Sabe o que é de fato um xamã, um pajé, um feiticeiro?

 – É um médium aberto, ou seja, uma pessoa que conseguiu abrir seus canais com o universo, por isso é conectado com os planos espirituais e as forças da natureza… E é nisso em que me enquadro! Mas se tem algo que literalmente está cheio aqui no Brasil, é de índios, negros e brancos drogados e viciados em drogas dizendo-se xamãs, pajés e feiticeiros; Pessoas que pitam maconha 6 vezes por dia e afirmam que não são viciados! Pessoas subjugadas pelo vício e se mantêm na ilusão de que são pessoas espiritualizadas, iluminados etc. Ornamentam-se com cocares e roupas exóticas, pintam o rosto com urucum, seguram cachimbo, tambor e maracá, servem ayahuasca ou outros alucinógenos aos participantes, e pronto, agora são Xamãs, pajés e feiticeiros… Quanta ilusão!

Também há os que, após a beberagem da ayahuasca, assentam-se em círculo, acendem um cachimbo e forjam as incorporações, principalmente por pretos velhos e, agora “incorporados por pseudos sábias entidades”, podem dar conselhos pessoais e receitas medicinais para a humanidade… Mais forjações mentais, mais fraudes, mais ilusões! E por vezes são gente estudada e de patentes, estes tais das incorporações… Bah… Há horas que fico meio que desanimado e penso seriamente em retornar pra casa mais rapidamente.

E pelas mesmas razões de crenças e posturas como as citadas acima, por viverem quase que só em devaneios, ilusões, forjações mentais, principalmente no Brasil, será de fato quase total o desaparecimento de todas as linhas ayahuasqueiras e usuárias de outros alucinógenos, seja como santo daime, seja como união do vegetal, como pajelanças, o catimbó, umbanda, candomblé, congas etc.

Ayahuasca (santo daime ou vegetal) é um alucinógeno potente cujo princípio ativo, o DMT, encontra-se catalogado em nosso DNA, e somente por isso nosso corpo não lhe oferece resistência tal qual faz com outros princípios ativos como o tetra hidro canabinol da maconha, e outros. Todas as plantas são bênçãos, todas provêm de Deus, já que é Absoluto. Contudo, o veneno também é, e o que difere o veneno do remédio é dosagem aplicada e a via adequada de aplicação!
Existem as plantas medicinais e as plantas de poder.

As plantas de poder possuem registrados em nosso DNA seus princípios ativos, portanto, nosso corpo as aceita porque fazem parte de nosso aparelho físico. Nossa glândula pituitária produz o DMT em certos estágios de nossa jornada. Há momentos de nossa vida em que literalmente a pituitária jorra dimetiltriptamina dentro de nós.

As plantas medicinais não possuem registro em nosso DNA, por isso nosso corpo toma tais princípios ativos como moléculas invasoras e reage a elas, cria resistência a elas, as combate. E essa é a razão de que cada vez mais o usuário precisa de doses maiores do narcótico para manter a mesma sensação que na primeira vez, onde uma pequena dose foi o suficiente.

A primeira vez que o buscador comunga ayahuasca, daime ou vegetal, quase que sempre é maravilhoso devido à novidade, devido à nova experiência da consciência ampliada e maior percepção. Isso encanta de fato, mas passa! Meses mais tarde, quando passa a magia da surpresa, quando a novidade termina, em geral as pessoas comportam-se como que drogados, ou seja, vão em busca de daime ou vegetal cada vez mais fortes, como ayahuasca mel, e assim prosseguem misturando-a com outras substâncias, como cogumelos, bela dona, lírio, maconha com pasta de cocaína (merla), craque etc… Perdem-se! É comum encontrar usuários de ayahuasca há mais de um ano, viciados em drogas pesadas. Procure ler o livro “Santo Daime Revelado, Drogas, Fraudes e Mentiras”, disponível gratuitamente a todos em nosso site para leitura online e download. Também o livro do historiador Marcelo Borges, “História da Ayahuasca no Brasil” (http://historiadaayahuasca.net), que se trata de uma obra imparcial, acadêmica, possui como afirmação e referências somente os fatos históricos apurados após anos de pesquisa. Não possui qualquer conotação pessoal, mas somente o que revela os fatos.

