o eclipse Wovoca teria tido visões proféticas sobre destruição de todos os brancos (algoz indígena) e a redenção do seu povo (os índios oprimidos), mediante a realização de um ritual sagrado que ficou conhecido como a Dança Fantasma. Um ritual que marcaria o retorno de um messias e dos búfalos. Wovoca disse que com a dança fantasma todos os guerreiros abatidos durante todas as guerras retornariam a Terra, seriam ressuscitados e consigo trariam a paz, a prosperidade, e a liberdade para os nativos americanos. Tais afirmações à frente de um povo oprimido e desesperançado foi como atear fogo em pólvora. A dança fantasma se alastrou entre todas as tribos do oeste. O ritual da dança fantasma consistia em dançar nos toques de tambores e cantar no sentido horário, ao redor do fogo, ao redor de uma árvore. À medida que a profecia de Wovoca ganhava força e se alastrava como gramas no campo, algumas alterações foram implantadas. Uma camisa que durante a dança fantasma se tornaria a prova de balas foi acrescida por Kicking Bear (Urso Chutando), o líder dos Sioux de Dakota do sul. Assim, este foi o componente que realmente assustou os fazendeiros, colonos e o exército que viviam no oeste. Acreditaram que não somente o Messias estaria vindo, mas que haveria uma guerra e que os índios seriam protegidos das balas. Isto pareceu como conversa de uma revolução prestes a acontecer. As tensões cresceram e o governo do EUA enviou tropas para suprimir estas insurreições proféticas. E assim aconteceu, no dia 29 de dezembro de 1890, próximo a um riacho de Dakota do Sul durante um dia frio e desolado em que 250 homens, mulheres e crianças, sioux foram massacrados. Então a dança fantasma teve seu fim. Este foi o fim da dança fantasma e uma grande tragédia. A tragédia de Wounded knee (joelho ferido), foi o massacre mais injusto registrado na historia nativa dos Estados Unidos, resultado de uma crença entusiasta e em uma profecia que nunca se cumpriu. Para alguns povos do bom caminho vermelho o local onde o índio Joelho Ferido morreu representa o sonho perdido e o fim da esperança de um futuro melhor.
Recordo-me de outra tragédia, desta vez bem mais recente, envolvendo pregadores do fim do mundo, que aconteceu em Waco, no Texas (USA). Vernon Howel, autoproclamado David Koresh, líder máximo da seita Ramo Davidiano, estava na mira do FBI (a polícia federal americana) e do departamento americano de álcool, tabaco e armas (ATF) por uso ilegal de armas. Koresh e outros membros da seita viviam em uma comunidade, denominada Rancho do Apocalipse, e possuíam um pesado armamento reservado para o “Armagedom”. Para eles, a batalha mencionada no Novo Testamento começou com um cerco dos agentes federais ao rancho para tentar prender Koresh em fevereiro 1993. Quase dois meses depois, o FBI e a ATF invadiram o rancho e, após intensa troca de tiros, aproximadamente 75 pessoas morreram, inclusive Koresh.
Na Coréia do Sul, como em outros países, a psicose do fim do mundo cria novos movimentos que geram verdadeiros desequilíbrios nos seguidores. Um fato embora não divulgado pela mídia internacional, aconteceu quando sete membros da seita Yongsaeng-gyo (Igreja da vida eterna) se suicidaram em Yagyang, na província de Kangwon. O pastor, a mulher, o filho e mais quatro seguidores se mataram para conseguir a vida eterna e escapar do fim do mundo. A polícia também denunciou que membros dessas seitas apocalípticas desaparecem da casa sem dar maiores explicações sobre seu paradeiro. Segundo Tak Ji-won, diretor do Instituto internacional de pesquisa sobre movimentos religiosos, os cultos apocalípticos cresceram muito no ano passado e já seriam mais de cinquenta naquele país. Livros esotéricos e sobre as profecias do fim do mundo são best-seller também entre os agnósticos.
Retornando aos Estados Unidos e as profecias do fim do mundo lançadas próximas do ano 2000, o apocalipse é dado como certo por multidões e tem torcida organizada. A maioria concorda que alguns afortunados serão poupados por intervenção divina. A dificuldade dos crentes será localizar o Salvador entre os quase 1.200 profetas auto aclamados, só nos arquivos do instituto Milennium Wathc, que pesquisa os milenaristas. Outros 55 milhões de americanos acham que falta pouco para o mundo acabar. Os Estados Unidos é um celeiro de seitas apocalípticas. De lá as seitas partem para o resto do mundo.
O medo do vírus apelidado de Y2K está levando multidões de americanos a preparar verdadeiras fortalezas, bem abastecidas e armadas. Muita gente está se unindo em comunidades belicosas e que adotam táticas de “sobrevivencialismo” – a arte de sobreviver sem depender de ajuda externa. É o caso de Bob Rutz, 67 anos, que montou uma comunidade em Kingston, no Arkansas. Junto da mulher ele comanda uma fazenda-fortaleza de 700 acres, onde 100 famílias se estabeleceram em lotes de três acres cada. Estes acreditavam não apenas no vírus Y2K, mas também na supremacia da raça branca. Imaginam que durante a guerra civil que se seguirá à parada dos computadores na virada do milênio, o que não aconteceu também, as diversas raças vão se digladiar. Na mais antiga destas comunidades, chamada Elohim City – em Muldrow, Oklahoma -, o fundamentalista e profeta Robert Milar, durante seus delírios ensinou aos fieis que haveria uma invasão asiática na América. Negros, hispânicos e judeus também se juntariam para acabar com a raça branca. Seria a guerra de seis anos, começando no ano 2000. Nada aconteceu mais uma vez. E continuando, que em 2006 o Senhor Jesus se revelaria e Elohim City viveria um milênio inteiro de paz e prosperidade. Só com caucasianos. O ano de 1999 para 2000 passou, e mais uma vez a história se repetiu: nada aconteceu. O ano de 2006 passou e nada aconteceu também.
Aqui mesmo no Brasil, aproveitando-se do medo apocalíptico das massas e do sonho de contato com ufos por parte de outros; utilizando-se de promessas vazias e truque de ilusionismo barato usando fósforo em balões e pombos para ficarem luminescente, e se utilizando até mesmo da simples luz de caneta lazer em 1995, quando esta ainda era novidade, temos o caso de Urandir.
Urandir Fernandes de Oliveira, se dizendo pesquisador e paranormal, utilizando-se de um pó luminescente ao ser friccionado alegava conseguir emitir energia luminosa pelas mãos e transmiti-la a outros realizando curas, um truque barato de ilusionismo que ficou desmascarado quando acidentalmente, na frente de muitas pessoas, sua calça também ficou verde luminescente por ter vazado fósforo por um buraco no bolso. Ajuntava uma multidão de boa fé que queriam muito ter avistamentos de OVNIS e se utilizando deste mesmo pó, agora esfregado em pombos e balões para ficarem luminescentes, os soltavam em pontos estratégicos durante noites escuras, deixando pasmos e emocionados aqueles que ao verem tantas luzes cruzarem os céus à sua frente, pensando ser OVINIS a distância, acreditavam nos contos de Urandir.
Urandir o qual garantia ter intimidade com seres de outros planetas desde os 13 anos de idade. Também incuti o cabresto do medo nas pessoas de boa fé que ingenuamente lhe dão crédito, repetindo de forma atualizada aquele mesmo discurso ladainha dos profetas do fim do mundo: “Pela ação do próprio homem o planeta está passando por transformações climática, geológicas e vibracionais que podem gerar grandes tragédias” e blá blá blá…
Na década de 1990 em Brasília e Goiás surgiram mais oportunistas do apocalipse e da Nova Era. Assim como os falsos profetas ao longo dos últimos 2.000 anos de nossa história, estes apregoaram também o fim do mundo para incutir o cabresto do medo em seus seguidores para que, uma vez amedrontados, comprassem a salvação por altas quantias de dinheiro. Isto se chama extorsão! No embalo das profecias iminentes da chegada do apocalipse, inúmeras pessoas venderam tudo que tinham e seguiram rumo a Alto Paraíso, Goiás. Estive lá em 2009. É um local bonito sem dúvidas, mas é só isto eu afirmo. Toda aquela historia de aparições de OVNIS, local seguro para os fins dos dias, afirmo que não passou de marketing de oportunistas se aproveitando do pânico da virada do milênio nas mentes de pessoas pouco esclarecidas, só isto. Conheci pessoas que tinham excelentes condições financeiras em 1995 quando se mudaram pra lá, mas que agora estavam com dificuldades até para se alimentarem. Hoje largados e sem recursos, cabeludos, drogados e banguelos, são conhecidos na chapada como “Bicho Grilo”. Um destes “bicho grilo” que conheci lá, ocupava antes de 1999 um alto cargo e com um salário invejável no escritório de Paulo Maluf.
Aqui mesmo na fazenda chegou vindo de Goiás, totalmente falido em 2007, um destes falsos profetas dos últimos dias da virada para 2000. Apregoou o fim do mundo para outubro de 1999 colocando o cabresto do medo e da dúvida em muitas pessoas de boa fé, mas pouco esclarecidas e extorquiu somas de dinheiro dos que acreditaram nele. Recebi-lhe descentemente aqui na fazenda, pois este ao chegar pensava até em suicídio. Aqui se deparou com diversas pessoas, mas agora felizes e confiantes, a qual ele mesmo havia incutido medo e extorquido somas de dinheiro no passado. Em poucas semanas estava recuperado e erguido novamente. Disse que havia aprendido com os erros do passado e até ia muito bem, mas ao perceber que aqui reunia todo mês um número gigantesco de pessoas de todos os Estados, assim como o lobo perde os dentes, mas não o vício, maldosamente pensou que poderia se aproveitar disto ajuntando um número bom de seguidores para explorá-los como fez na virada do milênio. Percebi claramente que o egoísmo e a maldade o haviam dominado novamente, quando ele e sua esposa Adriana me contaram que em Brasília DF, por 02 anos viveram de luz, se alimentando somente da luz do sol e do prana que respiravam. Tanto um como outro não têm calibre espiritual nem para realizar pequenos fenômenos, quanto mais viver de luz!
Começou sorrateiramente para angariar credibilidade para possíveis seguidores, contar historinhas furadas aos menos esclarecidos onde afirmava ser um capitão prateado do comando Asthar Gerran enviado a Terra. Como aqui ensino a todos como reconhecer os sinais do ego e a ouvir, não duvidar e seguir sempre a intuição para assim serem felizes e livres de cabrestos, todos em questão de três dias o enxergaram de fato e se afastaram dele. Mas insistindo no egocentrismo, começou as escondidas e irresponsavelmente a misturar com ayahuasca fusões de plantas que em nada conhece prometendo experiências incríveis novamente aos jovens e recém chegados menos esclarecidos. A verdade sempre vem à tona e lido de fato com forças que ele desconhece, simplesmente sem que este percebesse retirei do perigo aos demais e dei-lhe corda para que se enforcasse sozinho logo adiante, o que aconteceu rapidamente e lhe custou um hospício por algum tempo.
Mas o fato é que profecias apocalípticas ao longo da história humana dos últimos dois mil anos sempre afetaram todos os povos do planeta. Visões de destruição e dominação têm existido desde o começo e quase sempre têm uma fonte comum, a bíblia.
Nos Estados Unidos, um grupo de pessoas que se identificavam como membros da nação islã começaram a afirmar que havia um Óvni na órbita terrestre. Em 1999 este Óvni liberaria centenas de naves de combate menores que literalmente invadiriam e dominariam os Estados Unidos. Inclusive afirmavam que o Reverendo Ministro PHARACON tinha estado dentro do citado Óvni. O Óvni do tamanho de uma metrópole, do ministro Pharacon traria destruição sobre a America branca, onde só seriam salvos os que apoiassem a nação Islã.
Mais uma das profecias do final dos tempos que não se cumpriu.
Profecias e revelações proféticas sobre o fim dos tempos, a confrontação apocalíptica entre o bem e o mal têm suas origens no último livro da bíblia, o apocalipse. Este livro que fala sobre as desgraças que adviriam sobre a humanidade e a renovação que surgiria, tem inspirado medo e esperança ao longo da história. Este foi o começo da fundação para crenças milenares Cristãs. O livro de apocalipse e outras passagens nos falam da realidade de sofrimento, dor e morte que a Terra passará por um tempo.
Na bíblia está bem escrita que provavelmente 3/4 da população da Terra morrerá durante o apocalipse, onde a Terra irá desencadear a destruição do mundo. Os quatro cavaleiros do apocalipse devastarão todos os povos. O sol ficará preto, a lua avermelhada como sangue, as estrelas cairão do céu. Mas o ponto culminante é o retorno do salvador, que trará a salvação para todos aqueles que crêem na salvação.
O livro de apocalipse dando uma visão negra de violência e vingança simplesmente perdurou por uma única razão: Nele se encontra a promessa ao crente que ele triunfará sobre o mal. Isto mantém a esperança de uma vitória próxima onde a gloria presente parece impossível. E como resultado, isto não só cria o desejo para que aconteça, mas também satisfaz alguns sentidos na sua ausência. Estão tão cheios de simbolismos que você pode querer que estes fatos aconteçam de qualquer maneira.
Ao longo de dois mil anos nada aconteceu e mesmo assim religiosos evangélicos continuam aguardando o retorno do Mestre Jesus (como se ele tivesse saído daqui alguma vez!) bem como a destruição do mal para o surgimento de uma nova era de paz e prosperidade.
Grande parte da humanidade se recusa a sair da zona de conforto, mas estão loucas para o surgimento de um messias que resolverá de vez todos os seus problemas, ao invés de porem a mão na massa resolvê-los por si mesmos.
O pensamento apocalíptico é o centro do Cristianismo e a principal pregação em igrejas. Está preso na tradição profética judaica que se voltou para visões apocalípticas como a que Israel sofreu por conquistadores estrangeiros.
Os pergaminhos encontrados no Mar Morto registram que a pessoa que os enterrou implorava por um apocalipse já, e queria se ajuntar aos anjos do céu para lutar contra o mal.
Tais coisas não foram diferentes na virada para o ano 1.000. Contudo naquela época poucos se atreviam a profetizar qualquer coisa que fosse, porque terminariam nos braços da igreja católica romana e com certeza, estes braços os colocariam numa fogueira em praça pública. Então era a própria igreja católica romana o falso profeta da época. Fazendeiros deixaram de plantar, pessoas abandonaram ou deram suas propriedades para a igreja, e seguiram em uma peregrinação a Jerusalém sem intenção de voltar. Sinais do fim estavam em todos os lugares. Necessidades, pestes, terremotos, eclipses do sol e da lua e o cometa Halley. Mas novamente o resultado nesta história de fim do mundo se repetiu. O milênio veio e foi e começou a idade média. Nada aconteceu.
Afirmo ser de suma importância que todos saibam que estas idéias existiram historicamente, elas existiram culturalmente, não é só algo que está acontecendo com a chegada de 21 de dezembro de 2012. Quase toda cultura tem tido idéias sobre o fim do mundo. Todas as religiões têm um mito milenar e toda cultura tem uma visão do fim dos tempos, de morte e renascimento. O modelo de uma destruição na Terra, e da comunidade na qual você vive, de algum modo é traumático, dramático e relativamente amedrontador, é a parte de quase todas as expectativas, de um fim que acontece em qualquer parte no mundo.
Enquanto a visão ocidental de tempo é para frente, a visão oriental é repetitiva, mas o fim dos tempos é sempre da mesma maneira, aterrorizante.
Hindus vêm ao mundo e atravessam quatro períodos, começam com a era dourada e terminam com a era da escuridão… o Calliuga. Para os hindus estamos ainda na idade da escuridão e continuará piorando até a deusa Kali vir e aniquilar todo o mundo e novamente começar uma nova era dourada. Mas até então profetas hindus vêem sofrendo e morrendo terrivelmente.
Os budistas acreditam que estamos vivendo a segunda de três eras. Uma eles chamam da idade da falsa doutrina.
Seguidores Budistas acreditam que nos últimos dias o salvador que chamam de Metreah conduzirá os fiéis para uma terra sagrada no oeste. A avó Daohista combinada com o filho budista mais jovem, o Metreah, um ser duplamente poderoso e salvador, uma figura meio macho e meio fêmea. Tais combinações conduziram as sociedades secretas que se tornaram grupos políticos revolucionários radicais ao termino do século XVIII, da mesma maneira que a revolução francesa estava acontecendo no ocidente, havia tremendas insurreições na china… A rebelião do Taiping pouco depois do século XIX foi abastecida por uma mistura volátil de crenças chinesas e de crenças milenares cristãs.
O líder, Hung Su Chung se viu como um segundo filho de Deus e acreditou que estava fundando um reino divino de grande paz. Em 1853, Hung capturou Rei Nan e fez desta sua nova Jerusalém. Por mais de dez anos seus 60 milhões de seguidores fugiram do exército imperial, mas no fim eles foram massacrados.
Um destino semelhante ocorreu com os astecas no México, eles acreditaram erradamente na profecia do retorno de um messias, um grande DEUS branco, QUETZL COATYL e acharam que estava sendo cumprida quando os conquistadores espanhóis chegaram.
Incerto se os soldados espanhóis eram deuses ou homens, Montezuma não fez nada e esperou até que ficou tarde demais. Cortez o capturou no seu próprio palácio e o império asteca desabou numa conquista sangrenta.
Pelo oceano, a Europa medieval estava vendo um ressurgimento de convicções do fim dos tempos, junto com batalhas turbulentas de sua liderança mais poderosa, a igreja católica.
Mas num período em que a Europa estava desintegrando-se no caos, apareceu sua desgraça mais devastadora, a peste negra. Esta erupção horrorosa de peste bubônica matou um terço da população da Europa. Aldeias ficaram desertas, cemitérios encheram e violências dizimaram a zona rural.
Naquela época as pessoas viram estes acontecimentos como uma era triunfante de satanás.
Levou quase um século para a igreja restabelecer-se novamente em Roma. Mas antes do inicio do ano 1400 a igreja era mais uma vez dominante, o crente retornou e a igreja se tornou a força mais rica e mais poderosa da Europa medieval. Na metade do milênio o ano 1500 trouxe uma euforia de medos e expectativas apocalípticas.
A reforma protestante, outro movimento contra regra papal, era uma resposta para uma igreja corrompida além da redenção. E foi dirigido por um impetuoso reformador religioso alemão, Martinho Lutero que acusava sem medo a igreja católica romana inteira como sendo o Anti Cristo. A igreja de Roma por sua vez acusada mediante a decisão e força de seu rival, também acusava Lutero de ser o anticristo.
De qualquer maneira, ambos acreditavam que o anticristo estava aqui na Terra, então acreditavam que o fim e a segunda vinda do Messias deveriam acontecer em breve.
E mais uma vez o fim não veio. A reforma de Lutero acabou. Grupos apocalípticos continuaram indo e vindo, enquanto os olhos de profetas e videntes contemplaram para o próximo milênio, o distante e ameaçador século XXI
O ano 2.000. O século XXI parece como umas das encruzilhadas do tempo. Através de misteriosos acontecimentos, acabam-se e iniciam-se muitos ciclos do calendário. E o sol passará por todas as 12 constelações do zodíaco. Como nós entramos na era de aquário, um vasto ciclo de tempo está se encerrando.
Existe o ano cósmico, em astrologia, e acontece somente a cada 25.650 anos. Agora pela primeira vez tudo está acontecendo em nossa geração e isso é único. Os 500 anos do ciclo dos Druidas e os 3.000 anos do ciclo dos Persas antigos, os 7000 anos do ciclo dos místicos cabalísticos judeus, todos cronometram e predizem o fim. O calendário maia, o mais preciso já inventado, termina em 21 de dezembro de 2012. Talvez por isso não achamos nenhum fascínio no que tantos videntes e profetas prevêem para o século XXI como sendo a era do cataclismo e da renovação.
As profecias são tão antigas quanto o desejo do homem em saber o futuro. Ao longo da historia mais de 50 mil pessoas disseram ser videntes.
Destes, o mais famoso é Nostradamus. Você não pode estudar a história de profecia sem sentir a sombra gigantesca lançada em cima de você por Nostradamus. Ele é enorme e controverso.
Nostradamus viveu a mais de 400 anos atrás e era doutor em medicina na França rural até que se mostrou como um profeta em 1547. Suas profecias foram escritas com estrofes rimadas, no seu tempo ficou famoso por predizer que o Rei Henry II morreria durante um jogo onde competia.
Hoje, alguns intérpretes vêem as profecias de Nostradamus e acham que ele predisse o incêndio que destruiu Londres em 1666. As revoluções francesas e americanas. O assassinato de Kennedy e a ida do homem à lua.
Mas ao se olhar imparcialmente e na luz da razão para as evidencias das profecias de Nostradamus que reinvidicam, percebe que todas elas apenas parecem dizer coisas após algum fato ter acontecido.
Até a presente data nenhum fato foi anunciado que aconteceria com antecedência, baseado nas profecias de Nostradamus.
Há uma estrofe, por exemplo, em que aqueles que acreditam em suas profecias afirmam que Nostradamus prevê o caso Watergate, Napoleão, a Alba, o assassinato de JPK e o fim da guerra civil americana.
Estes quatros principais eventos tem a historia contada em uma linha de um quarto de versos e olha que estes eventos são bastante notáveis.
Outra razão para Nostradamus ser tão popular é que ele teve uma vida curta, mas escreveu muito. Ele escreveu milhares de versos literalmente. Infelizmente, para nós há só 103 exemplos em todas as escritas dele onde é mencionado um tempo e um lugar de fato ou um tempo e uma pessoa num lugar ou qualquer combinação desses três eventos. Em todos os 103, ou seja, 103 entre 103 nada se cumpriu, este é o fato.
Contudo impressionantes são as previsões dos índios norte americanos, os Hopi. Estes sim, nem mesmo a cética ciência consegue negar. O que eles disseram aconteceu realmente e estas são todas as coisas que eles não poderiam saber a aproximadamente mil anos atrás.
Inclusive onde diz: “as pessoas brancas virão e assumirão a terra Hopi e as pessoas serão convertidas a religião destes brancos.”
Os Hopi também acreditam que o mundo passará por quatro ciclos, e nós estamos agora no quarto ciclo e este termina em fogo.
Bombas atômicas que na profecia Hopi são chamadas de cabaços de cinzas destruirão a maior parte da humanidade, mas este ciclo representa o amanhecer de um mundo novo, mas um mundo nascido a partir de grande devastação e que teremos de começar tudo de novo em toda parte.
Os Hopis com esta visão seguem uma tradição do fim dos tempos, acreditam na destruição e salvação. Contudo suas profecias com afirmações claras, específicas e objetivas, de mil anos atrás sobre acontecimentos na America, se cumpriram todas de forma a intrigar até mesmo os cientistas.
A chegada do homem branco na América também se deve à crença do fim do mundo, e quase ninguém se atentou disto. Mais uma vez a historia se repete. Aliás, a humanidade apenas criou novas formas de cometerem os mesmos erros que cometem há 25.650 anos.
O fato é que a história registrou que Colombo também acreditava no fim do mundo e que aconteceria em 1660. Então ele se vendo como um instrumento divino enviado por DEUS, com a missão de proclamar o evangelho e a volta de Jesus Cristo.
Assim, Cristovão Colombo que se escrevia assim: “Cristophoro Colombo” que quer dizer O Cristo que leva a paz. Bom, acreditando que estava levando a Paz de DEUS pelos oceanos para os pagãos da China e Japão, ele se assustou ao achar um novo continente porque significaria agora que o trabalho de converter o mundo ao cristianismo ia ser muito maior do que poderia fazer antes do fim.
O mundo novo se tornou uma forte atração para esperanças milenárias. Americanos viram-se como pessoas escolhidas, eram puritanas construindo um paraíso divino ou pais através de batalhas criando uma nova revolução.
Um fim dos tempos existiu como foco ao longo da história americana. Se nivelou no espírito despertando experiências sociais e ambos se viram juntos em comunidades utópicas como Shakers (membros de uma seita religiosa) em comunidades utópicas , como a conduzida por Mãe Ann. Ela sentia que Cristo tinha retornado em forma feminina e ela estava cumprindo uma profecia divina. Ela sentia que ela era a incorporação de Cristo que de certo modo o milênio estava sendo conduzido na Terra através dela.
Expectativas apocalípticas mais obscuras também correram profundamente na alma americana, o maior movimento cresceu ao redor de um interprete de profecias chamado de William Miller cujos cálculos cuidadosos convenceram mais de 50.000 seguidores que Jesus voltaria em 1844. William Miller acreditou que teria calculado precisamente a data do retorno do Sr. Jesus Cristo. Em 22 de outubro de 1844, Miller e milhares dos seguidores se reuniram esperando o aparecimento do salvador. E eles esperaram, esperaram, esperaram, e mais uma vez a história se repetiu: nada aconteceu.
Mas ao invés de aprenderem com os erros, com a situação, aquelas mesmas pessoas antes decepcionadas e talvez até deprimidas por nada ter acontecido de fato, com o passar do tempo voltam a remontar a mesmíssima historia furada, retornam a cometerem os mesmo erros.
Na busca inevitável por algo melhor, o que é uma característica do espírito humano, rapidamente crescem novas denominações Cristãs, como no caso da igreja Adventista do Sétimo Dia.
Sabia que a igreja adventista do sétimo dia e os testemunhas de Jeová surgiram do que foi chamado “A Grande Decepção”?
Coisa muito similar acontecido no Brasil na morte mal contada de Tancredo Neves, um bom homem. Após sua morte e talvez assassinato mesmo, a mídia soltou que ele era a encarnação do “inconfidente mineiro Tiradentes”.
Mas os adventistas e as testemunhas de Jeová cresceram em tempos turbulentos durante a Guerra Civil Americana em que nada abandonaram a idéia do fim dos tempos no assassinato do presidente Lincoln. Ele foi imediatamente visto como o Cristo que foi morto para redimir os pecados do país, que havia esperança de transformação no sofrimento dos seguidores. O resultado do fim da Guerra Civil viu na visão do fim dos tempos a base para a formação da religião americana.
Recordo-me da notícia de que um grupo de pessoas do Rio de Janeiro queriam santificar o falecido e mui querido ator comediante, Carlos Alberto, conhecido nacionalmente como Muçum, no programa dos trapalhões. Percebem a similaridade do evento?
Querido, veja que esta concatenágem aqui feita mostra que ao longo de nossa história nos últimos dois mil anos a ansiedade e o desespero pelo apocalipse, o dia do juízo final, estiveram às portas e sempre resultaram em decepções.
Se for ou não suceder uma serie de situações apocalípticas a partir do final de 2012, qual a melhor postura a tomar?
Simples, aplique em sua vida pessoal o princípio da ISO 9000. Se observar, verá que a ISO 9000 reza que não se preocupe com o resultado final de um produto, mas sim com a montagem perfeita, atenta e cuidadosa das partes que juntas resultam no produto final. Se cada etapa da linha de montagem respeita as normas de segurança e qualidade da ISO 9000 então o produto final não tem como sair diferente que ótimo. Faça o mesmo.
Aplique este princípio em sua vida no tocante ao apocalipse. Ao invés de preocupar-se com o resultado final deste ciclo, se vai passar ou não para a Nova Era, ocupem-se em dar o melhor de si na prática consciente do amor todos os dias, que o resultado final não tem como sair diferente de “aprovado”.
É bem verdade e posso mesmo afirmar isto com autoridade, que nenhum resquício da era antiga que é esta que está se encerrando agora, perdurará na nova era. A nova era é realmente nova, não tem resíduos.
Mas como saber quem está aprovado ou não?
Como ter um parâmetro do nível de amor interior que precisa ter uma pessoa para saber se está apto a entrar para a nova era?
Simples, os que entrarão na Nova Era são aqueles que atingiram ao menos o primeiro degrau do amor incondicional, ou seja, são os que fazem o bem ao seu semelhante com o único objetivo de vê-lo feliz, não fazendo questão nem mesmo de receber um obrigado daquele que ajudou.
Se você faz isto querido, parabéns, vai sim entrar para a Nova era! Os seus títulos e valores sociais em nada contam neste momento.
Independente de ser estudado ou não, de ter dinheiro ou não, de possuir posição social ou não, de ser de uma igreja católica, evangélica ou não, de freqüentar um centro espírita ou não, de ser agnóstico ou não, de crer em forças sobrenaturais ou não. Nada disto importa neste momento, pois somente o amor verdadeiro que carregar dentro de si é que vai contar.
Que ninguém caia nos golpes oportunistas destes falsos profetas, padres e pastores do final do mundo, não há necessidade de doar, vender e se desfazer dos bens e do dinheiro que tenha para entrar no novo milênio. E, aliás, deve se afastar rápido e ainda avisar aos outros sobre estes oportunistas que sempre aparecem apresentando o medo e a salvação através das mesmas historinhas furadas dos últimos 2.000 anos, onde lhe põe o cabresto do medo com um único objetivo: “Te extorquir”. A história nos ensina isto.

