Céu Nossa Senhora da Conceição, "Xamã Gideon dos Lakotas", Hino 05 – Verdades

Hino 05 – Verdades

                         Por Xamã Gideon dos Lakotas

 

Hinário Céu Nossa Senhora da Conceição

Hinário Céu Nossa Senhora da Conceição

As tuas enfermidades de hoje, são apenas resultados
Dos teus atos e pensamentos, ainda ontem semeados

A força do espírito é ilimitada, e a tudo pode superar
Só depende do grau da firmeza das decisões que tomar

Vontade, inteligência e sensibilidade, eis as virtudes do espírito
Quanto mais desenvolvê-las, maior será o teu brilho

Amor e compaixão combinados, é o alicerce da paz a saber
A paz interior vem de dentro, da forma que deseja ver

A nossa sombra interior, é a raiz de todo o sofrimento.
Quanto mais na luz do amor, menor a sombra de cada momento.

Teus filhos talvez lhe ensinem, a paciência cultivar
Mas o inimigo é o teu mestre e a tolerância vai ti ensinar

Então não lhe demonstre ódio, mas lhe expresse o respeito
A compaixão é a tua base, mantenha-se no caminho do meio

Ensino a prática da bondade, do amor e da compaixão
Sobre toda a humanidade,  sem nenhuma distinção

O rancor, ódio e ciúme, péssima frequência emana
Tais coisas lhe roubam paz, e o caminho do nirvana

Os inimigos nos ensinam, a tolerância e a compaixão
As guerras surgem entres os homens, por falta de compreensão

Ao invés de conferências, política de falação
Reúna estas famílias num parque em uma tarde de verão

Verá que grande surpresa é a lição que vai resultar
As crianças dos pais inimigos, como irmãos irão brincar

Aprenda a treinar tua mente e cultive a paciência
A mudança virá com a prática, basta ter insistência

O amor é o centro da vida, nele apego não pode ter
Quando amar teu inimigo, será infinito o teu ser

Agora vou encerrando, este hino e aprendizado
Revigorei meu espírito, aqui no salão dourado