Posso de imediato lhe adiantar que dificilmente uma igreja de santo daime na linha do padrinho Sebastião de Mota Mello não usará diversas outras drogas potentes. O próprio Sebastião foi um dependente químico, assim como quase todos seus discípulos da época e atual. Volto a dizer: Pessoas que se drogam 6 vezes ao dia e juram que não são pessoas viciadas, mas que são espiritualizadas… Aos olhos do Bom Senso são ridículas! Infelizmente são pais como estes que ensinaram aos próprios filhos a usarem drogas, já que se drogavam dentro de casa e os filhos viam. Hoje eles reclamam do pequeno desempenho dos filhos, que não se sobressaem, mas são estes somente sementes plantadas por estes pais maconheiros. Aqui no estado de São Paulo presenciei o uso intenso de drogas em pontos daimistas, como os conhecidos Céu da Lua Cheia do Leo Artese, o Céu de Maria do falecido Glauco, e etc. Preste atenção, e digo isso como aviso: Se a igreja em que foi, mantém uma foto do padrinho Sebastião, em ao menos 99% dos casos, será local de drogados e viciados, mesmo que neguem!

Retirei das drogas e dependência química aproximadamente 13 mil pessoas em 10 anos. Ensinei a usarem ayahuasca da forma que funciona, da forma que conduz para a concentração e o silêncio interior. Hoje se tornou claro a escolha de 90% dos que usam ayahuasca (daime ou vegetal) “escolheram a ilusão, a emoção, a movimentação, a racionalização, a tagarelice pensante do corpo mental… O ego! Hoje, ayahuasca, visto a forma e objetivo com que a estão utilizando, mantém no ego e na ilusão ao menos 90% dos que praticam a beberagem”.

Ayahuasca permite a pessoas espiritualmente cruas possam enxergar o plano espiritual, mas caminhar nele, não! Portanto, após uma pessoa ver de forma a não mais ter dúvidas de que existe de fato um plano espiritual, a ayahuasca perde sua validade, deixa de ser útil. Pois agora é o momento da pessoa procurar o silêncio da mente, o estado do não pensamento e que somente através da meditação se consegue, para então poder caminhar pelos planos espirituais e reconhecê-los, mesmo estando ainda encarnado. A verdade é que se manter na beberagem da ayahuasca após ter enxergado o plano espiritual ao ponto de não ter mais dúvidas de sua existência, é estar preso no ego, é escolher ficar na ilusão, é o ego entrando pela porta do fundo. Observe a presente situação dos atuais ayahuasqueiros, vejam por si mesmos! Num primeiro instante, verão que eles têm um protocolo de comportamento, tal qual os evangélicos e católicos mantém frente a sociedade. Mas quando observados por mais tempo e mais de perto, vai constatar grande devaneio, dúvidas e apegos fortes aos manifestos do ego.

A maior parte dos ayahuasqueiros de hoje, usando a justificativa de estar em busca de deus, faz uso da ayahuasca para fugir da realidade que está vivendo, tal qual fazem os viciados ao usarem maconha, outras drogas, e o alcoólatra ao ingerir álcool. E quem melhor do que eu nesta época para afirmar tal coisa? Pois mantive até 21.DEZ.2012 a maior concentração de ayahuasqueiros do Brasil e fiz que acontecesse em somente 9 anos aquilo que todas as chamadas linhas raízes, juntas, não fizeram em 60. Fiz com que todo o Brasil obtivesse um fácil acesso e também seguro, a uma forte ayahuasca sem a mistura de drogas e sem que fossem explorados comercialmente pelos comerciantes do sagrado, especialmente muito dos feitores do Acre, Rondônia, Mato Grosso que, tal qual diz um ditado mineiro, só pensam em como podem ganhar mais, e por isso vendem a própria mãe por uma nota de 100… E por isso, vivem numa miséria só!