Obs.: Contra fatos não há argumentos: Cientificamente é constatado que os pólos magnéticos da Terra se movimentam cerca de 60 cm a cada 10 anos. Contudo apenas entre 2008 e 2009, eles andaram 50 km. O que este sinal te mostra, querido?

ANTES E DEPOIS – Transformação e Realidade

Através de algumas mensagens que escrevi meses antes de entrar no processo dos 40 dias para o Viver de Luz em Verdade, o leitor poderá perceber como é que enxergava. E através de algumas mensagens que escrevi após o processo dos 40 dias, estando agora Vivendo de Luz em Verdade, perceberá vividamente as mudanças que me causou este processo maravilhoso.

A – MENSAGENS ANTERIORES AO PROCESSO DO VIVER DE LUZ EM VERDADE.

“Declaração dos filhos da LUZ. O Porquê do VIVER de LUZ?”

Desejo iniciar esta minha mensagem expondo claramente o porquê da necessidade urgente de se viver de luz, mas primeiramente agradeço a todos os irmãos e irmãs desta tribo de luz, que aos milhares vêem me acompanhando nesta jornada, me concedendo a honra de suas presenças. É em nome dos filhos da luz que falo neste momento e espero que todos tomem conhecimento sobre todas as injustiças cometidas ao longo da história pelo sistema do ter dos governos e grandes entidades financeiras, contra o povo do SER. Talvez hoje, agora, com a globalização através da Internet, alguns de vocês já saibam das reportagens que falam sobre motores alternativos que funcionam desde o álcool, ou hidrogênio, ou energia solar, ou lixo ou água. Ouvido falar sobre a reação a frio do urânio a qual não polui e é ecologicamente segura. Ou ouvido falar de carros que podem rodar centenas de km com um único litro de combustível. Ou ainda sobre geradores eletromagnéticos de movimento contínuo a qual se auto sustentam podendo trabalhar para sempre, pois produzem mais energia do que consomem.
Mas mesmo com a globalização talvez a grande maioria ainda não saiba sobre tais assuntos, pois estas descobertas foram escondidas de todos no passado e ainda hoje aquelas mesmas forças tentam encobrir novamente. Afinal, se fossem liberados e produzidos em larga escala tirariam de vez de circulação de nosso planeta, todas as companhias de petróleo, todas as minas de carvão e principalmente, todas as hidrelétricas e companhias que vendem formas de energia em todo mundo.
Você sabia que o conceito do motor a combustão interna está obsoleto a 60 anos?  Sabia que devido à existência de cartéis e leis corruptas do sistema do ter dos governos toda a humanidade foi obrigada a usar gasolina nos últimos 100 anos?
As grandes entidades financeiras são responsáveis por destruir a água que bebemos o ar que respiramos e o alimento que comemos. Elas não se importam com o nosso planeta a qual destroem, se importam somente com o dinheiro que ganham com isto. Isto também se aplica as grandes entidades financeiras que dominam o comércio farmacêutico e dos alimentos. *Quantas agressões mais teremos que aceitar? *
Milhões de litros de petróleo na forma de gases e outros subprodutos poluentes estão destruindo os oceanos e as várias formas de vida que possui.
É nos oceanos que existe o plâncton o qual fornece de 60 a 90% do oxigênio da Terra e mantém o ecossistema marinho que forma a base do suprimento alimentar de nosso planeta.
* Mas o plâncton está morrendo. *
Hoje a população humana de nosso planeta está perto de 6 bilhões. Mas é a formação de pastagens para o sustento de uma população crescente de 18 bilhões de bovinos a responsável pela aniquilação de 80% de nossas matas. *As florestas estão morrendo.*
*Santa Catarina possui uma população de 11 milhões de pessoas, mas mantém uma criação de 45 milhões de suínos que poluíram seus córregos.
Também observei que até mesmo a fome é um problema social e político imposto pelo sistema do ter, pois proporcionalmente a mesma área utilizada por um ano para manter gordo um boi e meio, se cultiva em grãos o suficiente para manter 40 famílias alimentadas por um ano.
*Então um dia pensei: A solução é ir para algum local tranqüilo em qualquer lugar da Terra. Mas foi então que me dei conta que existem poluidores em todos os Estados e países do mundo.
Percebi que o sistema do ter é quem tem o controle e que na verdade controlam até mesmo as leis. A lei ambientalista estipula punições que para as grandes entidades financeiras são irrisórias, visto que ganham milhões todos os dias jogando lixo tóxico no oceano. Então para eles é um ótimo negocio continuar jogando. Eles influenciam a mídia, controlam e distorcem as informações que chegam até as massas e desta forma controlam nossas mentes.
Então iniciar um movimento que vai de encontro ao que o sistema do ter impõe, um movimento embasado no que pensamos e acreditamos, é um crime. Se o fazemos somos taxados de conspiradores, escarnecem e debocham de nós. Estou indignado, pois a humanidade está sendo química e geneticamente prejudicada e em sua grande maioria nem percebe. Infelizmente isto afetará nossos filhos também. Todos os dias ao sair para trabalhar nos deparamos com veículos bem na nossa frente soltando gases tóxicos que são venenos acumulativos. Eles matam lentamente à humanidade e ela não se percebe disto.
Quantos de nós acreditaríamos se há 30 anos nos dissessem que em algumas cidades não se enxergaria mais que 150 metros a nossa frente e que seus moradores não seriam capazes de respirarem fundo porque o ar de lá já seria uma massa de gás venenosa? Que não poderiam beber de suas nascentes e que teríamos de comprar água engarrafada?
Até os simples prazeres da vida foram tirados de nós. Graças aos vídeos games, celulares, ipods e outras tecnologias, as crianças de hoje perderam o sentido de suas vidas. Não conhecem mais o real valor de uma árvore ou se quer o valor do perfume das flores. Perguntaram a uma criança: de onde vem o ovo? Ela respondeu: do supermercado. Que coisa triste.
Infelizmente a maior parte dos homens está tão impetrada pelo sistema do ter que quase ninguém mais quer saber daquilo que é humanamente correto. O sistema do ter criou até mesmo os ecologistas gaivotas, os quais fazem muito barulho, mas nada de concreto realizam. Coitados, são mais outras vítimas deste sistema maldito. Realmente, nós do SER somos a minoria neste mundo.
Então me perguntei: o que nós do SER podemos fazer? Porque enquanto poluir a mãe Terra for um negocio lucrativo, as empresas e pessoas continuarão a burlar as leis, achar brechas na lei, para simplesmente fazer o que querem.
Que atitude adotar que permita aos filhos do SER tomar de volta os nossos recursos, corações, mentes e mostrar a toda humanidade restante o que é correto? Foi nesta agonia e procura incansável que o plano espiritual me mostrou aquilo que era óbvio e eu nem sabia que era possível: *O Viver de Luz a nível mundial*. Eu nem sabia que isto era possível, eu nem acreditava nestas coisas!
Mas o conhecimento do processo inteiro me foi entregue e pretendo repassá-lo a todos aqueles que desejarem uma nova vida onde não mais vão comer, beber, adoecer e nem mesmo envelhecer se assim desejar. Isto não é uma utopia, não é uma ilusão, isto é possível.
No processo de 21 dias, que foi divulgado faz uns 20 anos, é necessário que as pessoas já estejam na freqüência da luz para que tenham êxito.
Infelizmente o panorama mundial nos mostra o contrário disto, e isto explica o porquê da grande maioria dos que experimentaram este processo terem voltado a comer e a beber após um pequeno período.
Mas me foi entregue o processo dos 40 dias e nele, qualquer pessoa pode sim fazê-lo com sucesso, pois existe um algo antes dos 21 que o eleva da freqüência do racional e mental para a freqüência do espiritual e intuitivo.
Só depois disto é que ocorre o processo dos 21 dias. E após ainda, há outro algo que permite ao homem se manter nesta freqüência mesmo ainda estando convivendo com o sistema do ter. Primeiro farei eu mesmo o processo completo dos 40 dias, para assim ser o exemplo, para assim testificar este conhecimento adiante de todos, de forma a não deixar duvidas a ninguém de que é mesmo possível, de que isto é real e que você pode também.
Oh GRANDE ESPÍRITO de meus ancestrais, peço a ti neste momento que abençoe a este mundo, a todas as nações, a todos os avôs, avós, pais, mães e crianças
Peço-te PAI que pelas quatro direções do bom caminho vermelho abençoe as futuras gerações para que despertem o espírito liberto indígena, para serem decididos, fortes e terem a consciência de que a Terra é nossa avó. Também te peço PAI, por sabedoria, força e saúde, para poder conduzir esta batalha e chegar ao coração dos homens. Porque já decidi travar empreitar esta batalha.
Dizem que o tempo é um inimigo implacável. Mas o vejo com um velho amigo da humanidade que está sempre nos lembrando de que precisamos viver bem vivido cada momento de nossas vidas, pois o que já passou não volta mais.

*Viver de Luz – a resposta do SER ao sistema do ter.*

Faz só 6 anos que eu e minha amada Genecilda começamos uma obra de compaixão pela humanidade aqui na Terra que é o Céu Nossa Senhora da Conceição, onde fizemos tudo com os recursos que ajuntamos por uma vida toda.
Então através do Céu N.S. Conceição outras obras de compaixão pela humanidade vieram, que são os institutos ir+ mãos em centenas pelo Brasil. Os padrinhos ir + mãos também construíram seus núcleos de luz com os próprios recursos.
Agora é chegado o momento de toda esta tribo junta, unida em um só corpo construir uma obra de compaixão a nível planetário. Sei que posso contar com os padrinhos e madrinhas, mas pretendo também poder contar com os fiscais e afilhados. Assim podermos iniciar esta obra da forma que precisa ser desde o início.
Ministrar o viver de luz para 50 ou 100 pessoas por vez como já sugeriram, não é o caminho porque isto não atende as necessidades do momento.
Simplesmente “SEI” que será necessário que estejam comigo 20 mil pessoas verdadeiramente na luz e de luz, para só depois poder afrontar o sistema capitalista que hoje reina no mundo. Somente a partir destes 20 mil é que poderá acontecer o início do fim das entidades financeiras, do comércio das indústrias farmacêuticas e alimentícias.
Este número de 20 mil marcará o momento de testificar a nível mundial que todo ser humano já nasceu plenamente capacitado a viver bem sem precisar comer ou beber, que já nasceu plenamente capacitado a viver do prana e do fóton e que a partir disto não se adoece ou envelhece.
Tenho profundo respeito pela Sra. Jasmuheen, pois ela começou algo bom neste mundo, embora o comércio com o sagrado esteja acontecendo. Mas foi ela quem deu inicio ao movimento desta roda e por isto foi perseguida, caluniada, difamada, ridicularizada, injustiçada, massacrada e finalmente atingida pela sociedade do ter. A história mais uma vez se repetiu.
Mas agora não mais! O povo do *ter* ao longo da história tem enviado uma mensagem a nós o povo do SER, dizendo que eles podem tudo, dizendo que eles tomam pela força tudo aquilo que desejam, dizendo que são supremos, soberanos, invictos e invencíveis. Que todo homem tem que trabalhar e se formar naquilo que rende mais e não naquilo que sente no seu coração. Que bom é o que é útil ao sistema e não o que ama.
Mas é chegado o momento da nova era e nós do SER através das 20 mil testificações do viver de luz enviaremos ao *ter* uma resposta de volta: “Que todo homem tem direito a ser feliz e eram livres quando nasceram”! Que peguem todos seus podres valores com os quais escravizam a humanidade, o sistema capitalista que criaram toda a tecnologia que desvia o homem do aqui e do agora, todo seu papel moeda, bolsa de valores, suas posições sociais, seus títulos e que os levem juntos para o lodo onde escolheram viver. Porque este mundo é o nosso mundo e não mais aceitaremos conviver com esta sujeira. Que finalmente chegou o momento de reagirmos demonstrando que o sistema criado pelo ter é fraco e pode ser facilmente destruído.
O pior escravo é aquele escravo que pensa que é livre. É isto que faz o sistema do ter. Ele cria a ilusão de uma humanidade livre e abastada sendo que na verdade escraviza os homens pela ameaça de miséria.
Mas juntos podemos desbancar este sistema, juntos podemos pôr fim a este sistema que faz a humanidade sofrer. Juntos podemos mostrar ao mundo, como já disse: “Que todo homem tem direito a ser feliz e eram livres quando nasceram!”  Que usem seus cabrestos em si mesmos, mas não mais em nós povo do SER. Cabrestos são coisa que se põe em burros e jumentos, não se põe cabresto em homens!
A história ensina que na Normandia houve o dia D onde diversos países juntos numa ação militar única deram início ao fim aos intentos de um tirano. Após estes 20 mil vivendo de luz daremos inicio ao dia Z onde será o dia em que o sistema do ter inicia sua queda para extinção.
O sistema atual não terá a menor defesa se quer contra o que faremos que aconteça, a estratégia que usaremos, pois simplesmente entregaremos ao mundo uma água que mata a sede eternamente, um alimento que mata a fome pela eternidade, uma saúde que jamais se extingue, a prova viva de que todo homem pode ser um SER integrado à natureza.
Com a humanidade alcançando esta auto-suficiência, com a maior parte dos homens não mais precisando manter-se dentro do sistema para garantir o sustento seu e de sua família, que cabresto restará ao sistema para lhe por? Nenhum! Você se tornou um ser livre e agora poderá realizar somente aquilo que sente em seu coração e não mais irá se sujeitar aos ditames do governo tacanho do ter. Agora você se tornou independente, se tornou um SER livre.
Agora você será bom porque ama e não porque ganha mais. Os homens poderão se dedicar à arte, ao teatro, á musica e à tudo aquilo que resulta em  crescimento espiritual. Veremos muitos ex-empresários, ex-bancários, ex-escriturários, ex-engenheiros, ex-médicos e ainda outros “ex”, agora felizes plantando flores. Bois e porcos serão animais exóticos de uma chácara e as grandes áreas de pastagens se tornarão florestas. É xeque mate queridos!