Aqui na fazenda, realizei inúmeras vezes aos finais de semana, ri-tuais com ayahuasca para mais de 700 pessoas juntas, ao custo de somente 7 reais por pessoa. No domingo à noite ficava chateado ao conferir a caixa de oferta a qual não tinha nem ar quente, muito menos algum di-nheiro para ajudar nas grandes despesas das construções. Esta é sem dúvida a maior prova que posso lhe mostrar sobre a falta de luz da grande maioria dos que se utilizam de ayahuasca, pois uma alma de luz mantém no coração o espírito de gratidão e sempre encontra um meio de colaborar de alguma forma com o lugar que lhe auxilia, ao invés de só usufruir. Em meio a aproximadamente umas 80 mil pessoas que sustentei com ayahuasca por estes 9 anos no Brasil, somente entre 270 a 300 pessoas, através de AÇÕES de fato, somaram força com esta obra, umas outras 500 através de pequenas AÇÕES de fato fizeram alguma coisinha uma vez ou duas nestes 9 anos e, todo o restante destes 80 mil auxiliados por mim e pela OBRA que eu minha Genecilda trouxemos à Terra, apenas usufruíram, só sugaram.

Mas hoje, após a entrada da Nova Era e encerrar o ciclo da utilização das muletas espirituais em 21.12.2012, como a ayahuasca por exemplo, é uma alegria verificar a caixa de oferta após as Sessões Mediúnicas Ascensionadas, sempre há consideráveis contribuições daqueles que, mantendo no coração o espírito de gratidão, escolheram retribuir com AÇÃO ao invés de palavras vazias para nos ajudar nas altas despesas desta OBRA. Gente, os atuais frequentadores possuem um nível de consciência superior. São dispostos para o trabalho, comprometidos espiritualmente em seus princípios, praticam a meditação diária ao invés de apenas ficarem falando dela. Resumindo, hehehehehehehe, são espíritos agradecidos, mantém o Espírito de Gratidão em seus corações. Ao passo que, antes, na era antiga, quando ainda era lícito as muletas espirituais, 99% dos participantes dos rituais com ayahuasca ao irem embora diziam “muito grato padrinho, gratidão padrinho” e só 1% me procurava e dizia “como posso colaborar com a OBRA, padrinho?”. Hoje, após dezembro de 2012, hehehehehehe, 99% dos participantes ao irem embora, primeiro passam na caixa de ofertas e deixam ali sua gratidão e reconhecimento, e 1% somente só usufruiu, o qual quase sempre são os recém chegados ainda doentes e tristes. Mas logo, logo, se curam de seus males e acordam pra vida de que Deus é Absoluto, Amor e Felicidade, se tornam espirituais verdadeiramente, e então começam a somar força.

A grande verdade, meu filho, é que a maior parte dos bebedores de ayahuasca, mas não todos, são espíritos miséria e, o espírito miséria são os miseráveis. Esta turma iludida, por onde passam tiram algo das pessoas que lhes acolhem e estendem a mão e, ao lhes fecharem a porta pelo que aprontaram, cospem no prato em que comeram e na mão que os alimentou. Saiba que corri risco de vida por diversas vezes para fazer com que chegasse aqui na fazenda a melhor ayahuasca do Brasil ao custo de R$11,60 o litro e totalmente confiável, fora das drogas. Contudo, inúmeras foram as vezes que ficamos sabendo de pessoas que, ao terem acesso a nossa ayahuasca, a venderam a 500 reais o litro no mercado livre. Também tem os casos dos padrinhos que fizeram estoques com nossa ayahuasca e depois tentavam explorar comercialmente as pessoas que iam nos institutos deles buscar auxílio, fazendo com os outros exatamente tudo aquilo que malvadamente um dia fizeram com ele antes de chegarem aqui na fazenda. Por isso instituí o projeto daime para todos, onde forneci ayahuasca a todo buscador de forma que não precisasse mais de institutos se quisesse comungar ayahuasca. De forma a irem aos institutos somente se quisessem, porque gostavam do ambiente, do padrinho etc. O que teve de padrinho que se revoltou com esta atitude minha, achando um absurdo seus afilhados terem acesso também a ayahuasca, heheheheh, foram um monte! Na época lhes respondi: “Vejam, aqui na fazenda mesmo eu dando ayahuasca para todo mundo, para que eu consiga ficar um pouco sozinho, tenho quase que fazer milagre, porque o pessoal vai atrás de mim até dentro das matas, se recusam a ficar longe de mim. Quem vive em amor, mesmo que dê puxões de orelha, não fica sozinho! Porque seus afilhados não lhes procurariam mais se não por que estão faltando com o amor? Além do mais, se confiei ayahuasca a vocês, a qual eram complicadas na vida quando chegaram aqui, porque não faria o mesmo a outros que já são afilhados?”

Foi uma peneira fina, heheheheheheh… Que luz pode ter gente assim? E quem melhor que eu para afirmar tudo isso que estou afirmando, já que vivi toda essa história?

Certa vez, o irmão Irineu irritado e desanimado fechou sua obra ayahuasqueira, o Alto Santo, mas um tempo depois reabriu novamente. Hoje compreendo-lhe muito bem, com uma única diferença, tive força e decisão de não desistir do meu direito de amar e, portanto, não fechei o Céu Nossa Senhora da Conceição.

Mas a pergunta que não quer se calar é: Se voltasse ao passado, em 2003, materializaria esta OBRA novamente?

          Claro que sim, querido! Hehehehehehehehe, me sinto 100% rea-lizado por tudo que propiciei que acontecesse na Terra, e mais, independente destes que ainda dormem aceitarem ou não, deixei uma semente plantada dentro de todos eles, sem exceções, que num dado momento de suas vidas mantiveram contato comigo nesta OBRA. Estas sementes brotam, crescem e frutificam ao longo do tempo permitindo a estes dorminhocos preguiçosos acordarem para o espírito e despertarem para Luz. Isso por si só compensou cada gota de desgosto, traição e sofrimento que precisei suportar sem que desistisse do meu direito de amar. E outro ponto por demais importante para mim, é que tive a honra e o privilégio de levar à mente de todos estes, uma consciência maior sobre quem de fato é o Mestre Jesus, nosso irmão mais velho e diretor desta escola. O amigo de todas as horas, aquele em que pode confiar porque jamais vai lhe trair ou desamparar. Só para poder apresentar novamente a Verdade Feliz, Alegre, Amorosa, Magnética e Una com a Mente Universal que é o Mestre Jesus, ah… faria sim tudo novamente, querido heheheheheh! Eu, você, todos nós, não passamos de meras criancinhas se comparado a Ele, e esta é a mais pura verdade, meu filho… O Mestre Jesus é um objetivo a ser alcançado por todos nós e o que eu, você, todos nós, queremos em espírito, é ser como Ele quando crescermos hehehehehehe. Para que tenha uma ideia querido, imagine uma criança de 7 anos de mãos dadas com um homem completamente formado aos 40 anos. Percebe a  diferença de consciência e expressão na força, visão, capacidade de ação, compreensão do universo etc, que há entre a criança de 7 anos com o homem de 40? Então, querido, a humanidade é a criança de 7… Simples assim!

Para mim é um prazer e uma grande alegria, apresentar o meu Mestre às mentes dos buscadores, bem como desconstruir de suas mentes aquela figura moribunda e subjugada numa cruz criada e transmitida pelas religiões e governos.

Recebi recentemente uma mensagem onde um grupo de franceses desejam comprar de mim a Ayahuasca da Lua Azul que age com intensidade por mais de 24 horas antes de começar a diminuir a força. Me ofereceram 150 euros por litro sem ao menos me perguntarem se vendo ou comercializo com tais coisas… Depois não compreendem porque o plano espiritual ensinou tais segredos a mim e não a outros.

      EMAIL
———- Mensagem encaminhada ———- De: Marcos Moenda <marcosmoenda………@…………>Data: 13 de outubro de 2014 13:26