*Esclarecendo as dúvidas sobre o processo do viver de luz.*

Um grande número de pessoas tanto do Brasil como do estrangeiro têm me feito três perguntas básicas sobre o viver de luz. Mesmo numa das palestras que ministrei no Senado Federal estas perguntas surgiram.
1º- Por que todas as pessoas que praticaram o processo dos 21 dias para o viver de luz da Sra. Jasmuheen voltaram a comer?
2º- Como pode uma pessoa dizer que está vivendo de luz se come barras de cereais, chocolates, toma xícaras de chá adoçado com mel, come bolo, come carnes etc.?
3º- Será o processo de 21 dias mais um modismo e fantasia em nome da nova era?
Resposta: O processo de 21 dias para o viver de luz reapresentado ao mundo através da Sra. Jasmuheen funcionará somente para aqueles que já atingiram a freqüência da luz. Fora este caso, a pessoa irá apenas reprimir a fome até onde resistir e após voltará a comer compulsivamente. Conheci pessoas que fizeram este processo dos 21 dias da Jasmuheen e como não estão na freqüência da luz, voltaram a comer compulsivamente e hoje estão até com um segundo queixo de tão gordinhos, e alguns destes afirmando que estão vivendo de luz e dão cursos disto inclusive, freqüentam os encontros da ENCA com seus maconheiros e viciados, onde rola muitas outras drogas e tudo mais que é contrário às virtudes do espírito.
Infelizmente a maior parte da humanidade está fora das freqüências da luz e é só observar o panorama atual da mãe Terra para ver a carência de luz da humanidade.
Como já disse, eu encontrei inúmeras pessoas que diziam estar vivendo de luz, mas tomam xícaras de chá e comem barra de cereais e chocolates todos os dias. Disseram que fazem isto somente porque gostam e não porque têm fome. Gente, viver de luz é somente fóton e prana e nada além disso. Os que ainda comem algum alimento material, mesmo que em pequena quantidade, na verdade estão realizando um regime alimentar severo, só isto. Nada há de certo ou errado em fazer isto, mas se você escolheu manter uma conexão permanente que é o que o viver de luz faz, comer qualquer tipo de alimento material, mesmo que pouco, não funciona. Se comer da matéria sua conexão será apenas parcial e não completa. A água embora seja também material tem uma situação diferenciada, você até pode ingerir um pouco por dia que ela não vai atrapalhar a conexão. Mas um grão de arroz que seja já atrapalha bastante. Para se viver de luz tem um quesito indispensável: “Só vive de luz quem já se encontra na luz”.
Mas existe o processo dos 40 dias, onde há uma etapa antes dos 21 e mais uma etapa após dos 21. No processo dos 40 dias você é elevado do degrau do racional e lógico para o degrau do espiritual e intuitivo.
Já percebeu que quando você comunga ayahuasca ou daime de forma séria e respeitosa, durante àquelas horas de conexão você não tem cansaço, não tem sede, na tem fome, se sente muito bem, se sente feliz e em paz? Na verdade tudo isto só aconteceu porque você estava conectado, estava na força. Quando se está verdadeiramente vivendo de luz você está conectado com a força 24h por dia. Compreendem queridos?
É difícil para os homens da ciência compreenderem isto. Afinal eles foram treinados a olhar o aparelho físico como sendo compostos somente de órgãos digestores, respiratório e outros, que provocam reações químicas e sinapses. E eles não estão equivocados se olharem o ser humano como sendo apenas este aparelho físico animal. Em geral eles vêem na melhor das hipóteses, e quando vêem, que o homem é um corpo que possui um espírito, ao passo que em verdade nós somos seres espirituais que no momento possuímos um corpo.
Portanto é foco com que eles enxergam é que está distorcido. Afinal eles sabem que o corpo humano se desenvolveu como o de qualquer animal, comendo e bebendo de tudo, sabem que nenhum animal vive de luz. Mas talvez devessem estudar melhor o crocodilo para descobrir que parte de sua fonte de energia vem dos raios do sol, assim talvez compreendessem o porquê ele era sagrado para o Egito antigo.
Os homens da ciência desconsideram o fato que em nossa evolução, de um período pra cá o aparelho físico homo sapiens passou a ser habitado por uma consciência humana que é você: “*o espírito*”.
No viver de luz ocorre a reprogramação do DNA. O corpo espiritual também se alimenta, saibam disto. Mas não se alimenta de nada material. O corpo espiritual possui pontos enérgicos que absorvem a mesma energia que forma os universos. Alimenta-se da essência.
Na antiga Atlântida esta energia era conhecida como energia Vrill. Na verdade toda forma de alimento material é apenas um substrato desta energia. Mas ao ocorrer conexão permanente nosso aparelho físico passa a se alimentar desta energia.
No viver de luz você passa a se alimentar da essência e não mais do seu substrato. Você passa a se alimentar do inesgotável mana dos céus.
Mas se para viver de luz precisa antes já estar nas freqüências da luz, como fica a situação de qualquer usuário de drogas e demais viciados em relação à nova era? Este é um ponto delicado e a resposta pode não ser o que os que eles gostariam de ouvir, mas depende também apenas do foco da visão que tem, pois para uma mente fechada estas verdades podem ser recebidas com ódio e rejeição, mas para uma mente aberta estas verdades serão recebidas como um alerta.
A verdade é que nenhum viciado entrará na nova era independente de você concordar ou não. Não que usar drogas seja errado ou certo, pois não existe este negócio de certo ou errado. Existe apenas a escolha da experiência que cada ser escolheu experienciar.
Mas se drogar ao passo que escolheu viver o absoluto, é o caminho oposto à escolha que fez, não funciona, não vai contribuir para o seu crescimento espiritual. É como escolher seguir para São Paulo, mas tomar caminho rumo ao interior do Estado. Nada tem de errado em seguir rumo ao interior do Estado, mas se você optou em ir para a capital, seguir para o interior é o caminho oposto e não vai te levar à capital, ou seja, não funciona!
*Afinal, que luz pode ter um espírito subjugado por uma substância química? Nenhuma! Como pode uma pessoa amar a seu semelhante se não amar a si mesmo primeiro? Não pode e toda mudança externa é somente o reflexo da mudança interna que ocorreu primeiro.
O homem viciado revela com a atitude de se drogar que não ama nem a si mesmo. Então como espera amar incondicionalmente outra pessoa?
Quem ama a si mesmo enfrenta as situações da vida ao invés de ficar buscando a ilusão da fuga.
Adentrar a nova era é muito simples queridos. Nem precisa comungar ayahuasca e nem mesmo estar vivendo de luz para fazer parte dela. Basta que a pessoa atinja a consciência de fazer o bem ao seu semelhante apenas para vê-lo feliz, sem esperar como retorno nem mesmo um simples obrigado. Este é o primeiro degrau do amor incondicional. É o degrauzinho mais baixo, o menorzinho deles.
É só esta, a única condição estabelecida pelo astral superior para que uma pessoa esteja apta a fazer parte da nova era. E mesmo com este quesito tão pequeno e simples 99% da humanidade não está apta.
Quantas pessoas você conhece que verdadeiramente pratica isto?
Apenas praticar yoga não garante sua entrada na nova era. Apenas comungar ayahuasca não garante sua entrada na nova era.
Independente do ato de fé que professe, é necessário atingir ao menos este primeiro degrauzinho do amor incondicional. Contudo posso afirmar que todos aqueles que estiverem verdadeiramente praticando o viver de luz já fazem parte da nova era. Embora não exista julgamento ou condenação, há conseqüências nas escolhas que fazemos. Destas resultarão ou o Carma ou o Darma.
Xamã Gideon dos Lakotas.

Visão – “Em meditação o que me foi mostrado”.
(Terça feira, 05 de Outubro de 2010.)

Ontem, aqui na fazenda, em meio aos pinheiros de minha casa, estive pela noite toda num trabalho intenso. Eu chorei muito, verti lágrimas suficientes para encher as botinas. O Astral Superior me trouxe os registros da longa jornada que venho trilhando no bom caminho vermelho onde por muitas encarnações diversas vezes, impotente, presenciei as insanidades e desrespeitos nas atitudes do ter. Nas lágrimas silenciosas que derramei busquei manter viva minha fé e esperança.
Eu não desisti, eu nunca desisti.
Embora pequeno e sendo apenas mais um ser na evolução do espírito, tenho voltado a este mundo por encarnações tentando manifestar o espírito de decisão, integridade e vontade que formam o caráter do homem. Tentando manifestar o respeito e o amor que sinto e compartilho por toda as coisas, por isto fui criticado, agredido, tomado por diversas vezes como tolo e ingênuo ao longo de encarnações. Sempre doía e me fazia sofrer.
Mas eu não desisti, eu nunca desisti.
Vertendo lagrimas em silêncio aguardava em Wakhán Thánka um dia ter tamanho suficiente para contribuir de alguma forma, por mais singela que fosse com o que pudesse contribuir para a cura desta insanidade que assola o mundo.
Eu não desisti, eu nunca desisti.
Vivi manadas de búfalos que podiam passar por três dias e três noites e não chegarem no fim. Vivi terras livres de cercas ou fronteiras onde montes, rios e riachos delimitavam naturalmente os campos das nações irmãs. Vivi o calor do corpo do potro, vivi a brisa matutina impregnada pelo perfume dos pinheiros, vivi a presença de árvores tão lindas e altas que despontavam no horizonte como um sinal que apontava para o céu… Eu vivi.
Também vivi os irmãos búfalos serem abatidos apenas por sua língua e desaparecerem das planícies, vivi a paisagem natural ser riscadas por fios falantes mantidos em postes. Vivi os entes humanos serem dizimados e já desesperançados se matarem.
Mas eu não desisti, eu nunca desisti.
Então o Astral Superior mostrou-me a encarnação presente. Voltei novamente, estou aqui, igual a você e a outros, mas insisto em continuar a manifestar o espírito de decisão, integridade e vontade que formam o caráter dos homens, insisto em continuar a manifestar o amor e o respeito que sinto por todas as coisas. Tive a oportunidade de fazer parte de grupos isolados, que oferecem um crescimento melhor aos que já estão preparados, mas me recusei em permanecer lá. Embora me oferecessem a oportunidade de chegar “lá”, eu chegaria sozinho ou no máximo com alguns poucos. Mas e a grande parte da humanidade ainda doente de amor e vazia continuariam assim largadas? Minha escolha foi outra. Escolhi chegar “lá” levando junto de mim uma multidão. Usar do conhecimento sagrado que aprendi por vidas para rapidamente deixar preparado os que estão perdidos e aos que ainda não se encontraram, para então juntos chegarmos “lá”.
Eu não desisti, eu nunca desisti.
Formei uma grande obra da Luz na Terra. Mais uma vez presenciei homens corrompidos pelo ter, desmedidos pela ganância e desejosos de poder, chegar a mim com mentiras e más intenções na ilusão de ganharem dinheiro fácil com as bençãos que tenho a oferecer após tantas batalhas travadas. Estes ao me tomarem por tolo, ingênuo e iludido, acabaram por traírem a si mesmos. Verti lágrimas silenciosas por estes contaminados do ter que aqui foram recebidos de braços abertos, mas que devido a ganância enxergaram a ayahuasca como um meio de ganhar um dinheiro fácil, pela ganância enxergaram o amor da irmandade apenas como uma oportunidade de aplicar seus golpes… Fracassaram e se afundaram ainda mais. Verti lágrimas silenciosas por presenciar pessoas que amava andarem por um tempo na senda da luz apenas para confirmar para si mesmo que desejava a ilusão da matéria grosseira.
Mas eu não desisti, eu jamais desisti.
Tentaram tocar em meus filhos quando menores, fui ameaçado de morte por diversas vezes, num assalto mataram a minha mulher… Mais uma vez entre lágrimas silenciosas busquei em Wakan Tanka manter minha fé e esperança.
Mas eu não desisti, eu jamais desisti.
Presenciei a podridão do sistema policial onde um delegado fez enorme pressão para que eu temesse e lhe pagasse propina, mas na luz da verdade o enfrentei, hoje ele é réu e responde processos crimes. Presenciei que o principal problema das drogas inclusive dentro do universo da sagrada ayahuasca se encontra na omissão de algumas linhas ayahuasqueiras antigas, do próprio CONAD e dentro do próprio governo, e por isto lamentosamente de fato eu verti lágrimas em silêncio.
Mas eu não desisti, eu jamais desisti.
Então na seqüência do trabalho intenso que vivia, o Astral Superior me mostrou o quanto eu cresci ao longo desta jornada. O tempo passou e hoje tenho tamanho. Jamais desistir do meu direito de amar, me fez crescer e ter o tamanho demonstrado pelas obras que já fiz nesta vida, pois todo homem tem o exato tamanho da obra que fez. Eu jamais abri mão do meu direito de amar, por isto que foi a mim passado o conhecimento completo do processo de 40 dias para o Viver de luz, e não para grupos isolados. Porque o astral superior sabe o que tenho no coração, sabem que podem confiar neste velho índio que tem voltado aqui por vidas sem jamais desistir de amar e que hoje, mesmo que num corpo de branco e tendo pelo no rosto, mesmo que estando já um pouco cansado e machucado após tantas batalhas travadas, me esforçarei ao máximo e além, para testificar o Viver de luz em verdade e glória espalhando-o em benefício único de toda a humanidade.
Eu não desisti, eu jamais abri mão do meu direito de amar.
Irei viver de luz…
Por todos os desligados, por todos os caídos, Por todos os suicidas; por todas as vítimas do ter que perderam a fé.
Irei viver de luz…
Por todo o sofrimento que ao longo de minhas encarnações presenciei a raça do ter causar aos filhos da terra; Por todas as raças indígenas que foram massacradas e despojadas de seu livre arbítrio, de sua cultura livre, de uma forma de vida sem culpa e sem medo, de seu direito de amar.
Irei viver de luz…
Pelos irmãos menores de quatro pernas, pelos irmãos menores alados, pelos irmãos menores que rastejam, pelos irmãos menores que nadam. Por todas as florestas devastadas, por todos os rios assassinados, por toda agressão a Pacha Mama.
Irei viver de luz…
Por todas as vítimas do sistema que confusas se venderam, que desnorteadas se perderam, que desesperançadas desistiram, que sem identidades se traíram, que vazias se frustraram e buscaram fuga na ilusão das drogas.
Irei viver de luz…
Por todos aqueles que recuaram ante a pressão e julgo do sistema em que foram criados e ainda vivem. Que arrancadas de seus centros foram tomadas pelo ódio, revolta e rancor.
Irei viver de luz…
Por todos que almejam a libertação plena de um sistema que só tira porque é tirano; que lhe obriga a uma vida sem sentido; que aponta futilidades como referência de valor humano; que põem grilhões em escravos que pensam ser livres.
Irei viver de luz…
Por todos os pais que tendo as mãos atadas não podem mais educar suas crias; que impotentes assistem os filhos se perderem; que aterrorizados desfazem o lar; por todos os pais que tiveram extirpada a oportunidade de contar belas histórias aos filhos.
Irei viver de luz…
Por todas as vítimas de uma educação fria que cria jovens, privados dos valores que surgem após o respeito; privados do senso de honra e integridade que viriam pelo exemplo de pais mais presentes; Jovens que tiveram extirpada a oportunidade de ouvir de seus pais as belas história que orientam e encaminham.
Irei viver de luz…
Por todos os desesperançados, desanimados, frustrados, infelizes e massacrados pela pestilência do ter que vigora e vitimiza este mundo há milhares de anos;
Irei viver de luz…
Por toda humanidade vítima das condições criadas para impedi-las de ouvir a paz e o silêncio do espírito sendo literalmente consumida e massacrada pelos vícios de um sistema escravo implantado para os retirarem do presente; Por todos os escravos que pensam que são livres e que como marionetes apenas respondem a puxões em cordéis.
Irei viver de luz…
Por todas as vítimas que mentem, que enganam, que corrompem, que traem, no incauto de obter um punhado de dinheiro simplesmente porque perderam seus valores divinos e desconhecem quem são.
Irei viver de luz…
Por todos os homens cegos pelo ter e contaminados pelo sistema que em suas fraquezas optaram pela negligência dos valores humanos e literalmente desconhecem os prazeres simples da vida.
Irei viver de luz…
Por todos os esforçados que mantêm o fogo divino, que conservam vívida esperança no peito, que vivendo o amor têm se doado, que tem se esforçado para a existência de um mundo bem melhor.
Por tudo isto é que irei para o viver de luz definitivamente.

Mensagem enviada em Dezembro de 2009.

Nesta mensagem eu como xamã cito ayahuasca, uma das ferramentas que tenho utilizado com extrema responsabilidade para melhorar seres humanos complicados, a superarem seus traumas, depressões e vícios. Contudo, não é necessário ingerir ayahuasca para poder Viver de Luz em Verdade. Ayahuasca não faz parte deste processo. Antes do Viver de Luz em Verdade já não precisava da ayahuasca para a consciência ampliada, agora que estou no processo há 150 dias, nem me recordo mais do sabor que tinha. Esta mensagem embora antiga e diretamente ligada às obras do Céu Nossa Senhora da Conceição, escrita em uma época bem anterior de estar Vivendo de Luz em Verdade, expõe diversos assuntos que esclarecem muito sobre:
– As escolhas que fez e o porquê de situações aparentemente desagradáveis que pode estar passando apesar do bem que vem fazendo à outros, e qual é a solução;
– Porque é imprescindível que a nova era aconteça em breve e principalmente: O que você faz aqui no mundo do relativo? Além de diversos outros assuntos sobre os princípios da CREAÇÃO.
Boa leitura queridos.