Assunto: Ao Sr.Gideon dos Lakotas

Para: padrinhogideondoslakotas@gmail.com

 Meu nome é Marcos, sou filho de pai brasileiro e mãe francesa. Tenho 39 anos e estou morando definitivamente na França desde 1999, há 15 anos. Mas estou de passagem aqui no Brasil, a negócios no Paraná, devo permanecer até dia 18, sábado. Sr.Gideon, comungo ayahuasca desde 1994, comecei no RJ, depois viajei para o Amazonas, Peru e Venezuela e ao me mudar para Borgonha apresentei ayahuasca para esta região da França.  Havia excelentes e famosos vinhos em Dijon e Beaune, uma das melhores gastronomia francesa e os melhores queijos e escargot do país, mas ayahausca nem conheciam. Existem igrejas neo-cristãs ayahuasqueiras na Alemanha, Belgica, Holanda e outros, é fácil de se chegar a elas.  Mas conheci um grupo de franceses que estiveram por muitos dias em curso na sua fazenda e experimentaram a ayahausca da lua azul. O que disseram é surpreendente, extraordinário. Ingeriram 50 ml desta ayahuasca que vocês fazem as 21h de sábado e se mantiveram na força, uma força forte, forte, forte, muito forte, assim eles enfatizaram, até ao meio dia de domingo. Também relataram que não houve enjoo neles e não viram ninguém presente no ritual vomitarem. O grupo francês também disse que se fosse contatar o senhor, que seria sábio de minha parte ser objetivo, claro e sincero sobre minhas intenções, caso cntrário nasceria morta esta relação. 

 

Por isto estou lhe escrevendo Gideon, porque na Europa estes vendem uma ayahausca grossa e ingerindo 100 ml a cada hora e meia, se mantém na força. Eu costumo beber 4 doses de 100 ml para rituais fortes de 6 horas, quase todos na França ingerem 400 ml dela ao longo da noite. Ayahausca como esta é vendida na Europa a 150 euros o litro, principalmente pelos vendedores do Brasil e Peru. Em certos países realizam drug tourism cobrando de U$ 800 a 1400 por pessoa. Sr.Gideon, como expliquei com franqueza e sinceridade a minha história de vida, pode perceber que tenho um grupo de pessoas na Europa que vão adorar beber desta sua ayahausca da lua azul. Se o senhor puder me receber em sua fazenda e permitir que experimente desta ayahuasca que tenho certeza que será incrível, divinal, poderei dizer ao meu grupo na Europa que os franceses não exageraram, que é tudo tal qual disseram e, claro, desde que o senhor concorde estamos dispostos a fazer uma encomenda de 600 litros desta sua ayahuasca da lua azul com o pagamento 50% adiantados e os outros 50% após embarcada. 

Como disse estarei no Brasil até dia 18, estou a disposicao.

Aguardo retorno.

Marcos Moenda.

 

      EMAIL
———- Mensagem encaminhada ———- De: Gideon dos Lakota <padrinhogideondoslakotas@gmail.com>

Data: 14 de outubro de 2014 12:54

Assunto: Fwd: Ao Sr.Gideon dos Lakotas – 150 euros o litro de ayahuasca

 Senhor Marcos Moenda, refleti muito sobre o que te escrever em resposta, mas percebo que os franceses não te colocaram a par de muitas coisas, o que te faz inocente.

É o seguinte, quanto a você experimentar a ayahuasca da lua azul, pode vir aqui na fazenda entre hoje a noite e quinta feira de manhã, que ministrarei um ritual para você com esta ayahuasca. Contudo irá permanecer aqui conosco durante 36 horas após o início do ritual. Para alguém mais experiente permitiria que com somente 24h após a ingestão da ayahuasca da lua azul, pudesse partir, mas no seu caso a qual é visível que nada sabe e tudo desconhece, será somente 36h após.

Quanto a você comprar de mim esta ferramenta joia, lhe será impossível agora e por toda esta encarnação sua… Compreendeu? Então não toque mais neste assunto comigo.

Quanto aos referido franceses que me indicaram, aconselho-os a permanecerem por lá mesmo na França.

 

Xamã Gideon dos Lakotas.

 

Vou deixar aqui uma pequena mensagem a estes dorminhocos que insistem em usar muletas espirituais como é a ayahuasca, bem como para todos aqueles que desejam acordar para a vida e despertar para o Espírito:

O texto abaixo é uma parte do livro “A Inoptável Busca do Ser…” que estou para terminar de escrever:

“Vou te lembrar de alguns segredinhos, querido. A capacidade de pensar é somente uma das manifestações da Essência, que é você. Portanto, você não é seu pensamento, você está além dos pensamentos que pensa. Os pensamentos são simplesmente uma das múltiplas manifestações de Você Essência, através de uma máquina pensante que está conectado no momento para experienciar o plano da matéria grosseira, o plano da ilusão. Você Essência é a consciência que vem antes do pensamento, das emoções, das sensações e das movimentações. Você Essência é a consciência que permanece quando no silêncio pleno da mente, na ausência plena das emoções, sensações e movimentações. O que pensar, será, se materializará, mas somente porque é Você Essência por detrás criando para experienciar. Está insatisfeito com as situações que vive? Está descontente com a forma com que está vivendo? Se sente infeliz com os fatos da vida? Saiba que os acontecimentos nada têm a ver com sua insatisfação, descontentamento e infelicidade, mas somente os pensamentos que pensa sobre a situação que está vivendo é que fez existirem tais emoções. Ver o que se tem para ser visto se faz sem a presença de emoções, mas somente observando os fatos que observa. Trabalha com vendas e neste semestre quase nada vendeu, está falido, está em desgraça!    Ora, querido, se sentir triste, derrotado e falido são somente emoções. Ponham-nas de lado, atenha-se aos fatos e veja o que se tem para ser visto. Talvez o produto que esteja vendendo seja de pouca aceitação ao consumidor, mas sempre há inúmeros produtos bem aceitos no mercado que você pode passar a vender! A mente racional age por referências como preto e branco, alto e baixo, triste e alegre, bem e mal, santo e pecador, justo e ímpio, deus e diabo, tudo isto é relativo, ilusório, não é Absoluto. O que existe neste mundo, filho, é causa e efeito, portanto, deixe as emoções de lado, veja o que há para ser visto e a partir deste ponto dê a causa certa que obterá o efeito desejado… Simples assim!

    Quando se medita, quando se vive o silencio da mente, sentimos a harmonia do universo e percebemos que fazemos parte dela. É a ferramenta pensante, o ego, quem desfragmenta pelos pensamentos que pensa tudo aquilo que está a sua volta e que por isso não percebe o “Todo Absoluto, Único e Harmônico” que o cerca. A ordem científica dos maquinários, construções, planejamentos etc, agrada a mente racional já que ela alcança o entendimento de tais coisas, mas a ordem natural do “Todo Absoluto, Único e Harmônico”, somente no silêncio pleno da mente se pode alcançar. A mente racional tende a avaliar, julgar, medir, comparar, dar nomes. A mente racional pensa avaliando, pensa julgando, pensa medindo, pensa comparando, pensa nomeando. Para despertar precisa primeiro ficar fora da avaliação, do julgamento, da medição, da comparação e da nomeação, pois somente fora de tudo isso é que percebe-se o “Todo Absoluto, Único e Harmônico… Somente a meditação lhe permite alcançar isso!

    Agora feche seus olhos e se concentre exclusivamente na audição. Tudo que vai fazer é ouvir sem pensar sobre o que está ouvindo, apenas ouvir os sons do ambiente em que se encontra no momento. Apenas ouvir sem avaliar, julgar, medir, comparar, dar nomes. Quando conseguir realizar isso, perceberá a interconexão de todas as coisas.

    Comece também a observar-se como uma terceira pessoa. Veja os pensamentos que está pensando, apenas observe os pensamentos que pensa sem avaliar, julgar, medir, comparar,  nomear. Faça este exercício e verá como a mente racional age, se comporta, tece. A meditação lhe permite alcançar isso! Quando isso conseguir fazer hehehehe, perceberá que você é a consciência que está observando os pensamentos pensado pelo ego. Sempre que puder observar a vida sem pensar e, portanto, sem avaliar, sem julgar, sem medir, sem comparar, sem dar nomes, viverá a felicidade da magia do “Todo Absoluto, Único e Harmônico”, indizível e inseparável.”

Segue abaixo, com o único intuito de esclarecer e não de denegrir, o que revelaram os fatos históricos pesquisados por anos sobre a vida dos fundadores do Santo Daime, Daime e União do Vegetal.