Então, logo que comecei, fui transportado ao universo da ayahuasca. Já o conheço faz tempo e costumo sempre ir La… É lindo! Não há tempo e nem espaço, não há palavras. Existe somente um som semelhante ao que faz a brisa ao passar pelos pinheiros. É o OM do universo, é a voz de DEUS. Este som vem e te preenche de todo conhecimento, vigor, êxtase, saúde e amor. Este som é e deixa de ser. Somente ELE pode isto.
E lá, ouvindo a Mãe Ayahuasca ela me mostrou claramente que conta conosco aqui na Terra para fazer a diferença com aquilo que já estamos fazendo faz algum tempo que é levar a toda humanidade a ayahuasca de forma séria e honesta, livre dos conceitos humanos, dogmas e tabus, fora do comércio com o sagrado, das máculas das drogas e dos exploradores do buscador espiritual.
Ela me disse:
– Filho, você conhece aqui, sempre vem quando quer. Mas quantos ainda não sabem que aqui existe? Quantos ainda na Terra desconhecem esta existência? Eles precisam chegar aqui também meu filho.
Aqui vocês queriam conhecer a luz que naturalmente emanam, mas como sendo deuses filhos fazem parte do corpo do DEUS PAI e por isto brilham todos intensamente. DEUS PAI atendendo a vontade de seus filhos permitiu que vocês pudessem conhecer a própria luz que emanam da maneira mais eficaz que há: Simplesmente sendo aquilo que vocês não são! Sendo assim criou-se o mundo relativo e vocês saindo do mundo do absoluto vieram experienciar o mundo da ilusão, o mundo do relativo. Portanto a função desta experiência magnífica que vocês vivem na Terra é simplesmente para relembrarem de quem são, ou seja, retornarem ao AMOR novamente. Nada há neste mundo para se aprender, mas somente para relembrar. Já sendo deus filho o que mais há que precisam aprender que relembrarem o que é amar? Por isto a experiência é a forma mais usada pelo DEUS PAI para que o deus filho relembre quem é. Cada deus filho é quem escolhe as experiências que desejava vivenciar. Mas da mesma forma com que escolheram passar por tal experiência, pode de imediato encerrá-la e escolher viver outra com menos provas, com mais saúde e abundância por exemplo. É você mesmo quem escolhe a experiência que vive! Mesmo que muitos ainda não concordem com esta verdade, acabaram por relembrarem dela.  Alguns se afundam de tal forma nas experiências que escolheram vivenciar, que chegam a pensar que estão abandonados, largados, desolados. Outros ainda chegam a tal intensidade que se tornam ateus. Se relembrarem de quem são é tudo que a humanidade tem a fazer. Por esta causa enviamos a OBRA para Terra e contamos com as realizações que fazem. Esta obra e todos os que fazem parte dela tem sido agradáveis aos olhos de DEUS… *Contamos com vocês, porque vocês mesmos escolheram viver a experiência de despertar a humanidade para relembrarem quem são*.
– MÃE, estou firme e vou trabalhar… eheheheh! Continuarei fazendo e ainda com mais intensidade que antes, com que a humanidade tenha acesso a sagrada ayahuasca e a ensiná-los a maneira divina de usá-la para que possam relembrar quem são.
– MÃE.
-Sim.
– Obrigado por me revigorar.
– EU SOU feliz por ver meus filhos felizes. Vocês são as coisinhas mais lindas que já fiz filho!
– MÃE…
– Sim.
– ihihihihihiiiii… Te amo viu!
– Também te amo filho.
Nada tenho de pessoal contra o Sebastião mota ou ao cefluris. Acha que não vejo que houve até algumas coisas positivas que eles fizeram, embora poucas? Eu vejo sim!
Quem anda pelo coração sempre enxerga, sempre perdoa e é livre porque se mantém longe dos pré-conceitos, dogmas e tabus. Se manter no coração é se manter no absoluto. As drogas e o comércio com o sagrado mantêm o ser preso na mente e no mundo do relativo. Embora não exista julgamento ou condenação, há conseqüências nas escolhas que fazemos. A isto se chama carma. Eu não julgo o Sebastião mota, nem o Alfredo Gregório, nem mesmo ao cefluris e a todos que seguem sua linha onde drogam a si e a outros, nem aos dependentes químicos que pensam que combater a insana disseminação das drogas e as destruições que causam se trata de uma neo inquisição, nem os xamãs de plásticos, nem aos pseudos feitores, nem aos desligados. Eu não julgo a ninguém. Simplesmente observo que suas referencias de medidas vem da mente e não do coração. Aqui no CNSC nós buscamos contribuir para a existência de “um mundo bem melhor” e nossas ações provam isto. A base de um mundo bem melhor *é a paz, o bem estar do irmão, a harmonia planetária*.
Portanto se uma atitude que tomar for condizente com a paz, o bem estar do irmão e a harmonia planetária, sabem que estamos no caminho certo. Mas drogar a si e a outros, usar o divino como uma desculpa que o leva ao vicio e à dependência química, querer se enriquecer vendendo ao irmão aquilo que é sagrado etc. *Acaso tais coisas estão dentro da referência de quem busca a paz, o bem estar do irmão e a harmonia planetária para a existência de um mundo bem melhor? Não!
Há uma diferença enorme entre julgar e avaliar. Quem julga condena ou aprova e isto não cabe a nós. Mas quem avalia o faz para enxergar, e ver é uma necessidade. Um dos maiores benefícios entregue a nós foi a capacidade de avaliar e a vontade. Abençoado o homem que faz o uso correto delas, pois não se submete aos que dizem ser verdadeiro aquilo ou isto, sem antes avaliar qual o seu fundamento.
*Ora, o que leva os homens à ilusão das drogas se não a fuga? O que leva os homens a tentar vender DEUS se não a insanidade?*
Tais coisas eu encontrei no cefluris e também noutros lugares. Mas eles dizem que estou lhes julgando enquanto na verdade apenas avalio as ações que fazem. Acaso isto já não é a dissimulação que praticam lá? Porque quem avalia com o coração enxerga se ali está uma verdade ou somente a sombra da mesma!
Se manter no coração exige a seriedade e honestidade espiritual de nossa bandeira e faz parte do que escolhemos  experienciar neste mundo do relativo, que é o despertar dos homens para que relembrem quem são.
Ayahuasca existe para isto!
Querido, já percebeu que este mundo lhe está ficando pouco interessante? O dia a dia da sociedade não condiz mais com a forma que deseja viver. As verdades que defendem as igrejas e as soluções que vem da política simplesmente você sabe que estão fora de seu padrão. Até os filmes na TV são poucos os que te agradam. Sabe por que isto? É porque todas estas coisas fogem da referência de quem busca a paz, o bem estar do irmão e a harmonia planetária para a existência de um mundo bem melhor. *Então o que esta insatisfação e inquietude que sente vem a provar?* Vem provar que você vem se mantendo cada vez mais no reino do absoluto que é o coração, o que o faz ficar muito insatisfeito com o reino do relativo que é a mente.

B – APÓS O INÍCIO DO VIVER DE LUZ EM VERDADE

“18 dias Vivendo de luz dentro da Verdade”.
Ficaria 24 h sem beber água? Ficaria dois dias?

(Mensagem ao grupo Luz do Astral na Internet.)

Boa Noooooiiiiiite…! Amada família, muita paz e muita luz em vossas mentes e corações. Saudades de todos queridos…
Hoje faz 18 dias que estou sem beber e sem comer. Hoje faz 18 dias que nem água ou qualquer forma de matéria líquida eu ingeri. Hoje faz 18 dias que nenhuma comida ou qualquer forma de matéria sólida eu ingeri. Hoje faz 18 dias que me alimento unicamente de prana e fóton. Cientificamente falando e ainda descartando o fato de não estar ingerindo nada sólido, só pela ausência da ingestão de água eu deveria estar morto a pelo menos 14 dias eheheheh, mas estou vivo querido, saudável e muito feliz. Irmãos e irmãs queridos, amigos buscadores espirituais, companheiros de jornadas e afins, de todo coração pretendo compartilhar com todos vocês a experiência que tenho vivido nestes 18 dias vivendo de luz. Antes, no entanto quero reafirmar que após a palestra de 04 e 05 de dezembro, quando estarei a 51 dias sem beber e comer qualquer forma de matéria, seja sólida ou líquida, pretendo sim bater de frente com o ceticismo da ciência, a incredulidade dos que estão perdidos, a descrença dos que ainda não se encontraram. Pois isto fazendo, sem dogmas, sem tabus, sem misticismos de botequim, estando 100% dentro da verdade, da seriedade e honestidade com que anda os filhos da luz, sem nada ter a esconder ou temer, me expondo de peito aberto e aceitando de bom grado os testes científicos para a constatação e comprovação por parte da ciência séria, poderei testificar em verdade adiante de toda a humanidade que todo homem sem qualquer exceção é mais divino do que imaginava e que o “Viver de Luz Dentro da Verdade” agora é uma realidade. E assim queridos, o clamor deste “espírito Lakota já envelhecido e calejado ao longo de encarnações” e que hoje habita o corpo de um branco, finalmente será ouvido. Após tantas vidas testemunhando a insanidade do Ter maltratando a mãe terra e subjugando os filhos do Ser, após tantas lágrimas que derramei em silêncio por me sentir impotente adiante da cegueira e ganância da raça branca, finalmente serei ouvido, finalmente. Ahhhhh… Como o vento que sopra forte às quatro direções sagradas, poderei enviar minha mensagem à humanidade, e direi:
Larguem as pedras, podem largar! Não há o que temer. Vejam, nada tenho de especial ou diferente de vocês e, no entanto “em verdade” eu consegui. Então você também pode querido, você consegue. Preste bem atenção, há apenas dois sentimentos, o do medo e que é proveniente do relativo, do racional. E o do amor, que é proveniente do absoluto, do intuitivo. Vocês têm vivido no sentimento do medo, e nele quem se manifesta não é você, mas sim o ego, o relativo, o ilusório… Por isto sofrem! Mas não precisa ser assim irmãos, você pode mudar. Há um mundo bem melhor para os que decidiram viver no sentimento do amor! Pois nele quem se manifesta é você, um ser de natureza divina e absoluto. Ninguém é mais santo que ninguém, todos somos santos iguais. Eu consegui você também consegue querido. Coragem tome logo a decisão, podem largar as pedras! :
Por isto precisarei desafiar a ciência atual dos homens, para que possam ver, constatar seguindo seus próprios padrões. Uma vez exposta a verdade (ver+dado), a confirmação de que ainda que não consigam explicar como, há alguém que totalmente saudável e ativo, está vivendo sem água e sem alimento material há um período que extrapola toda a compreensão medica cientifica atual. Então terei crédito adiante da humanidade para que ouçam a mensagem de um velho xamã. O movimento do viver de luz precisa começar, nós vamos começar! O manifesto dos filhos da luz precisa ser visto e ouvido, nós vamos manifestar, sermos vistos e ouvidos! Por isto vou desafiar a ciência, serei gentil ao fazê-lo, mas farei. Afirmarei publicamente que me alimento unicamente de fóton e prana, que vivo sem beber e comer qualquer forma de matéria seja sólido ou líquido, e ainda oferecerei uma quantia monetária considerável para qualquer equipe médica e científica desde que séria e de peso, que após me acompanhar e vigiar 24h por dia, por 20 dias consecutivos, possa provar que bebi ou comi qualquer forma de matéria liquida ou sólida. É falar a verdade ao mundo e testificar a verdade aos olhos da humanidade. Assim devolve-se a esperança ao cético, um norte aos que estão perdidos e a fé aos ainda não se encontraram… E um mundo bem melhor começa a se concretizar.

Outra Visão
18 dias vivendo apenas de prana e fóton.

Estava jovem, com uns 20 anos, e caminhava com outro jovem, um budista. Caminhávamos juntos para uma reunião de monges que aconteceria dentro de uma floresta. Enquanto caminhávamos, ele falava sobre a cabala, sobre o número 09. Que somado o dia e o mês de seu nascimento resultava em nove. Foi quando me dei conta que somado o dia e o mês do meu nascimento resultava em dez.
Então disse ao jovem:
– Até a hora em que se nasce revela coisas marcantes. O jovem indagou:
– Até a hora do nascimento revela coisas?
Eu disse:
– Claro, somente a espiritualidade mascarada é que nega isto.
O jovem perguntou um pouco exaltado:
– Mas qual espiritualidade mascarada é esta?
Respondi:
– A espiritualidade do ocidente.
Esta cena passou e então me vi caminhando sozinho e chegando num portão onde havia diversos monges budistas porteiros que vestiam camisas brancas e vestidos cor de rubi. Cheguei a tempo e entrei. Em pouco, o portão já estava se fechando quando uma nova cena se mostrou. Era o jovem que ainda a pouco caminhávamos juntos que vinha chegando, mas estava na posição de lótus, vestia uma camisa branca e um vestido rubi e vinha carregado nos braços de dois outros homens. O portão já havia se fechado, ele chegara tarde e não poderia entrar. Então os monges porteiros parlamentando entre si e sem me consultar disseram:
– Se um sair ele poderá entrar. Vamos abrir o portão para este aqui dentro sair e assim o monge do lado de fora poderá entrar.
Fiquei indignado. Como podem tomar uma decisão que envolve a minha pessoa sem se quer me consultar? Afinal de contas eu cheguei primeiro e a tempo. De forma taxativa e ríspida, olhando firme para os monges porteiros, disse forte:
– Isto só vai acontecer se eu concordar com tal coisa.
Neste momento a visão terminou e retornei, estava de volta. Mas sentindo uma presença na minha frente abri os olhos e ali, bem na minha frente esta um lama. Assim como os monges budistas porteiros, também usava camisa branca e seu vestido era cor de rubi, mas se tratava de um lama e não de um dos monges. O cheiro de lótus impregnou toda a sala. Então este lama retirando uma capa ornamentada por símbolos tibetanos que lhe cobria as costas, a estendeu na minha frente e me olhando nos olhos, disse:
– Quando caminhar sobre minha capa, compreenderá.
Passaram-se três dias e eheheh… Compreendi… Eu compreendi querida família! Estou deixando o Lama entrar eheheheh.
Queridos, todos os que quiserem viver de luz de fato, em verdade mesmo, sem as meias verdades ou meias mentiras, pois ambas são a mesma coisa, sem a máscara ilusória das verdades efêmeras como “vivo de luz mas como comidas e bebo líquido só por opção”, enfim, todos aqueles sem exceção que almejam viver de luz, precisarão também deixar o Lama entrar. DEUS abençoe ao Tibet. e aos Lamas, que no topo do mundo e em retidão, por séculos vivem e testificam o compêndio da nova era.
A verdade é que eu, você e toda humanidade sem exceção de nenhum homem, já é uma luz que jamais se extingue, apenas se esqueceram disto. A unidade com o todo consiste apenas em relembrar quem você é e o viver de luz resulta nisto querido. Ouvir a voz interior é ouvir a própria luz. Assim fazendo jamais se perde o foco ou se desvia de sua rota, pois está sendo norteado pela luz… Luz do amor, luz da sabedoria, luz da vida. O viver de luz permite o contato com a luz interior. Então esta luz interna passa a lhe conduzir porque agora você pode ouvi-la mais conscientemente, pois o “Viver de Luz Dentro da Verdade” lhe fez mais consciente. A voz da luz interior é uma bússola divina que nos conduz ao amor, a sabedoria e a própria vida. Porque quando em amor não há mais espaço para o ódio; quando em sabedoria não há mais espaço para o relativo e quando em vida divina não há mais espaço para o cansaço, a doença e nem mesmo a morte.
Quando se está “Vivendo de Luz Dentro da Verdade” sem as meias verdades, vai se tornando aquilo que é de fato: a essência, o amor. Então vivendo este amor original em níveis cada vez mais elevados, vão desaparecendo os obstáculos entre você e os demais. Vai se desfazendo de sua mente os pensamentos de competição, e sentimentos de ira e raiva renascem na forma de perdão tão intensamente que você bem diz até mesmo os que lhe desejam ferir.
Quando se está “Vivendo de Luz Dentro da Verdade”, sem as meias verdades, mantém de forma contínua a mente aberta para a voz da luz interior do amor e o amor então começa a ser o seu significado de vida. Mantém a mente aberta para voz da luz interior da sabedoria e assim adentra a compreensão de verdades absolutas como a de que todo homem sem qualquer exceção é um ser espiritual, e por conseqüência desta compreensão seus desejos pelas coisas materiais vão desaparecendo, os pensamentos mundanos vão se desvanecendo, toda sua forma de ser se alicerça firmemente no sentimento do amor à toda humanidade o que por conseqüência lhe purifica. Mantém a mente aberta para a voz da luz interior para a unidade com DEUS e por conseqüência aos poucos vai migrando do trabalho da alma que despertar a si mesmo, para o trabalho de DEUS que é despertar toda a humanidade. Portanto querido, quando se está “Vivendo de Luz Dentro da Verdade”, sem as meias verdades, você se torna uma mente aberta para a voz da luz interior que lhe conduz ao amor, a sabedoria e a existência divina, o que faz de você um ser saudável, cheio de energia e rico em vigor, pronto para o trabalho de auxiliar a humanidade a despertar também, relembrando. E quanto mais você brilhar a luz da voz interior espalhando amor, sabedoria e existência divina entre os homens, mais ela se faz em você. Por isto ficamos estimulados a espalhar sem reservas à humanidade o amor, a sabedoria e existência divina. O homem é um ser espiritual que se utiliza do ego, uma ferramenta pensante totalmente tridimensional que lhe permite experienciar o mundo da ilusão, o mundo da matéria grosseira. O ego é capaz de entender, mas somente o espírito pode compreender. Então uma vez compreendido que você é o que sente, que é o espírito e não aquilo que pensa que é o ego, percebe-se claramente que todos somos um e portanto o que fizer ao outro fez a si mesmo. Por isto quando está “Vivendo de Luz Dentro da Verdade” torna-se capaz de viver fielmente os princípios da CRIAÇÃO deixando de lado a discriminação e pré-conceitos, pois são frutos do ego, mas se mantendo firme, embora gentil, no combate à hipocrisia que é a doença causada à humanidade pela contaminação do sistema do ter. E isto me faz mais forte e decidido no combate ao uso de drogas nos rituais com ayahuasca e ao comércio com o sagrado.
Quanto mais tempo estiver “Vivendo de Luz Dentro da Verdade”, mais intensamente vive em grande bem estar, grande amor, grande sabedoria, grande existência divina, porque a voz da luz interior te fez despertar para a verdade de que é um ser espiritual que possui um corpo e não o contrário. Que você e o todo são um e vice-verso. Portanto torna-se suprido e abastecido pela luz de DEUS o que lhe faz capaz de estender estes benefícios à humanidade carente, então você passa a viver o amor incondicional em sua plenitude.
Viver de luz de verdade, é apenas uma questão de escolha, mas consiste em abrir mão de toda forma de apego, inclusive o maior deles que é o sabor, que é o comer e beber. Compreende isto querido? Porque é a compreensão que conduz a maestria. Veja, o homem é um ser criador. Independente de você aceitar isto ou não, esta é a verdade a seu respeito. A cada pensamento você está criando a realidade em que vive. Então o segredo é ter foco, é ser firme, é ser constante. É pensar sempre o mesmo pensamento até que ele se materialize querido, simples assim! É só uma questão de persistência. A persistência é o preço que sempre nos é cobrado. A compreensão da prática persistente leva a maestria a mim, a você, a todos nós. Será rápido para uns e menos rápido para outros, mas por razões puramente do apego pessoal que ainda mantiver. Ao ir praticando sabe que está se tornando um mestre ao perceber que o espaço entre o pensamento que teve e a materialização concretizada, está cada vez menor. O universo todo é um grande espelho cósmico que simplesmente recebe seus pensamentos e o reflete materializado. Seus pensamentos determinam ao universo o que você quer e o universo o reflete de volta como realidade, então você está criando a cada instante querido! Agora eu lhe pergunto: Quem é você? Quem em você tem te levado a tomar as decisões de como se comportar, o racional ou o intuitivo? Para saber isto querido, faço outra pergunta: Tem criado as situações que deseja ou tem reagido as situações que te apresentam? Porque mediante a um fato você pode agir de acordo com o resultado de experiências que viveu ou presenciou outro viver, ou pode simplesmente criar uma nova realidade vivendo o que a inteligência intuitiva lhe mostra. É tudo apenas uma questão da escolha que fizer.
Qualquer forma de reação é uma manifestação apenas da mente. Ficar escolhendo o que lhe parece melhor é ficar dentro do racional. Não que isto seja certo ou errado, pois não há certo ou errado, existe apenas o que funciona e o que funciona de menos. Se você escolher seguir a inteligência intuitiva, o caminho é o do sentir. Ficar pensando o que pode ser melhor para você, como lucrar mais, perder menos, é estar na mente racional. Pois pela mente intuitiva as decisões são imediatas porque você simplesmente sabe. A alma cria a realidade que deseja, é a mente racional quem reage a situações vividas! Porque a mente intuitiva sabe que você e o universo são um. Esta verdade por si só, é razão de sobra para que em momentos de decisões se mantenha 100% dentro da mente intuitiva, porque o fato é que a mente racional não pode conceber a perfeição, mas o que vem pela mente intuitiva são as escolhas certas, decisões rápidas e um caminho de certezas.
Estando “Vivendo de Luz Dentro da Verdade” sem as meias verdades, passa a ouvir cada vez mais intensamente a voz da luz interior e começa a manifestar cada vez mais a luz do amor, a luz da sabedoria e a luz da existência divina. Então percebe que você é um mensageiro da luz de DEUS. Na luz da sabedoria compreende a mensagem ouvida, na luz do amor passa a testificar esta mensagem através do próprio exemplo ficando fora do faça o que digo e não faça o que eu faço, e por fim, na luz da existência divina vai influenciando a todos pelo próprio exemplo que dá. Querido irmão, até hoje 99% da humanidade ainda não se encontrou e por isto continua na busca pelo sagrado, na busca de um íntimo contato com a luz maior. Talvez seja este o seu caso querido. Isto leva as pessoas a irem atrás da ayahuasca, igrejas e rezas, meditações, autoflagelos, religiões e seus livros santos e até acreditar que se drogar é santificado. Até que num dado momento ela após tanto caminhar começa a ser tornar um ser universalista e a isto se denomina de “xamanismo”, não importando a linha espiritual que vem seguindo, como o budismo, o taoísmo, espiritismo, o judaísmo, o catolicismo, o Kardecismo e demais ismos tanto das linhas do oriente como as do ocidente. Quando atingir a compreensão suficiente para se tornar um ser universalista “vai estar no xamanismo” Então começa a viver o colinho da Mãe Divina que te embala nos braços brincando contigo e que te faz novamente uma criança nos braços de DEUS. ELA brinca contigo, gut gut gut fazendo cosquinha na barriguinha e nós exalamos um sorriso puro como a criança que somos. Assim a Mãe Divina cuida de nós, nos cura e nos fortalece. E assim, estando restabelecido, curado e forte, começamos a buscar o próximo degrau na escada divina do relembrar, porque é de nossa natureza sempre buscarmos experiências mais ricas e é aí onde você se depara com o “Viver de Luz Dentro da Verdade”, sem as meias verdades.
Neste ponto é importante ressaltar que hoje na atualidade a maior parte dos que buscaram pelo viver de luz o fizeram por escolha da mente racional e não pela escolha da mente intuitiva. Então vieram em ilusão e desconhecem a experiência maravilhosa descrita acima. Por isto não vivem de luz de fato e dizendo estarem vivendo de luz se alimentam de matéria comendo sólidos e bebendo líquido. Vieram por fuga, por decepções, por medo, por comodismo, por covardia, por modismo hippie, pela onda oba oba do momento, e alguns mais infelizmente ainda, para explorar comercialmente a sede do buscador espiritual pelo sagrado. Estas pessoas desconhecem o fato de que é mais custoso representar do que Ser. Afirmam que buscam o significado da vida, mas desprezam até a pouca compreensão que têm. Afirmam que sabem o caminho para ser Um com o Todo, mas não o praticam o que apregoam. Estas pessoas vivem na mente racional, num turbilhão de pensamentos, possuem a mente como um galinheiro. Precisam silenciar a mente racional para poder ouvir a voz da luz interior. Ela é a voz suave e quentinha, fiel e solícita, que aponta o caminho a ser seguido, o que deve dizer, o que discursar, que atitude tomar e como se comportar se almeja ser Um com o Todo. DEUS está sempre conosco querido! O importante é manter-se conectado. Viver uma mentira para si e para os outros apenas o desconecta. Seja lá o que faz para se manter conectado, independente do que seja desde que esteja dentro do bom senso e fora da ilusão meu filho, faça, mas faça mesmo, todos os dias, a cada minuto se for preciso querido. Use o japa mala, caminhe nas matas, use plantas de poder, cante Hare Krishina, use um turbante, assente embaixo de uma pirâmide, entre em alfa, abrace uma árvore, reze o rosário, pratique meditação, toque tambor, fique na posição de lótus, chacoalhe o maracá, entoe mantras, cante hinos de louvores, dance. Faça o que for preciso desde que seu coração aprove. Dou-lhe certeza que buscar a fuga pelo uso de drogas como maconha, álcool e outras são algo que seu coração recusa porque lhe prende na esfera do relativo, do ego, da ilusão. Cada pessoa tem uma forma de compreender DEUS, cada um do seu próprio modo, de fato não existe o ateu. Para uns DEUS é o mais puro amor, para outros DEUS é a verdade máxima, para outros ainda DEUS é o jardim e o jardineiro ao mesmo tempo. Meu filho, seja lá o que funcione para você restabelecer a conexão com DEUS desde que seu coração aprove, faça!
De forma alguma desejo magoar ou ferir alguém com a verdade que estou claramente aqui mostrando, mas assim como o projeto “Daime para todos”, também o “Viver de luz” precisa acontecer na humanidade dentro da verdade. Ambos são degraus de uma mesma escada divina, onde primeiro vive-se a expansão da consciência e em seguida passa para o degrau de cima que é o “Viver de luz dentro da verdade”.
Por isto as terras de Xangrilá e a Usina de ayahuasca.
A mente intuitiva sempre vai lhe tirar da vaidade, do comodismo. Porque sempre há um novo desafio para superar, um medo para vencer, um novo horizonte a si caminhar, um novo degrau para se subir, uma novo princípio a dominar, uma visão maior a conquistar. A mente intuitiva sabe que através do exemplo testificado, verdadeiro, você pode ajudar a criar uma realidade mais consciente e luminosa no planeta.
DEUS não joga dado meu filho. O simples fato de você buscador sincero estar lendo esta mensagem neste momento ou ter assistido aos vídeos que gravei, mostra que vem buscando um contato com DEUS faz tempo e é ELE que ouvindo o seu clamor te pôs em contato com tudo isto querido. Foi o seu esforço buscador sincero que fez com que este momento acontecesse. Todos nós somos causadores dos eventos em nossas vidas e co-criadores com o único CRIADOR de todas as circunstâncias que conduzem a estes eventos.
Quando no “Viver de luz dentro da Verdade”, sem meias verdades, percebe claramente que os sentimentos é a voz de DEUS e que ELE fala contigo todo o tempo. Então compreende de fato que você é o que sente e não o que pensa.
Pensamentos são apenas os devaneios da mente racional. A mente racional tem sua utilidade sim, mas apenas para os assuntos do mundo da matéria, do mundo da ilusão, do universo do relativo. Em nada lhe serve para assuntos espirituais. Os sentimentos são a linguagem da alma e esta sempre expressa a verdade.
Hoje em dia, graças ao sistema do Ter implantado pelo governo oculto e que ainda governa o planeta as pessoas escondem o que sentem, escondem a sua verdade por temer ser recriminada, criticada, caluniada, difamada e até massacrada, por uma sociedade presa na ganância e cegueira do ter. Mas é aí onde entra a coragem demonstrada pelos filhos da luz como o Mestre Jesus e tantos outros. A coragem de transmitir corretamente a mensagem mesmo que ela não seja bem aceita pelas massas.
Procuremos fazer isto de forma gentil e amorosa, mas vamos sim expor a nossa verdade completamente. Coragem irmão! É a coragem o catalisador entre o plano da matéria e o plano espiritual. A mente intuitiva te conduz para a luz do amor. É o amor quem te dá coragem de mostrar a sua verdade. O amor lhe é natural porque já é sua natureza. Quando age motivado pela fúria, pelo rancor, pela inveja, pelo ressentimento, por complexo de superioridade ou inferioridade, agiu pela mente racional, portanto nada tem de natural.
Ah queridos irmãos, estou magrinho, mas muito feliz e saudável eheheh e têm só 18 dias que não bebo água ou qualquer forma de líquido, tem só 18 dias que não como comida ou qualquer forma de matéria e já estou vivendo experiências fantásticas. Queridos, eheheheh 18 dias sem beber e comer e não morri ehehehe, “quero ver a ciência de o ocidente poder explicar isto” já que em alguns meses vou mesmo tornar público que me alimento apenas de fóton e prana e ainda estarei aberto aos testes para constatação cientifica para que não fique nenhuma dúvida de que o “Viver de luz dentro da Verdade” já é uma realidade.
Obs.: Estou muito feliz por ter seguido primeiro este caminho, por estar conhecendo bem esta trilha. Porque agora vocês poderão seguir também por este caminho com total clareza, de uma forma segura e mais branda, tendo a certeza de chegar ao destino que deseja sem ter que passar pelas coisas que passei até chegar!
Quando pedir, DEUS concederá.
A compreensão disto é o que nos faz divino.
Eu consegui então você consegue também.

Outra visão (28 de Janeiro de 2011).
107 dias sem beber ou comer.

Hoje, sábado 28 de Janeiro de 2011. Faz exatamente 107 dias que me alimento exclusivamente de fóton que absorvo pelos olhos e o prana que absorvo pela respiração.
Estou aqui na fazenda. Logo de manhãzinha após um farto café da manhã de muito “fóton e prana”, descendo para as atividades do dia, um bando de gralhas azuis sobrevoando me acompanhou até a porteira. Dali um beija flor do peito vermelho escarlate sobrevoando seguiu-me até o pátio da fazenda. Próximo à entrada da igreja grande fui recebido por uma chuva de folhas que vinham das árvores, o sol ficou mais dourado e toda floresta ficou verde vivo. Este é o sol conhecido como sol das almas. Eram os sinais conversando com um velho, era PAPAI DO CÉU dando um olá. Sorrindo observei todos os fiscais cumprindo bem suas funções, cada um deles conscientes do seu comprometimento com a luz. Muito feliz iniciei as atividades do penúltimo dia do curso de formação de novos padrinhos e madrinhas. Uma boa turma devo acrescentar. Fizeram a faxina de todas as manhãs e em seguida homens e mulheres, unidos, colaboraram para lavarem panelas, trazerem para dentro da igreja grande um bom fogão industrial, facas, temperos, conchas, colheres de pau e caixas de mandioca. Descascaram e lavaram toda mandioca. Então houve uma boa palestra muito clara, objetiva e após, outro beija flor, desta vez verde e dourado, entrou voando dentro da igreja junto de uma borboleta marrom com grandes olhos desenhados nas asas ao mesmo tempo em que um nambu cantou… Mais sinais conversando com um velho. Todos comungaram ayahuasca e assentaram. Realizavam seu trabalho espiritual enquanto a mandioca cozinhava. Em 30 minutos o cheiro da mandioca já aquecida tomava conta do ambiente. Ao meio dia, acompanhado de um suco gelado mesclado de maça, laranja e couve, todos beberam, comeram, se fartaram. Com os olhos brilhantes estavam agradecidos e reconheciam de fato o grande valor das bênçãos da mãe da terra. Depois uns deitaram, outros assentaram e outros ainda ficaram bailando, mas em comum todos tinham a felicidade plena. O dia seguiu lindo e de vez em quando dava uma boa cachimbada. Á noite outra palestra com mais ensinamentos e após exercício das pedrinhas. Durante o dia, o que experienciaram no ritual levarão com eles para o resto de seus dias. Então com o sentimento de missão cumprida, subi para minha casinha na colina no meio dos pinheiros. Na sala amarela de minha casa, após orar em agradecimento, já em teta, entrei em profundo estado de meditação e em pouco as mirações começaram.

O que vi e experienciei.
Vi duas grandes escadas luminosas, ambas compridas e majestosas que subiam retas sentido ao céu. Era visível o inicio e o fim da primeira escada, mas da segunda apenas o começo dela e um pouco a mais podia ver, pois dali pra cima havia um sol que limitava minha visão. No início da primeira escada estava o planeta Terra e se fazia visível as quatro raças da humanidade: A branca, a negra, a amarela e a vermelha. Então vi cidades dos diversos países do planeta e que uma grande e mortífera tempestade com nuvens cinza escura e vermelha fogo, formadas por fuligens radiativas e tóxicas derramavam águas ácidas. Algumas cidades de alguns países já haviam sido atingidas e desapareceram. Contudo a humanidade restante das quatro raças ainda na Terra, cada um pensando em si mesmos se ocupavam, uns em ajuntar bens materiais e dinheiro. Outros armados se ocupavam em vingança. Outros viciados no álcool e nas drogas se ocupavam em buscar por mais álcool e drogas. Outros em adquirirem títulos e fama. Outros se ocupavam em adquirir roupas de etiquetas famosas e carrões. Outros se ocupavam com a aparência e cirurgias de aparência. Outros ainda, com a bíblia nas mãos se ocupavam em pregações de um DEUS poderoso que traria a salvação aos que crerem em sua igreja e os livrariam da fúria de satanás. Eram aqueles das quatro raças ainda presos na ilusão de maia, e aferrados no ‘ter’ se recusavam a ver e ouvir aquilo que é tão óbvio.
E ainda observando vi que ao fim da primeira escada havia um patamar e em seguida começava os degraus da segunda escada. Eu estava no primeiro degrau da segunda escada e sentia que arrastava um grande peso escada acima. Em minha cintura havia uma larga e grossa cinta prateada brilhante. Foi quando percebi nos degraus uma comprida corda branca luminescente que seguia sobre a segunda escada até onde me permitiam ver. Então me dei conta de que da parte de trás da cinta prateada brilhante de minha cintura saia uma grande corda prateada luminescente que descia sobre toda a primeira escada até seu primeiro degrau. Acima do meio da primeira escada, vi que havia uma multidão que segurando na corda prateada luminescente que saída da cinta de minha cintura, se esforçando encontravam forças para subir degrau após degrau. Embora o esforço que faziam estavam todos felizes. Então me voltei para a segunda escada e os degraus acima de onde estava. Peguei com as mãos a corda branca brilhante que seguia degraus acima e o intenso peso que arrastava aliviou-se. Segurando a corda branca brilhante e esforçando-me, subi para o segundo degrau.
Então retornei da visão, estava novamente na sala amarela de minha casinha na colina e mantendo-me com os olhos fechados podia ouvir o vento que brincava com os pinheiros. E enquanto ouvia a mensagem que passava o vento e os pinheiros, uma luz linda e forte desceu e pousou dentro da salinha onde estava. O cheiro da flor de lótus impregnou todo o ambiente e mesmo com olhos fechados pude ver nitidamente que o amarelo das paredes de minha salinha ficou amarelo brilhante. Reconheci aquele perfume, já o senti diversas vezes desde que comecei a viver de luz. Reconheci aquela luz intensa, já a percebi diversas vezes desde que comecei a viver de luz. É o lama que me acompanha. Sorrindo abri meus olhos e vi a luz tomar forma. Ali estava ele novamente, vestindo camisa branquinha e uma túnica vermelha, sereno e com olhos compassivos mantinha em suas costas um manto adornado por símbolos tibetanos. Sorri e lhe disse:
– Bom vê-lo novamente. Ele sorrindo acenou a cabeça em afirmação. Então olhou para o alto e eu também olhei. Outra luz desceu e pousou à direita do Lama. E o cheiro acre da terra impregnou a salinha. A luz tomou forma e ali estava ele: Um velho africano esguio de cabelos e barba esbranquiçados. Eu não me lembrava, mas o forte cheiro acre da terra presente me trouxe recordações, seu nome é Zami. Lembro-me dele ainda ontem, numa fração do tempo lá atrás, o homem santo da Etiópia quando esta ainda era rica, próspera e enviava ouro e pedras preciosas para diversos reinos do mundo. Ali estava ele, ainda como estava lá atrás ainda ontem. Vestindo um simples vestido branco de pano com um cinzel de juncos envolvendo a cintura, calçando sandálias de tiras de pano e madeira e usando o mesmo colar de miçangas vermelhas. Sorrindo mas tentando me segurar de tanta emoção, meio ofegante disse:
– Bem vindo Zami. Que bom sua presença novamente! Ele sorrindo acenou a cabeça em afirmação. Então o Lama e Zami olharam para o alto e eu também olhei. Vi outra luz descer e pousar a esquerda do Lama. E um cheiro de terra molhada e relvas úmidas impregnaram a salinha. Este perfume não me trouxe recordações, este eu não conhecia. A luz tomou forma e ali estava ele: Era do povo amarelo, um chinês vistoso e de olhar sereno, mas firme. Tinha longo cabelo liso grisalho que escorria até a metade das costas, trajava um vestido de seda verde esmeralda ornamentado com símbolos dourados da china antiga, usava meias brancas e tamancos de madeira. Me olhando diretamente nos olhos educadamente me reverenciou abaixando a cabeça. Depois apontou para a parede em minha frente e atrás deles, e uma imagem magnífica de um grande vale verde de terras férteis com muita água, circundado por exuberantes montanhas pontiagudas em suas bordas e até algumas em seu centro. E na minha mente ele disse:
– Fica ao sul da china. Foi aqui que estive pela ultima vez, no mesmo tempo que Zami na Etiópia. Sou Wang Li Shoug.
Então, desta vez mais surpreso que emocionado respondi:
– Seja vem vindo em minha casa Wang Li Shoug.
Ele sorrindo acenou a cabeça em afirmação. Então os três olharam para o alto e também olhei. Mais outra luz desceu e pousou ao lado direito de Zami. Um delicioso perfume de pinheiros mesclado com o ardor de grandes manadas, que há muito tempo não sentia, tomou conta da sala. Este cheiro eu conheço bem, este perfume me é lúcido. A luz tomou forma e ali estava ele: Um homem santo pele vermelha, simples, mas magnífico. O espírito de decisão e coragem, a força de vontade e a determinação, eram visíveis em seus olhos. Magro, nariz fino, estatura mediana, cabelos longos e grisalhos. Trazia consigo os traços dos velhos guerreiros. Trajava roupas feitas de fibra vegetal similar ao algodão e calçava mocassins de pano e madeira. Um cordel em sua cintura e nele preso ficava uma flauta. A este dispenso apresentação. Mesmo antes do perfume dos pinheiros e o ardor de grandes manadas impregnarem o ambiente, senti viva a energia de onde venho. Olhei firme em seus olhos e este com firmeza olhou-me de volta, acenou a cabeça em saudação e disse em minha mente:
– Oasin Tatanka, meu filho.
Com expressão séria, mas imensamente feliz em revê-lo e honrado por sua presença, olhando diretamente nos olhos do meu pai de antes de agora, respondi:
– Pai, saudades meu pai. Eu despertei mais uma vez. Estou cumprindo o propósito da missão assumida. Tenho sido esforçado, decidido e não desisti em momento algum pai. Tenho espalhado o bom caminho vermelho a todos os povos como me comprometi antes de descer a Terra.
Então meu pai de antes de agora com visível expressão de orgulho de pai, sorriu e acenou a cabeça em afirmação. Observei que o respeito pela vida e por todos os viveres era intrínseco em todos os quatro. A roupagem de todos os quatro homens santos vinha unicamente de matéria prima vegetal ou de coisas onde nenhum animal precisou morrer por isto. Nem dentes, nem ossos, nem chifres, nem couro, tendões ou penas haviam neles. Pensei em lhes oferecer um cachimbo limpo e aceso, mas antes mesmo de lhes oferecer, todos os quatro me olhando nos olhos, sorriram juntos e acenaram a cabeça ao mesmo tempo dizendo que não. Foi então que uma grande luz se formou no alto, no céu da fazenda. Aquela magnífica, majestosa e excelsa luz era o Mestre Jesus. Eu reconheceria esta luz até nos confins do mundo! A grande Luz permanecendo como grande Luz falou a nós:
– Abram suas vestis e descubram o peito. O Lama, Zami, Wang Li Shoug e meu pai de antes, descobriram o tórax e então pude ver nitidamente uma forte luz que irradiava do coração de todos eles. Abrindo minha camisa despi meu tórax e vi que a mesma luz se irradiava do meu coração. O Mestre Jesus me disse:
– Vê Gideon, é a minha luz brilhando no coração de vocês e de tantos outros ainda. É o amor do PAI manifesto no coração daqueles de todas as raças que quiseram ver e ouvir.
Então me lembrei da Terra no final da primeira escada e uma tristeza forte tomou meu coração e chorei, porque me lembrei das coisas que batem às portas da Terra e as conseqüências das escolhas feitas por aqueles que se recusaram ver e ouvir, que virá daqui a pouco, ainda amanhã. E soluçando tentei perguntar ao Mestre, mas soluçava demais, as lágrimas que escorriam de meus olhos afogaram as palavras de minha boca. Eu não conseguia falar. O Lama, Zami, Wang Li Shoug e meu pai de ontem segurando meus braços me levantaram. Contive as lágrimas, voltei ao meu centro, me firmei e fiquei em pé entre eles. Nós cinco olhamos para a grande luz no céu da fazenda, e o Mestre disse:

– É a escolha que fizeram Gideon. Precisamos respeitar as escolhas destes tanto quanto daqueles que vendo e ouvindo escolheram subir as escadas.
Então como num passe de mágica retornei novamente à segunda escada, no segundo degrau onde subi a pouco segurando com as mãos a corda branca brilhante, mas desta vez pude ver além da grande luz que antes limitava minha visão até o meio da segunda escada, e vi que a corda branca saia de cintas largas e fortes das cinturas do Lama, Zami, Wang Li Shoug, meu pai de ontem e ainda de cintas largas de muitos outros das quatro raças que também se esforçam pelo encaminhamento de todos aqueles das quatro raças que escolheram subir as escadas. Ao segurar a corda branca luminescente eles dividiram comigo o grande peso que arrastava, tornando-o suportável. Assim também sucessivamente com a grande multidão formada pelas quatro raças que estava no meio da primeira escada.
Depois, uma felicidade tomou conta do meu coração e sorri novamente, porque percebi que embora pequenininho e de bem menos idade, estou no meio daqueles maiores, mais velhos e mais fortes que eu. Embora ainda jovem perante a estes, estou firmemente decidido a não me deixar abater.
Um sentimento de missão quase cumprida tomou conta de minha mente e feliz e em paz, retornei.
Amados, nós não estamos sós, só não desista de subir o próximo degrau. Juntos, auxiliados por cordas presas nas cinturas de irmãos mais velhos, irão sim cruzar a linha de chegada. Depois descansamos queridos!
Estamos na reta final e a arrebentação forte das ondas é a anunciação de que a terra firme está logo adiante. Em alto mar não há arrebentação, é somente na praia que as ondas arrebentam. Então desistir agora é burrice meu filho! Uma nova era nos aguarda… Logo ali.

Xamã Gideon dos Lakotas.

Obs.: Quem sabe da próxima eles aceitam o cachimbo.

SEGUNDA PARTE – Clareza, Objetividade E Sabedoria – 150 Dias Vivendo De Luz Em Verdade

Hoje temos a globalização causada pela internet. Pessoas de todos os países se comunicam instantaneamente.
Acontecimentos, descobertas e noticias do outro lado do oceano são assistidos em tempo real por milhões de pessoas ao mesmo tempo. Crianças hoje brincam com aparelhos eletroeletrônicos que pessoas de minha idade nem sabem ligá-los. Os conhecimentos científicos principalmente na área de informática chegam a dobrar seu conteúdo em apenas 06 meses. Toda esta gama de informação a disposição cada vez mais de um número maior de pessoas está fazendo com que ocorra um rápido amadurecimento dos conceitos divinos e novos questionamentos bem fundamentados unificando a ciência com a espiritualidade, começam a surgir velozmente em uma ordem crescente. As explicações sobre a origem do universo, DEUS e a criação, o surgimento do homem, explicadas por padres, pastores e até então aceitas pelos pais simplesmente inquiridos pelos seus filhos, caem por terra 100% desacreditadas. As historias dos livros tidos como sagrados onde mostram um DEUS com ira, que se ofende e pune os desobedientes, que precisa de leis e se vinga dos que o desobedecem, cheio de necessidades e princípios… Simplesmente não correspondem mais a crescente percepção real da humanidade sobre a compreensão do universo e seus fenômenos. Isto embora muito bom, conduzirá inevitavelmente a um ponto de estrangulamento religioso de nível mundial e os homens terão de encontrar novos caminhos para sua íntima relação com DEUS.
Estes pontos de estrangulamentos vem acontecendo faz alguns séculos mas na área científica apenas. Contudo agora este ponto de estrangulamento será na área espiritual. Aceitar explicações de dois mil anos atrás para os fenômenos atuais, mediante a tantas descobertas atuais, é imaturo e contraditório. Ciência e espiritualidade caminham em paralelo sempre. As precárias explicações dos fenômenos tidos como divinos de vinte séculos atrás eram correspondente ao conhecimento cientifico que tinham na época, onde no antigo Egito tinham até a fórmula de como fazer ratos: Bastava juntar duas medidas de trigo, uma de cevada e uma de aveia, envolvidos em um saco de pano e deixar num quarto escuro que em poucos dias esta mistura se transformaria em alguns ratos.
Mas hoje a ciência cresceu muito e além, por isto o próximo ponto de estrangulamento na humanidade será espiritual. Para refletir um pouco te pergunto:
Você aceitaria voar num Boeing 747 onde como piloto está um condutor de bigas do Egito antigo?
Então abra sua mente querido. Deixe o passado no passado, seja gentil, mas faça isto e comece conscientemente a ter como referência de sabedoria a sua própria experiência com DEUS e não a de outros. Fazer o seu próprio caminho é a melhor solução para um melhor crescimento para o buscador de nossa época. Em relação à própria bíblia e a todos os outros livros santos, aproveite aquilo que ainda se pode aproveitar e o que for inútil para os dias de hoje, abandone tranquilamente. A título de exemplo umas das passagens bíblicas que ainda se pode aproveitar nos dias atuais são as próprias palavras do apóstolo Paulo onde diz: “Ver tudo, saber de tudo, mas reter só o que for bom…”
Use isto na própria bíblia e em todos os demais livros tidos como santos, e sem qualquer receio meu filho! Guarde tudo aquilo que acrescenta, soma e multiplica e com a mesma disposição deixe para trás aquilo que diminui, subtrai e divide. A positividade e a união é que formarão o povo da nova era. Estes competirão juntos para a formação de um mundo bem melhor. Compreenda isto: Competirão com a vida e não contra a vida; competirão com a natureza e não contra a natureza; competirão com o irmão e não contra o irmão. Será um com DEUS.
O que levará os homens a buscarem as mudanças necessárias para que aconteça um mundo bem melhor é a insatisfação com o mundo atual e o sistema do ter ainda regente. Muito insatisfeitos e buscando incessantemente uma solução, homens aparentemente comuns da sociedade perceberão em um número cada vez maior que terrorista é aquele que prega o terror, e começam a partir daí a enxergar que o sistema do governo o qual produz escravos que pensam ser livres e o sistema das igrejas o qual te ensina a temer a um diabo fictício, é que conduziram a humanidade ao sofrimento. Neste mesmo sentido, um número cada vez maior de pessoas aparentemente comuns na sociedade, agora mais conscientes devido às experiências adquiridas na busca pela solução da insatisfação que sentiam, se dará conta que foram traídos e sabotados exatamente pelo governo e igrejas que um dia confiaram. Perceberão que foi exatamente a preguiça de sair da sua zona de conforto para resolver os próprios problemas que resultou no surgimento de governos que sempre lhe dizem o que vai fazer, de igrejas que sempre lhe dizem no que vai acreditar e de um marketing que sempre lhe dizem como vai enxergar. Eles descobrirão que podem sim fazer a diferença. Assim passarão a assumir as próprias rédeas e começarão a agir e pensar por si mesmo. Procurarão cada vez mais ser o mais auto-suficiente possível, pois a arma utilizada pelo governo e igrejas é lhe tornar dependente deles. Por isto o Viver de Luz em Verdade conjugado com a alimentação Vegetariana é uma das grandes alavancas para a grande mudança do planeta, porque ele te faz independente, te faz muito mais livre, pois a dependência de remédios se esvai quando sua saúde se torna fortíssima; a dependência das soluções governamentais para problemas se esvai quando sua clareza de pensamento e percepção do meio se tornam intensos; A dependência de que nos problemas lhe mostrem um caminho a ser seguido se esvai quando sua intuição se torna forte; a dependência de um maior tempo livre para si mesmo se esvai quando sua energia fica quase inesgotável e a necessidade de descansar e dormir se tornam mínimas; a dependência de grandes plantios e desmates para alimentação animal se esvai quando sua necessidade de alimentar-se da matéria se torna 15 vezes menor e ainda vegetariana. A dependência de uma série de outras coisas se esvai porque você sai daqui bonito, saudável, esbelto, potente e com muita auto estima viu!
Tudo isto acontece de fato com a ativação de uma parte dos 97% do DNA inativos, através da disciplina, exercício respiratório, o uso de 07 ervas de poder e mais 02 de sabor, do uso de um pó de cristais especiais e o uso de uma argila especialmente magnetizada, que são utilizados aqui nos cursos do Céu Nossa Senhora da Conceição. Contribuir para você se tornar o mais independente possível em todos os sentidos é caminho para a sociedade do Ser.
Somente na independência é que não será subjugado por usos e costumes oriundos de espíritos tacanhos e com coragem poderá agir quando:
– Quando o sistema lhe disser que você está abaixo do que esperava, com coragem poderá responder: A sua opinião pra mim me faz tanta falta quanto dor de dente.
– Quando a sociedade e suas etiquetas lhe cobrarem a vingança, com coragem diga que qualquer um pode matar, mas só um rei pode dar a vida.
– Quando uma empresa em sua sede de ganhar mais e pagar menos lhe disser que o que faz não é profissional, com coragem diga que foram profissionais que construíram o Titanic e no dilúvio a arca foi construída por um amador chamado Noé.
– Quando uma igreja lhe apregoar que quem conhece a doutrina é inteligente e vencedor e quem conhece a bíblia é iluminado e invencível, com coragem responda: Quem conhece o outro é inteligente e forte. Quem conhece a si mesmo é iluminado e invencível.
Governos e igrejas há séculos vêm ensinando o terror, o medo. Governos ameaçaram e torturaram. Igrejas apregoaram sobre um DEUS vingativo e irado. Agora é o momento de deixar o passado no passado e começarmos a viver a nova era de forma a contribuir para que todos abram suas mentes, curem seus corações e sejam felizes. É muito necessário se ter a coragem de inquirir com força e intensidade os antigos costumes e principalmente os livros que a sociedade adotou como sendo sagrados. Viva de acordo com a opinião que tem. O que te apresentarem como sendo sabedoria porque veio daquele fulano ou está escrito em tal livro sagrado, seja prudente e não faça a menor cerimônia em avaliar tais coisas profundamente, começando por se perguntar se tal coisa na vida vai funcionar ou não, se é correto ou não, antes de aceitar e adotar como meio de ação. Mas seja lá o que aceite, viva sempre de acordo com a sua opinião.
Grandes mudanças positivas acontecerão na humanidade da nova era, mas todas elas começam agora com a sua coragem de sair da zona de conforto, passar a inquirir as ações e soluções de governos, igrejas e as sabedorias de livros aceitos como sagrado. Na nova era uma linguagem comum a todos os povos será adotada e será o esperanto. Na nova era serão extintas todas as nações e todas as fronteiras, pois será instituída a Nação Terra. Na nova era uma consciência maior sobre as coisas de DEUS naturalmente estará presente em todos os sobreviventes; que a totalidade sobre DEUS e a vida se encontram nas partes espalhadas em todas as culturas e por isto as igrejas serão naturalmente trocadas por templos ecumênicos onde será freqüentado por homens das quatro raças ainda com diferenças na forma como enxergam o cosmo, mas todos de mentes e corações abertos vivendo em harmonia.
A humanidade de agora está caminhando para a compreensão de que todos os caminhos levam a DEUS e devido a isto começam a perceber que estiveram segurando as mesmas pedras por milhares de anos que os mantinham em um deus pequeno, mas que é hora de largá-las para seguir para um DEUS maior. Que para DEUS não faz diferença se você é negro, amarelo, branco ou vermelho, se católico, evangélico ou agnóstico. Tudo que importa é que viva com amor, tudo que importa é o que você é. Tudo que importa é que pare de falar de DEUS e passe a vivê-lo.
A humanidade agora estará caminhando exatamente para o sonho Hippie dos anos 60, mas desta vez sem drogas e Rock in Roll, desta vez será um lindo sonho de liberdade de livre expressão entre todas as culturas, mas revestido de seriedade, respeito e responsabilidade. Podemos e devemos viver com intensidade esta peça teatral que estamos sonhando aqui o relativo, mas sem se perder na ilusão de maia. Coitado do padrinho Sebastião de Mota Melo, foi neste sonho hippie libertino de paz, amor e muita droga onde se perdeu. Coitado dos que seguem o santo daime cefluris que ele fundou, pois ficam se drogando com a maconha e outras como se fossem santificadas e isto os prende no deus pequeno de maia ao invés de ficarem na liberdade do DEUS pleno da roda cósmica. Isto custará ao cefluris e aos seus adeptos, a Nova Era.
A humanidade está caminhando para a consciência que todos somos um e assim estará mais perto de relembrarem quem são e porque estão aqui no relativo. A consciência de que somos deus em DEUS nos deixa sempre com a mente de um adulto e o coração de uma criança. A Nação Terra terá naturalmente uma mesma base comum espiritual sobre as coisas de DEUS, devido ao ganho de consciência, resultando no entendimento e na harmonia. Ao contrário de hoje aonde tais bases chegam a serem opostas resultando em discórdias e brigas.
A humanidade está caminhando para ser regida primeiro pela inteligência intuitiva e só depois a racional, o que resultará na extinção imediata de toda forma de lei e constituição por não serem mais necessárias.
Governo e Juízes ainda existirão, mas numa concepção intuitiva totalmente diferente da que existe hoje e serão constituídos naturalmente pelos espíritos mais velhos e serão naturalmente reconhecidos pelos espíritos mais novos. Então a humanidade irá sentido a unidade com DEUS e terá consciência de que a liberdade é ordem natural do universo.
A humanidade caminha a entender que DEUS não exige nada de ninguém nem mesmo uma crença; De que DEUS não possui aspecto porque ELE é tudo; de que DEUS se comunica com todos o tempo todo através dos sinais e principalmente através dos sentimentos, pois estes são a linguagem da alma, mas raramente através de palavras. Que quando sentir seu coração feliz, quentinho, então é a certeza de que veio DELE; Que DEUS não tem necessidades, de nada precisa, é completo e servidor universal; De que DEUS não julga, não condena e não castiga.
Cada ser humano vai descobrir que:
– Que pode ser um farol aceso na escuridão da ignorância… Se assim escolher.
– Que pode ser a esperança que esvai o desespero das massas… Se assim escolher.
– Que pode ser o bálsamo do AMOR para uma humanidade ainda doente pelo medo… Se assim escolher.
– Que pode ser DEUS em DEUS… Se assim escolher.

PARA LHE AJUDAR A ESCOLHER

Aqui ponho teus pés no chão, assim como as costas, cabeça…

Se desejar “Viver de Luz em Verdade conjugado com o Vegetarianismo Simbiótico”, ativando uma parcela menor dos 97% do seu DNA inativo, o que lhe permite suprir o seu corpo principalmente do prana que entra através do ar que respira, mas também do fóton através da luz que entra pelos teus olhos, passando a ingerir matéria até 15 vezes menos e ainda ficando esbelto, saudável, transbordante de energia, ter a pele rejuvenescida, com um mínimo de rugas e literalmente sem pés de galinha, o homem naturalmente com a cintura fina, bonito, transbordante de energia criadora, a mulher naturalmente cheia de curvas, lindas, transbordante de energia criativa.
Se desejar tudo isto e ainda sem ter que abrir mão do maior apego de todos que é o prazer do sabor… Sei como fazer e estou aqui meu filho! Para o “Viver de Luz em Verdade conjugado com o Vegetarianismo Simbiótico” você está sim preparado.
A verdade é que 99,99% dos buscadores espirituais desta humanidade estão preparados desde que da forma certa, que é aquela que funciona de fato, que é aqui mesmo comigo bem embaixo de minhas vistas viu! Porque no processo que ministro aqui tal qual me foi passado por aqueles maiores e mais velhos que eu, você cumpre os 21 dias com brandura, suavidade, sem passar sede ou fome em momento algum. Vou te conduzir de forma serena que quando der por si largou suas pedras mais pesadas e chegou lá sem deixar pedaços pra trás. E acima de tudo meu filho, aqui ninguém vai te explorar viu!
Obs. Há razões de vidas para que este conhecimento e apoio fossem entregues a mim e não a outros. Veja as obras concretizadas e batalhas de resultados travadas, que deixei na Terra apesar de todas as decepções sofridas, traições acontecidas e adversidades surgidas, só nos últimos 07 anos e vai descobrir que de fato “Não abro mão do meu direito de Amar”. Eu amo a humanidade e estou disposto a morrer por ela. Ver você feliz é a única forma de eu estar feliz. Eu jamais desisti!
Mas se desejar Viver de Luz em Verdade como estou fazendo há 150 dias, precisará de muita disciplina e fé, não tem como fugir disto. Levará 40 dias em duro processo para a reativação de uma grande parte dos 97% de seu DNA inativo, onde ficará sem água e sem alimento, 100% sem a ingestão de qualquer tipo de matéria desde o primeiro dia.
A pessoa precisa estar de fato preparada espiritualmente para isto, pois este processo “mata” o despreparado que insistir nele. Aqui não tem espaço para meninos iludidos que pensam ser homens, aqui não tem espaço para a ilusão do movimento hippie libertino dos anos 60 migrada para 2011 como modismo “oba oba” de uma nova era ilusória.
Aqui você precisa largar todos os apegos que vem carregando por vidas, inclusive o maior de todos: o sabor.
Após ter concluído os 40 dias do meu processo de reativação de uma parte dos 97% do DNA inativo é que me dei conta de que 99,99% da humanidade em si, ainda não estão preparados para o Viver de Luz em Verdade em sua plenitude, como estou fazendo.
Mesmo hoje após 150 dias de plenitude tenho que correr da cozinha da fazenda quando a D. Neia está dourando alho para o arroz e feijão do almoço dos que moram aqui comigo. Comida pelas mãos da vovó é sempre a melhor. Mas quando nisto tem a combinação de ser vovó, negra e mineira, para o meu caso já é terrorismo!
O maior problema que enfrento no Viver de Luz em Verdade é continuar por aqui, pois como abri mão de tudo do relativo, até do prazer do sabor, o que me restou? Restou-me o amor por ti e é isto o que me movimenta!
Só aceitarei para o processo dos 40 dias aqueles que fizerem aqui comigo, debaixo de minhas vistas o processo dos 21 dias e depois conseguir mantê-lo imaculado lá fora por ao menos um ano.
Este processo dos 40 dias é o mesmo processo que realizavam todos os grandes profetas e também os sacerdotes mo da escola de sabedoria do antigo Egito, na antiguidade. Apenas uma pequena mudança houve, é que algumas plantas de poder que haviam lá foram substituídas por outras de mesma função que existem aqui. Fora este pequeno detalhe o processo ainda é o mesmo.
Meu filho, sábio é se comportar de acordo com a posição que ocupa, se comportar de acordo com a idade que tem, carregar o peso de acordo com as forças que possui e estudar bem a matéria de acordo com a série que se encontra. Então por que se preocupar com assuntos de faculdade se agora é que está entrando no ginásio?
Qualquer pessoa, principalmente daqui do Brasil, que disser que realizou o processo de 2i dias comigo ou em outro lugar, e após, ficou se alimentando somente de fóton e prana, que nem água ou líquidos ingeriu por 30 dias, 20 dias, só 10 dias que seja… Mente! Pois o processo de 21 é um estágio intermediário.
Este processo não é capaz de ativar a porcentagem necessária dos 97% do DNA inativo para que o aparelho físico se torne capaz de sintetizar moléculas a partir do fóton e do prana.
Mesmo aqui comigo onde ministro os 21 dias aplicando os conhecimentos sagrados como sete plantas de poder específicas e duas de sabor, pó de cristais especiais e argilas apropriadas, além de todo um aparato espiritual que aqui há sim para oferecer porque é real, mesmo que, contudo, isto aplicado no curso, os 21 dias ativarão apenas uma porcentagem menor dos 97% do seu DNA inativo, o que lhe permite com sucesso o Viver de Luz Consorciado com o Vegetarianismo… O que já é maravilhoso!

“UMA HISTÓRIA AINDA ONTEM”.

Campos do Jordão – 1992
Certa vez um amigo insistiu que eu fosse com ele conhecer um guru indiano recém chegado ao Brasil. Para agradar somente é que fui, e lá chegando encontrei um homem que ficava assentado na posição de lótus sem nada fazer, sendo servido do bom e do melhor 24 horas por dia por discípulos. Depois, demonstrou repudia ao ouvir o nome de Mahatma Gandhi citado por um professor como um exemplo de alma de luz. O guru interrompendo bruscamente ao professor, disse:
– Gandhi foi um grande ativista, um grande revolucionário, mas não um iluminado.
O professor se calou com visível desconforto. Outros, sem se questionarem, seguiram fazendo mais perguntas. Também fiquei indignado com a resposta desmerecida que o guru indiano deu sobre Gandhi. Mas claro, um guru de falação, um guru sem obras, concordar com Gandhi que foi homem de ação e grandes obras, era assinar um atestado de fraude!
Desde que entrei naquela sala havia percebido os sinais de arrogância neste tal guru. Todo arrogante é uma presa fácil. Fácil de enganar, fácil de provocar.
Então escrevi um bilhete citando dois dos diversos pensamentos deixados por Gandhi como legado de amor e sabedoria para humanidade, mas acrescido de um adendo de minha autoria, e entreguei ao tal guru:

Disse Gandhi: O meu patriotismo não é exclusivo. Engloba tudo. Eu repudiaria o patriotismo que procurasse apoio na miséria ou na exploração de outras nações. O patriotismo que eu concebo não vale nada se não se conciliar sempre, sem exceções, com o maior bem e a paz de toda a humanidade.

Disse Gandhi: Odeio o privilégio e o monopólio. Para mim, tudo o que não pode ser dividido com as multidões é “tabu”.

Pergunto eu: Se Gandhi, sendo um símbolo de força de vontade, decisão, inteligência, sensibilidade, disciplina e ação, somadas à compaixão e desapego, tudo isto demonstrado, não por falação, mas testificado por obras concretizadas em prol da liberdade e igualdade não apenas aos olhos da Índia e Inglaterra, mas também aos olhos do mundo… Como fica então a sua situação “guru iluminado”, que visivelmente é tão menor?

Aos berros o guru inconformado gritou aos seus discípulos:
-Tirem este moço daqui!
Respondi com voz forte aos discípulos e ao público, atônitos:
– Sei por onde entrei, conheço a saída. Mas gente será mesmo que ninguém mais aqui se deu conta que para uma pessoa que está pela primeira vez no Brasil, este aí fala e lê em português bem demais?

PRESTE ATENÇÃO I.

Durante estes 150 dias Vivendo de Luz em Verdade, percebi algo em um âmbito maior que antes, o que fez total diferença para o estado transcendente em que me encontro hoje: Que todos somos um. A realidade é única! É claro que você pode se perguntar: como então que ao observar a humanidade percebe-se uma realidade diferente para cada ser humano? É que cada ser humano vive aspectos diferentes de uma mesma realidade, ou seja, diferentes partes de uma mesma realidade. Nada e ninguém estão isolados, separados, apartados. A teia da vida mantém todos os seres unidos entre si e isto em âmbito universal e não apenas terrestre. Somos seres vindos do absoluto vivendo uma experiência no plano do relativo, o nosso oposto. Somente o absoluto vem do absoluto. Somente o absoluto é capaz de criar o relativo, o mundo da ilusão. Somente onde estiver o sentimento do medo haverá sofrimento. No absoluto reina o amor. Medo é oposto do Amor. Enquanto estiver no relativo haverá sofrimento. Mas é possível extinguir o sofrimento. Para extinguir o sofrimento precisa-se estar no absoluto. Mas se somente o absoluto é “ABSOLUTO” o relativo não existe, portanto não há outro lugar para você estar se não no Absoluto. Estamos lá, todos nós estamos lá, mas dormindo. Estamos dormindo e sonhando com uma aventura.
Sonhos são seguros, sempre acordamos e foi apenas um sonho. Sonhamos com as experiências que desejamos experienciar, mas sempre é apenas um sonho. Somente nos sonhos há o pensamento, mas assim como os sonhos, ao acordar, o pensamento também não existe. O mundo dos sonhos é o relativo, a realidade é o Absoluto. O Absoluto apenas é.
No Absoluto nada existe e tudo há. Os quatro elementos pertencem ao relativo. Masculino e feminino pertence ao relativo. Maior e menor pertencem apenas ao relativo. Tempo e espaço pertencem ao relativo. Como pode ficar apegado em algo que só existe em sonhos? O sofrimento, qualquer que seja, é sempre um apego. Um apego a algo que na verdade é ilusão. Somente o Absoluto é real. A imperfeição existe apenas no relativo. Ao acordar todos somos iguais, todos somos o sentimento do amor. Todo conhecimento, toda sabedoria e todas as virtudes já são seus. Você e o Absoluto são o mesmo. Neste momento você está sonhando. Mas pode em seu sonho relembrar que você é Absoluto. Que nada há fora de você. Que inclusive o sonho que está sonhando, é você quem o está fazendo. Faz através dos pensamentos que tem. O pensamento é uma ferramenta dos sonhos. O pensamento produz os acontecimentos em seu sonho. Mas o pensamento sem guia é como um trator sem condutor ou uma espada nas mãos de um louco. Ambos os casos resulta em sofrimentos. Você está dormindo, está sonhando. A consciência de que está sonhando chama-se intuição. A intuição é o Absoluto dentro do relativo. Através da intuição você guia os seus pensamentos. Pensando os pensamentos certos você cria o sonho que deseja. A intuição acrescenta em seu sonho a sabedoria e a compaixão.
Tudo que existe no relativo, antes foi pensamento da mente, foi conduzido pela mente, foi criado pela mente. A realidade que vive hoje são seus pensamentos de ontem. Seus pensamentos de hoje estão criando a realidade que viverá no futuro. Seus pensamentos moldam o sonho que vive. Aqui neste sonho sua vida é a criação de sua mente. Se sua mente se mantêm no medo ou no amor, esta é a diferença que faz. Pensamentos de uma mente que vive no medo são sempre seguidos pelo sofrimento, tal quais as rédeas que seguem o cabresto na boca do asno. Por isto é importante revestir sua mente com a intuição. A intuição te mantém no amor. Os pensamentos de uma mente que vive no amor resultam sempre na libertação dos apegos. Um espírito liberto é feliz. A felicidade é o natural estado do Absoluto.

PRESTE ATENÇÃO II.

“Assassinos que comem irmãos”…
Está certo de que compreende isto?

A intuição lhe trará a sabedoria e a compaixão por todos os seres.
Já ouviu falar sobre simbiose? Simbiose é a cooperação de duas ou mais espécies para o bem-estar e sobrevivência de ambas. A simbiose acontece com perfeita harmonia.
Há um tipo de formiga que mora dentro de colmeias e protegem as abelhas e suas larvas dos ataques de outras formigas carnívoras e de vespas inimigas. Em retribuição as abelhas cedem de bom grado uma parte do mel que produziram para estas formigas e sua prole se alimentarem.
Na nova era não será diferente com os seres humanos. A simbiose perfeita, harmônica e completa de toda raça humana com o planeta, será uma realidade na nova era. O homem não mais matará seus irmãos menores para comer. Mas na visão da Nova Era, quem são estes assassinos?
A intuição me mostrou que “Viver de Luz em Verdade consorciado com o Vegetarianismo” é a melhor forma ao alcance da humanidade de hoje, de manifestar respeito por todos os seres. Por que matar para comer? Como espera sonhar com uma vida correta se no seu sonho ainda come cadáveres? Como espera se tornar um ser integrado se ainda come seus irmãos menores? Mas frutas são presentes das árvores e elas não morrem por isto. Precisamos ampliar nossa compreensão se almejamos se tornar um ser integrado com o cosmo. Os que comem carne são assassinos. Mas quase todos os vegetarianos são assassinos também. Assassinos inconscientes, mas assassinos sim. A eles também se aplica a pergunta: Por que matar para comer? Como espera sonhar com uma vida correta se no seu sonho ainda come cadáveres vegetais? Ao arrancar um pé de alface, um nabo, um almeirão ou uma cenoura, você também matou para comer. Os vegetarianos muito se escandalizam com os abatedouros de animais criados por aqueles que se alimentam também de carne, mas não vêem que montaram um abatedouro de vegetais na horta de sua casa.
Como espera se tornar um ser integrado se ainda come seus irmãos menores? Você poderia colher algumas folhas dos pés de alface e almeirão sem ter que arrancá-los por isto, tal qual faz com a couve, a cebolinha de cheiro etc. Arrancar uma planta do chão mesmo que para se alimentar, é assassinato de um irmão menor. A batata, a beterraba, a cenoura e outros do tipo são a própria planta e não o fruto. Não é como colher tomates, berinjelas ou quiabos, porque você os colhe e as árvores que os produziram continuam vivas.
O Vegetarianismo não conduz ninguém a sabedoria e a compaixão. Somente a intuição te reveste delas. Ser vegetariano e não ter sabedoria é ser um tolo que come vegetal. Ser vegetariano e não ter compaixão é ser um insensível que come vegetal. Revista tua mente com a intuição e ela te dotará de sabedoria e compaixão o que inevitavelmente vai te conduzir ao Vegetarianismo. A mente pode até entender, mas somente a intuição pode compreender. Manifestar o Cristo Interno é apenas questão de refletir.
De que adianta ser vegetariano há 50 anos se:
– A língua ferina é a sua arma.
– Se está envenenado pela inveja.
– Se é consumido pela luxúria.
– Se contem a cegueira da ignorância.
– Se está preso no conceito de como ganhar mais e perder menos.
– Se os pensamentos nocivos sempre lhe furta.
– Se enxerga a morte como uma desgraça.
– Se a impaciência é sua maior marca.
– Se desconhece que o Cristo é sempre a solução e o unguento.
E principalmente, do que adiantou ser vegetariano por 50 anos se ainda não percebeu que a única coisa capaz de concretizar um mundo bem melhor… São as boas ações.
Só agora a humanidade começa a despertar e mesmo assim é uma pequena parte apenas. Os Hare Krishinas, Indianos, Tibetanos e tantos outros vegetarianos que se dizem espiritualizados…. Comem o que matam! Não precisava ser assim, mas por falta de uma maior compreensão é exatamente o que fazem. Já escutou o urro que dá um pé de alface quando o arrancam do chão?
Existem vegetarianos há milhares de anos, mas ainda não perceberam que também matam nossos irmãos menores para se alimentar e que a simbiose planetária é o fim de todos estes assassinatos. Acaso morre a macieira, a pereira, a fruta pão, por nós colhermos seus frutos? Acaso morre a árvore ao nos alimentar com seus frutos? Como as formigas, nós cuidaremos e protegeremos a vegetação do planeta. E como as abelhas, ela em retribuição alimentará a nós e à nossa prole. Isto se chama simbiose planetária meu filho e mais lá na frente, na Nova Era da nova era, a humanidade vai descobrir que existe também a simbiose cósmica!
Há simbiose no reino animal que realmente fascinam. Contudo são simbioses inconscientes. A anêmona do mar possui tentáculos com arpões envenenados. Estas arpoadas matam o peixe que atingir. Contudo há o peixe palhaço que vive exatamente entre os tentáculos da anêmona e a limpa dos resíduos e parasitas que poderiam vir a prejudicar ao longo de uma estadia. Em troca do serviço de limpeza que o peixe palhaço oferece, a anêmona o acolhe e protege arpoando peixes predadores que se aproximem.
O crocodilo após se alimentar permanece na areia quente com a boca aberta e o pássaro faxineiro entra com segurança dentro de sua boca e lhes palita os dentes retirando e comendo os resíduos de sua caça. O crocodilo mantém seus dentes limpos e o pássaro faxineiro consegue alimento fácil.
Uma simbiose muito interessante é a da ave papa mel com os nativos africanos. O papa mel sabe que as colmeias possuem mel, mas também abelhas perigosas que podem matar. Ele quer o mel, alimento rico, mas não têm defesa contra as ferroadas no ataque das abelhas. Então ele localiza uma colmeia cheia de mel e depois vai até onde se encontra grupos de nativos, pousa próximo a eles e permanece emitindo assobios… Fiu, fiu, fiu, até que os nativos parem a sua frente e fiquem olhando para ele. Então ele voa para mais longe e os nativos seguem o papa mel. O papa mel pousa e fica emitindo seus assobios novamente dando a direção a ser seguida, até que os nativos os vejam novamente. Então ele voa para mais longe e tudo se repete. Desta forma o papa mel conduz os nativos ao local onde se encontra a colmeia cheia de mel. Os nativos colhem o mel e deixam alguns favos para o papa mel se alimentar em segurança.
Também existe uma simbiose linda entre os golfinhos e uma tribo africana litorânea. Os golfinhos conduzem cardumes e mais cardumes para a praia onde se encontra os pescadores com suas redes em semicírculos. Chegando os cardumes eles fecham em círculos suas redes prendendo dentro os cardumes. Os pescadores colhem uma parte dos peixes suficientes para suas famílias, enquanto os golfinhos aguardam do lado de fora. Então os pescadores abrem um pouco a entrada do círculo de redes para os golfinhos entrarem e comerem a vontade os peixes aprisionados que não tem para onde fugir.
Mas a simbiose planetária é uma simbiose do reino espiritual, é uma simbiose consciente
Há três níveis de civilizações e grandeza científica no universo.
O 1º Nível é aquela civilização que atingiu a grandeza científica de utilizar todos os recursos energéticos do planeta. Sua ciência utiliza 100% os recursos térmicos, eólicos, hídricos, utilizam 100% do poder das tempestades e dos raios, da rotação do planeta e da incidência da luz solar que ultrapassa a atmosfera de seu planeta. A simbiose planetária é que vai permitir isto.
O 2º nível é aquela civilização que atingiu a grandeza científica de utilizar todos os recursos energéticos do sistema solar que faz parte. Sua ciência utiliza 100% os recursos térmicos, eólicos, hídricos, utilizam 100% do poder das tempestades solares e dos raios cósmicos, da rotação de todos os planetas de um sistema solar, e da incidência da luz solar que irradia o sol do sistema que faz parte. A simbiose cósmica é que vai permitir isto.
O 3º nível é aquela civilização que atingiu a grandeza científica de utilizar todos os recursos energéticos das galáxias que conhece. Sua ciência utiliza 100% os recursos térmicos, eólicos, hídricos, utilizam 100% do poder de trilhões de sistemas solares de bilhões de galáxias, das tempestades magnéticas universais e dos raios cósmicos, da rotação de bilhões de galáxias, e da incidência da luz que existe no universo que faz parte. A simbiose universal é que vai permitir isto.
A humanidade da Terra está longe de atingir se quer o 1º nível. Somente quando a mente racional estiver revestida 100% da mente espiritual é que se atinge o primeiro nível, a simbiose planetária. A humanidade da Nova Era somente na metade de sua existência é que atingirá o primeiro nível. Ainda somos crianças queridos, pequeninas crianças. Ainda somos uma humanidade de predadores.
Mesmo nos dias de hoje há necessidade sempre de a ciência estar revestida pelo espiritual e a razão revestida pela intuição. Pois quando a mente racional é conduzida pela mente intuitiva, tanques são usados como tratores e hangares como estufas. Alcança-se o desapego. Torna-se feliz e por isto basta-se a si próprio. Torna-se completo.
Quando a mente racional age por conta própria, suas tolices e friezas resultam em caos e tudo que é sagrado é desconsiderado pela moeda. Tornam-se escravos dos desejos e sofrem ao prossegui-los. Descomedido e insaciável se aprisionam na infelicidade e esta o torna um vaso sem fundo.
Quando a mente racional é conduzida pela mente intuitiva, o ser vive no amor, na sobriedade e na humildade. E o amor o transforma em um leão de tanta coragem; a sobriedade o torna camarada e generoso; a humildade o faz um bom ouvinte e um líder.
Quando a mente racional age por conta própria, o ser se defende por medo e por isto perde a segurança. Sua aparente coragem é um ato de desespero. Sua aparente liderança caminha para a tirania. A destruição é a única certeza que pode esperar.

PRESTE ATENÇÃO III.

Ouça filho, todo homem possui forças internas, todo homem possui um manancial inesgotável desta força à sua disposição no mais íntimo de si mesmo, e essa força é mais que o necessário para suplantar a qualquer obstáculo, a qualquer problema, a qualquer dificuldade, mas desde que a pessoa saiba como entrar em ação. Como se utilizar dessa inesgotável fonte de energia? São coisas assim que desejo passar a todos. Somente estando usufruindo desta fonte é que se é possível alcançar a vitória em todos os sentidos.
Quando homens começam a agir com esta força interior sua vida dá uma quinada saindo da desgraça indo rumo à prosperidade e paz. Fala com clareza, pensa com sabedoria. Age com uma certeza e uma coragem vinda de uma força que tudo transforma. Obtêm uma vontade férrea e seu ânimo para os desafios é impossível de se encabrestar. Combate com intensidade os sentimentos de culpa e do medo, pois ambos fazem com que os seres que os sintam se prendam naquilo que não são. Travam suas batalhas dentro do coração dominando as paixões, impulsos e vícios. É forte na busca cada vez maior da liberdade e tudo que a ela se prende.
Organizando-se com clareza e objetividade, realiza um Maximo de tarefas com um mínimo de energia. Não aceita mais os dogmas e tabus e literalmente espatifa com os cabrestos do medo e da culpa impostos por igrejas e doutrinas. Descobre que dogma é o oposto a DEUS e que escrito ao contrário significa “Sou DEUS”.
Precisa aceitar uma verdade irrefutável meu filho: A de que o homem precisa lutar e somente quando se aceita lutar é que as soluções principiam aparecer. Pergunto a você: como anda tua mente e como está sua vida? Acaso sua mente tem sido uma referência de clareza e sua vida algo que possa orgulhar-se? Não tem vivido das migalhas que caem ao chão ao invés de se fartar na vasta mesa da vida?
Coragem meus irmãos, coragem, tomem logo a decisão!
Não mais se sujeite a usos e costumes estabelecidos por espíritos tacanhos e apregoados como verdadeiros por igrejas, doutrinas, religiões e governos. Procura ver tudo, saber de tudo, mas reter somente o que for bom. Compreenda de vez que a verdade está na somatória do todo e não nas partes. Que qualquer entidade, pessoa ou escola, seja espiritual, filosófica ou cientifica, contêm apenas uma fração da verdade e jamais toda ela. Há porções da verdade na bíblia, no corão, no bagavad-gita, no tora, na provida, no espiritismo, na maçonaria, na rosa cruz, na seicho noiê, no budismo, na gnose e mesmo aqui no Céu Nossa Senhora da Conceição.
Há muitos homens que começam a entender a grandiosidade da verdade que venho ensinando, começam a compreender que tem muito mais dentro de si do que igrejas e governos afirmam, e então principiam a agir com um poder estrondante e com a velocidade de uma faísca para o resgate de um mundo bem melhor. Finalmente compreendem o que compreendi através do mui amado e iluminado professor Alberto Montalvão, de que a felicidade do homem depende da sua disposição e de aceitar a luta, da sua determinação de não aceitar nunca a derrota, da sua capacidade de enfrentar a adversidade firmemente disposto a não se deixar abater, da sua disposição de manter-se livre a qualquer custo.
Pela dinamização de suas energias, o homem passividade torna-se homem vontade e só depois desta metamorfose é que possui condições para alcançar a felicidade.

O QUE RESOLVE DE IMEDIATO O VIVER DE LUZ EM VERDADE CONSORCIADO COM O VEGETARIANISMO SIMBIÓTICO?

De imediato resolve todas as questões ecológicas que afligem a Paccha Mama e à humanidade neste exato momento. Termina todos os desmatamentos e as áreas formadas em pastos retornam a ser floresta. A alimentação predatória simplesmente termina e nós homens da terra começamos a viver um sonho lindo onde cada um de nós se torna seres integrados com a natureza, uma perfeita comunhão com a natureza, seus espíritos e elementais. Agora com a humanidade estando com mais do que só 3% de se DNA ativo, tendo ativado uma parte dos 97% de seu DNA inativo, tornou-se capaz de se alimentar em grande parte da sintetização do prana que está no ar e do fóton que está na luz. Quanto a parte material da alimentação, tornou-se capaz de sintetizar eficazmente a proteína vegetal e ainda agora precisa comer da matéria cerca de 15 vezes menos que antes quando só os 3% de seu DNA estava ativo. Agora o alimentado do que comia antes em dois dias, é capaz de alimentá-lo por completo por 30 dias. Agora está capacitado a viver plenamente saudável e dotado de muito mais energia, comendo apenas frutas e vegetais crus. Nada que venha de animais lhe é bem vindo. Nem ovos, nem leite, nem carnes vermelhas ou brancas, nem gorduras de qualquer espécie. Qualquer alimento que tenha sido industrializado também não é bem vindo. Todo alimento será aceito somente em sua forma natural, ou seja: cru e sem aditivos.
O respeito por todas as formas de vida será pleno e uma realidade. As árvores cuidarão de nós com seus frutos, pois nós cuidaremos delas. Ninguém mais adoece e o envelhecimento vai sendo retardado à medida que as gerações vão vivendo esta nova realidade. O tempo de vida do ser humano aumentará cada vez mais até chegar a 900 anos, 1000 anos, como foi no início quando os primeiros homens foram produzidos nos laboratórios dos Jardineiros do Universo, onde foi implantado seus DNA alienígenas no DNA de uma determinada espécie de primata. Estes primeiros homens, no plano espiritual denominados de raça adâmica, tinham seu DNA numa parcela ativa muito maior que as dos homens de hoje. Eles nasciam cresciam e se desenvolviam até os 40 anos, da mesma forma e tempo que hoje, mas não adoeciam. Após entrarem nos 40 anos mantinham-se assim por séculos e iam envelhecendo bem lentamente, viviam normalmente de uns 800 a 1000 anos e sempre morriam com todos os dentes na boca. Aproximadamente pelos 600 anos é que demonstravam pequenos sinais de velhice. Os primeiros homens viviam na mesma simbiose planetária que vamos viver na Nova Era, só que no caso deles os Jardineiros do Universo não lhes passaram as tecnologias que nos serão entregues na Nova Era. A raça adâmica Vivia sim, de Luz em Verdade consorciada com o Vegetarianismo Simbiótico, que é a exata proposta que estou fazendo a toda a humanidade neste momento… E ainda ensinando como fazer! Os registros de Adão e Eva da bíblia é um relato muito pobre do que aconteceu há milhares de anos antes. É claro que todo este conhecimento que estou aqui revelando é de cunho espiritual, a ciência de hoje não tem registro desta época. Mas um dia ela vai conseguir acessar a tudo isto e vai descobrir que houve ao menos um que sabia da história em detalhes e até deixou registrada num livro. Por que será que a ciência nunca encontrou o elo perdido, ou seja, aquele fóssil animal que estava evolutivamente entre o primata e o homo sapiens? Não encontrou até hoje embora tenha vasculhado todas as partes do planeta, e nem vai encontrar nunca, porque não existiu o elo perdido. Simplesmente era uma espécie de primata, contudo a mais bem adaptada as condições atmosféricas da terra na época e foi por isto que foi escolhida. Mas poderia ter sido outra espécie como um anfíbio, um inseto, um réptil etc. Esteja certo de que há outros planetas, salas de aula como a Terra, em que a espécie mais bem adaptada não tinha sangue quente e nem era mamífero. O condutor são sempre os mesmos, mas os veículos mudam de forma, como carros mudam de marca. Então o elo perdido não existiu, nunca existiu. Havia uma espécie muito bem adaptada, era uma espécie de sangue quente, um primata. Esta espécie foi escolhida pelos Jardineiros do Universo. Foi colhido seu DNA e levado para os laboratórios onde este DNA terrestre foi fundido com o GNA destes Jardineiros de Órion. Dalí saiu o homem da exata forma física que temos hoje.
Os primeiros homens da Terra às vezes quando comiam da matéria, o faziam totalmente vegetarianos. Naturalmente sua base alimentar eram o prana e o fóton. Foi assim que os Jardineiros do Universo deixaram aqui na Terra os homens que criaram em laboratórios, ao retornarem para Órion.
Queridos, prestem atenção: nada na Terra é natural, tudo aqui foi planejado, executado e construído antes pelos Jardineiros do Universo. Hoje ficamos pasmos quando pessoas planificam, executam os planos, constroem e decoram arranha céus, gigantescos túneis e megas hidrelétricas. Mas isto fica minúsculo quando se leva em conta que os Jardineiros do Universo planificam um planeta, executam os planos feitos, constroem sua atmosfera, continentes, oceanos e decoram com montanhas, praias, rios e lagos.
Após retornarem para Órion a humanidade ficou por conta no natural processo evolutivo que há no universo todo. A partir daí é que a humanidade começa a fazer sua própria história.
Tempos mais tarde, a humanidade começou a adquirir hábitos próprios, o que é muito natural no processo evolutivo. Um de seus novos hábitos foi o de se tornar onívoro, ou seja, comia de tudo, até proteína animal. Isto resultou em seqüelas no DNA alienígena, pois ele se mantém ativo através da ingestão do prana e do fóton. A ingestão de proteína animal por um período mesmo que curto, por poucos meses que seja, impede a sintetização das moléculas do prana e do fóton, e inativam a parte do GNA alienígena que recebemos, deixando ativos somente aqueles 3% do DNA primata que veio deste mundo. Foi exatamente isto que aconteceu. Foi exatamente assim que os Jardineiros de Órion encontraram a humanidade ao retornarem ao planeta Terra para darem continuidade aos planos espirituais. Eles pousaram e edificaram base onde foi a antiga Suméria. Ensinaram a humanidade a ler e escrever, as matemáticas, a astronomia, a construírem usando os recursos naturais do planeta, deram lhes noções de religiosidade e da existência de DEUS, estimularam os homens a construírem templos etc. Deixaram registrados nos pergaminhos sacerdotal da antiga Suméria eventos anteriores, como o surgimento do homem neste mundo e um dilúvio quase que planetário.
Cumprida esta etapa do plano espiritual traçado, estes Jardineiros do Universo retornaram para Órion deixando por conta novamente a humanidade da Terra, o que é muito certo!
Após acontecer aquilo que precisa acontecer e que agora não demora tanto mais que aconteça “Graças a DEUS”, os Jardineiros do Universo mais uma vez estarão entre nós, mas agora nos ajudando na reconstrução da humanidade Nova, estarão conosco na formação da Nova Era. Toda a humanidade que conseguir ficar retornará ao “Vivendo de Luz em Verdade consorciado com o Vegetarianismo Simbiótico”.
A solução para todos os problemas ecológicos e de depredação dos recursos naturais do planeta se encontram em “NOSSAS MÃOS” e não em escrituras de leis e políticas de falação. Que nós da Nova Era comecemos já a arregaçar nossas mangas e fazermos nossa parte: “Vivendo de Luz em Verdade consorciado com o Vegetarianismo Simbiótico” é a prática correta e a solução perfeita. É o momento do Espiritual e Ser, sobrepujar o material e ter.
Vejam as autoridades de hoje, é lamentável o baixo nível que chegaram e o grau de egoísmo mascarado de solução que apresentam as massas. Por exemplo:
Está escrito no Parágrafo 4º do artigo 225 da Constituição Federal… “A floresta Amazônica (…) é patrimônio nacional, e sua utilização far-se-á na forma da lei, dentro de condições que assegurem a preservação do meio ambiente, inclusive quanto ao uso dos recursos naturais”.
Assim, deve-se implementar em níveis Federal, Estadual e Municipal A INTERRUPÇÃO IMEDIATA DO DESMATAMENTO DA FLORESTA AMAZÔNICA.

Mas acaso a realidade condiz com a constituição e suas escrituras?

Meu filho, neste um minuto em que você estava lendo esta lei aqui neste livro, foi cortado duas mil e quinhentas e setenta árvores exatamente na Amazônia. São três milhões e setecentas mil árvores derrubadas todos os dias, é o equivalente a oito mil e seiscentos estádios do maracanã abertos a cada 24 horas.
O que fazer irmão buscador? Vai continuar a aguardar no governo? Estes dados não te mostram tudo que precisa ver?
Porque há outras leis que abrangem todas as matas do Brasil, mas permanecem escritas, não passam de ornamentos de papel!
A mata Atlântica com mais de 567 espécies animal e mais de 8000 espécies vegetais já ocupou de 15% do território do Brasil, mas hoje existe apenas 1% dela! De 1990 a 1995 houve o desmate equivalente a setecentos e quatorze mil campos oficial de futebol, ou seja, foi desmatado o equivalente a um campo oficial de futebol a cada 4 minutos por 43.800 horas ininterruptas!
Sei o que fazer, vim trazer a solução…

“Vivendo de Luz em Verdade consorciado com o Vegetarianismo Simbiótico”
Xamã Gideon dos Lakotas

OUTRA VISÃO
(11de fevereiro de 2011)

Eu vi um planeta árido, estéril e infértil. Este planeta era como a lua. Nele havia rochas e areias. Vi que neste planeta infértil havia uma casa de madeira e eu estava lá. Mas não estava só. Estava lá uma grande quantidade de outras pessoas também. Havia negros, brancos, amarelos e vermelhos. Todos nós cavávamos um túnel abrindo caminho rocha adentro logo a frente da casa de madeira. Então percebi que somente dentro da casa e na área ao seu redor e que se podia respirar, tomar fôlego. As pessoas vinham a esta casa para respirar, tomar fôlego e depois então retornavam a cavar abrindo caminho na rocha.
Ouvi um homem negro grande me dizer:
– Aqui fora sem respirar somente dois minutos e meio podemos aguentar.
Em seguida estávamos todos novamente dentro da casa de madeira. Vi que chegou uma grande Van verde, nova e com grandes rodas. Mas, uma Van traçada muito maior e mais forte que as que existem hoje. Dela desceu um homem branco muito alto e forte, de barba castanha e olhos verdes claros. Este homem fazia parte desta casa e assim como todos nós ali, ele cavava também o túnel para abrir caminho pela rocha. Este homem se mostrava muito sério e ele não sorriu momento algum. Vi que eu era pequeno e fraco quando em frente a este grande e forte homem da Van.
Então a visão mudou. Agora eu passeava na areia deste planeta infértil acompanhado de uma pessoa muito querida minha. Vi então uma égua branca. Junto desta pessoa amada fomos sentido a ela e ao se aproximar vi que era uma égua branca de estatura média com manchas cinzas espalhadas ao longo de toda a cara de forma que seguiam do alto nas orelhas e desciam embaixo no focinho. Embora seu corpo fosse branco estava incrustada por poeira avermelhada pelo corpo todo.
Então vi que havia ali uma nascente de água cristalina com uns 20 cm de profundidade e uns 03 metros de diâmetro. Vi que a égua branca manchada de cinza, embora próxima a nascente cristalina, se mantinha na areia. A pessoa amada que me acompanhava estava feliz brincando dentro da nascente de água cristalina. Então percebi pequenos movimentos na lama que se forma entre a água cristalina e a areia do fundo. Apontei os pequenos movimentos para a pessoa amada que me acompanhava, mas ela não percebia o que eu estava mostrando e continuava a brincar despercebida dos movimentos que tão claramente eu enxergava. Mostrei novamente e ela novamente não viu. Então entrei na pequena nascente de água cristalina e o movimento que antes seguia sentido a pessoa amada por mim, agora mudando de direção veio em meu sentido. Então mostrei o movimento pela terceira vez à pessoa amada que me acompanhava. Desta vez o movimento aconteceu bem mais na superfície da lama e ela pode perceber. Olhei mais de perto e vi que se tratava de um corrupto, um animalzinho de 08 pernas que vive as escondidas nas praias do mar. Foi então que a pessoa amada me mostrou que havia também um grande número de corruptos saindo debaixo das areias inférteis próximas a pequena nascente de água cristalina, mas tentando subir em minhas pernas ao invés de entrarem na nascente, porque não buscavam por água cristalina. Bati com força as pernas e todos caíram de volta na areia. Vi que a égua branca com manchas cinza e poeira incrustada pelo corpo todo, não se importava com os corruptos à sua volta… De mãos dadas com a pessoa amada, saímos dali.
Então vi que novamente estava na casa de madeira, onde em frente um túnel era escavado abrindo caminho rocha dentro. O grande e forte homem branco da Van estava comigo na casa. Havia morrido alguém. Alguém que nenhuma falta fez a esta casa de madeira. Mas havia em mim alguma ligação com a pessoa que morreu, pois eu dizia como forma de lição demonstrada, que iria mandar uma banda tocar por umas duas horas naquele velório. Então foi quando o grande e forte homem branco sério me disse: Estou enviando uma orquestra inteira a um velório judeu, mas para tocarem por uns dois dias. É que este velório Gideon, é daquele que gosta muito do luxo, da opulência, da ostentação e que reinava pela matéria ajuntada. Então envio a este velório uma grande orquestra para tocarem por uns dois dias…
Então mais visível ainda ficou o quanto eu era pequeno adiante daquele grande e forte homem branco sério da grande Van, que sempre vinha acompanhar a nós moradores da casa de madeira daquele planeta infértil, no qual escavávamos um túnel abrindo caminho rocha adentro.

O significado da visão

O planeta rochoso, arenoso e infértil:
– É a representação exata da humanidade da Terra dos dias de hoje. É o que simboliza a sociedade do ter e a infertilidade que se tornou.
A casa de madeira onde eu estava:
– É o Céu Nossa Senhora da Conceição, aqui mesmo na fazenda. Impressionante é o quanto é pequena a casa dos trabalhadores da ultima hora se comparados com o tamanho do planeta.
Todas as demais pessoas de todas as quatro raças que estavam juntas dentro desta casa:
– É os institutos ir+mãos formados por mentes universalistas. São todas as mentes já da nova era que estão aqui e agora. São todos os trabalhadores da ultima hora.
Juntas todos nós cavávamos um túnel abrindo caminho rocha adentro:
– É o que nós, mentes da nova era fazemos. Estamos através de muito suor e esforço abrindo um caminho seguro por dentro de um sistema falido e infértil.
Todos precisavam vir para dentro da casa de madeira para poderem respirar, tomar fôlego, para então poder continuar a cavar.
– Aqui é evidente. Todos os institutos irmãos após um período de trabalho necessitam vir aqui na fazenda respirar, se resfolegar novamente. As mentes universalistas da nova era certamente tem outros pulmões onde lhe permitem resfolegar. Embora o Céu Nossa Senhora da Conceição seja apenas mais uma das obras da nova era na Terra de hoje, somos a única de impacto, todas as outras são serenas. No final, lá na frente, mas não tão na frente assim, todas as demais obras irão se convergir para nós, pois é a mais pura verdade quando afirmo que esta obra é o pulmão espiritual deste planeta. Esta obra não vem da Terra.
Ouvi um homem negro e muito grande me dizer: Aqui fora sem respirar somente dois minutos e meio podemos agüentar.
– A esta altura dos acontecimentos, queridos ir+mãos de jornada, um minuto representa um mês. Aqui é a casa que te acolhe e te abastece, lhe devolvendo o ar para que possa continuar o trabalho. Independente de estar como padrinho, madrinha, fiscal ou afilhado, decididamente crie meios ao invés de desculpas e venham aqui “respirar” ao menos a cada três meses. As reuniões de padrinhos precisam ser realizadas com mais brevidade. A cada 03 meses é ficar tempo demais sem ar. Preciso ver como corrigir isto sem apertar ou exigir mais de vocês. Acrescentar maravilhosos passeios de escuna, rituais em grandes cavernas etc, sem acrescentar custos a ninguém, é algo que vejo com bons olhos e fará muito bem a todos. Mas uma coisa é certa querido: O mundo como está hoje asfixia o espírito e todos estão precisando respirar com urgência.
O grande e forte homem branco sério que chegou numa Van maior e mais forte que as que têm hoje.
– E a representação do astral superior, dos Ascensionado, que apesar da grandeza que possuem e da evidente superioridade das forças que tem, zela de nós, zelam por esta obra. Mas não sorriem neste momento porque este momento é delicado, sabem das coisas que virão daqui a pouco devido as escolhas coletivas da humanidade. Adiante deles percebo o quanto ainda sou pequenininho.
Então a visão mudou. Agora eu passeava na areia deste planeta infértil acompanhado de uma pessoa muito querida minha.
– A pessoa muita querida minha representa todos aqueles que seguram a bandeira do amor incondicional e que juntos caminhamos neste mundo abrindo pontos de luz.
Vi então uma égua branca. Junto desta pessoa amada fomos em sentido á ela, e ao se aproximar vi que era uma égua branca, de estatura média, com manchas cinza espalhadas ao longo de toda a cara, de forma que seguiam do alto nas orelhas e desciam embaixo no focinho. Embora seu corpo fosse branco estava incrustada por poeira avermelhada pelo corpo todo.
– A égua branca manchada de cinza e poeira incrustada pelo corpo todo representa a todos aqueles que um dia estiveram na luz, mas escolheram retornar ao mundanismo. Aqui se encaixam todos os que escolheram a ilusão das drogas, que escolheram o comercio do sagrado, que escolheram explorar o buscador espiritual, todos os que fingem Ser. Permanecendo no egocentrismo e orgulho, tentando vender uma ilusão de brancura e pureza em benefício próprio, se enchem de manchas cinza e ficam incrustados pela poeira do mundo.
Então vi que havia ali uma nascente de água cristalina com uns 20 cm de profundidade e uns 03 metros de diâmetro. Vi que a égua branca manchada de cinza, embora próxima a nascente cristalina, se mantinha na areia.
– A nascente cristalina é o espírito santo, que mesmo em meio a areias inférteis e secas ele se faz presente para acolher e saciar a sede e dar vida a todos que escolherem buscar por ele. Contudo, a égua branca manchada de cinza e com poeira incrustada ao longo de todo corpo, insistia em ficar no egocentrismo e no orgulho recusando as bençãos do espírito.
Então percebi pequenos movimentos na lama que se forma entre a água cristalina e a areia do fundo. Apontei os pequenos movimentos para a pessoa amada que me acompanhava, mas ela não percebia o que eu estava mostrando e continuava a brincar despercebida dos movimentos que tão claramente eu enxergava. Mostrei novamente e ela novamente não viu.
– Não é ao acaso que vim na frente para concretizar esta obra meu filho, vivo pelo espírito, a intuição é meu guia e é isto que faz de mim, atalaia. Vejo e alerto. Verdade significa Ver + dado = dado a ver. Por isto marco o local do que vi e me esforço muito para que todos também possam enxergar e desta forma se resguardar das armadilhas externas e internas, se mantendo firmes no caminho seguro. Embora eu seja pequeno, tenho consciência da grande responsabilidade que carrego.
Então entrei na pequena nascente de água cristalina e o movimento que antes seguia sentido a pessoa amada por mim, agora mudando de direção veio em meu sentido. Mostrei o movimento pela terceira vez à pessoa amada que me acompanhava. Desta vez o movimento aconteceu bem mais na superfície da lama e ela pode perceber.
– Significa que entrarei sempre cada vez mais dentro do espírito para encontrar meios de fazer a outros enxergarem. Enquanto possível for isto, farei sim. Os movimentos mudaram sentido a mim pela mesma razão que as mariposas seguem rumo ao brilho da luz dos postes.
Olhei mais de perto e vi que se tratava de um corrupto, um animalzinho de 08 pernas que vivem as escondidas nas praias do mar.
– O corrupto representa toda a humanidade que insiste em se manter no orgulho, na vaidade, no ego. Mas aquele corrupto em si estava na areia enlameada do fundo da nascente, entre a água cristalina e a areia seca infértil. A lama é sempre mais fértil que areia seca, é dela que surge o lírio. Ao passo que tanto eu como a pessoa muito querida minha ficávamos de pé e firmes dentro da nascente cristalina, aquele corrupto tentava manter-se ao menos deitado no fundo, mas afundava novamente para dentro da lama.
Compreendem queridos, ainda há o que resgatar, portanto vamos respirar e continuarmos a abrir caminho rocha adentro. É reta final!
Foi então que a pessoa amada me mostrou que havia também um grande número de corruptos saindo debaixo das areias inférteis próximas a pequena nascente de água cristalina, mas tentando subir em minhas pernas ao invés de entrarem na nascente, porque não buscavam por água cristalina. Bati com força as pernas e todos caíram de volta na areia.
– Ao passo que havia um corrupto se esforçando para se manter no fundo ao menos da nascente cristalina, nas areias inférteis havia milhares e milhares deles. Esta é a proporção existente hoje entre o buscador e o mundano. A pessoa muito querida minha representa todas as mentes da nova era, desta obra e de outras, porque caminhamos juntos. E foram trabalhadores da ultima hora das diversas partes do mundo quem me mostrou milhares de outros corruptos saindo das areias inférteis. Isto deixa claro que estes também viram por diversas vezes pessoas que chegam com lamentos, como vítimas do mundo, uma coitadinha, mas que se recusam a largar as pedras que lhes fazem sofrer devido ao apego que têm. Este é um alerta: Queridos, se deixarem eles subirão em você. Não ascenda vela boa para defunto ruim e não se equivoque, são corruptos rapaz! Faça exatamente como fiz, com uma ação decidida e com força os joguem de volta as areias inférteis de onde eles saíram. Depois retorne ao trabalho.
Vi que a égua branca com manchas cinza e poeira incrustada pelo corpo todo, não se importava com os corruptos à sua volta…
– É a real situação dos filhos da vaidade, por mais que esta verdade possa nos machucar até porque muitos deles são pessoas que amamos, eles gostam dos corruptos e das areias inférteis.
O grande e forte homem branco da Van estava comigo na casa. Havia morrido alguém. Alguém que nenhuma falta fez a esta casa de madeira. Mas havia em mim alguma ligação com a pessoa que morreu, pois eu dizia como forma de lição demonstrada, que iria mandar uma banda tocar por umas duas horas naquele velório.
– Todos vocês sabem que a justiça precede a benevolência. Há coisas neste mundo que não se pode deixar quieto, coisas que justifica sim o uso de recursos espirituais, o uso do poder da luz. Apenas observem queridos! Não derramarei uma única lágrima e o brado da vitória será ouvido no velório…
Então foi quando o grande e forte homem branco sério me disse: Estou enviando uma orquestra inteira a um velório judeu, mas para tocarem por uns dois dias. É que este velório Gideon, é daquele que gosta muito do luxo, da opulência, da ostentação e que reinava pela matéria ajuntada. Então envio a este velório uma grande orquestra para tocarem por uns dois dias…
– Queridos, o que dizer mais? É reta final e a resposta dos filhos do Ser sobre o sistema do Ter, é total. A nova era bate às portas… Mas enquanto não cruzamos a reta de chegada, vamos continuar a abrir caminho rocha adentro queridos.

Precisou de um Espírito Lakota…
Para que tudo se cumprisse.

Hoje, 07 de Março de 2011, estou há 150 dias sem beber água ou qualquer tipo de líquidos. Estou há 150 dias sem comer comida ou qualquer forma de matéria. Faz exatamente 150 dias que vivo exclusivamente do fóton que entra pelos meus olhos e do prana que entra por minha respiração. Hoje fez 147 dias que segundo a ciência atual dos homens da Terra eu deveria estar morto. Para a ciência dos homens da Terra sou uma aberração, pois me tornei capaz de sintetizar em moléculas o fóton e o prana. Consegui…
O maior problema que enfrento é ficar aqui neste mudo ao passo que estou totalmente acordado do outro lado. Estou consciente nos dois planos. Precisei sacrificar-me por que alguém precisava testificar isto frente à ciência cética dos homens. Precisei abrir mão até do sabor. Mas a humanidade da Terra não está preparada para o que estou realizando, da forma que estou realizando… E nem é necessário ser assim para que possamos construir um mundo bem melhor, resolver imediatamente todos os problemas ecológicos e de depredação da natureza. Devolver a paz e a harmonia a Paccha Mama querida.
Eu estou oferecendo o Viver de Luz em Verdade consorciado com o Vegetarianismo Simbiótico. Nele você convive com o sabor: Pode comer frutas, pode ingerir sucos, gente… Você até pode beber água com gás!
Nele você dorme, consegue dormir até umas 4 horas a cada 24 h;
Nele você fica bonito, esbelto, sem estrias e rugas, permanece muito saudável e volta a ser um garotão de tanta energia que fica pra esbanjar. Os homens perdem a gordura e com o tempo começam a ganhar músculos nas pernas e nos braços… Porque na verdade somos assim, bonitos!
As mulheres perdem a gordura, ganham curvas e com o tempo engrossam as pernas… Porque vocês são assim, lindas!
Xamã Gideon dos Lakotas.

Compartilhar

Veja Também

Livro Mensagens do Padrinho Gideon

Este livro é composto por algumas mensagens do nosso estimado professor Gideon dos Lakotas. O …