Sebastião de Mota Mello (O padrinho Sebastião fundador do Santo Daime – Cefluris):

Os fatos históricos do padrinho Sebastião revelam qualidades de um homem de pulso forte, decisão e ação. Manifestava natural liderança e era convicto no que afirmava, o que por sinal fazia com que as pessoas lhe dessem crédito. Após tentar sem sucesso implantar a bandeira da santa maria (maconha) dentro do Alto Santo após a morte do mestre Irineu em 1971, revoltado saiu e foi para a Colônia 5000, seguido ao menos da metade do povo de lá que, contudo, bastou poucos meses para que quase 100% deles retornassem para o Alto Santo inconformados com o padrinho Sebastião.

Padrinho Sebastião teve um sonho bonito de fundar a nova Jerusalém, um mundo mais livre e digno, de mais paz e tranquilidade para o povo. Pesquisas históricas revelam que o grande problema que o padrinho Sebastião enfrentou foi o vício em drogas. Padrinho Sebastião Mota de Mello era dependente químico e, segundo comentários dentro do próprio santo daime, padrinho Sebastião teria morrido por overdose, na igreja daimista Céu Rainha do Mar de Marco Imperial, localizada na pedra de Guaratiba no Rio de Janeiro.

Inseriu na ayahuasca o uso das drogas e do comércio para ganho de renda. A base doutrinária do santo daime é o uso da “santa maria”, que é como denominam a maconha. Mas muitos há lá que se drogam com o que tiver em mãos. Padrinho Sebastião se dizendo encarnação de São João Batista respondeu nos tribunais ainda em vida, pelo porte de 60 kg de maconha. Hoje o santo daime fundado pelo padrinho Sebastião é investigado pelo Ministério Público Federal do Brasil por crimes de narcotráfico, assassinatos de diversas pessoas etc.

Nota pessoal do autor: Aqui, eu (Xamã Gideon dos Lakotas), direi minha opinião pessoal sobre o padrinho Sebastião, portanto, essa parte são minhas observações e não fatos históricos. Ele teria sido um líder de luz se não houvesse se perdido nas drogas que o destruíram e o mantiveram na ilusão e em devaneios. Padrinho Sebastião tinha sim grandes qualidades, mas que se perderam corroídas pelas drogas que o rebaixou de mente sã para um mero dependente químico e preso na ilusão. Foram as drogas inclusive, e a começar pela nociva maconha, quem destruiu o padrinho Sebastião e o lindo sonho que tinha. Mais uma vez, são essas malditas drogas destruindo vidas!

José Gabriel da Costa (mestre Gabriel fundador da União do Vegetal):

A pesquisa histórica do mestre Gabriel que fundou a União do Vegetal, revela um buscador e homem de bom coração, embora de pouca cultura e semianalfabeto. Era convicto de suas ideias, tinha natural liderança e capacidade de ação. As pesquisas históricas acadêmicas revelam que sempre honrou seus compromissos pagando suas dívidas, que não explorava comercialmente a boa fé alheia, que não usava e ainda combatia as drogas. Passagens registradas de sua vida apontam decepções quanto à consideração de seus discípulos sobre si mesmo. Morreu doente e abandonado num hospital de Brasília DF, de câncer no cérebro. Embora no início da década de 70 no Brasil já houvesse relativa facilidade dos meios de transportes (rodoviário, ferroviário e aviação principalmente entre capitais) após falecer, mestre Gabriel foi enterrado como indigente num cemitério público do Distrito Federal e como indigente permaneceu por 2 meses, antes que alguém fizesse alguma coisa.

Após sua morte em 1971, a União do Vegetal criou e apregoou sobre um mestre Gabriel mítico, cujos fatos históricos pesquisados academicamente revelam exatamente o contrário. Os fatos históricos sobre a vida de mestre Gabriel revelaram também um homem com um grande ego, que viveu em devaneios da mente, preconceitos, ignorância científica e espiritual.

As pesquisas históricas mostram que mestre Gabriel saiu da Bahia fugido da polícia, se submeteu ao trabalho escravo nas suntas (seringais), revelam também o racismo e a megalomania. Segundo pesquisa histórica profunda, acadêmica e recente, mestre Gabriel, por vezes dava a entender ser a encarnação na Terra do próprio Sol (astro rei de nosso sistema solar); Da santíssima trindade (Pai, Filho e Espírito Santo) era um destes três. Bem como a reencarnação de Adão (pai da humanidade), Jó (Bíblia – o rei da paciência), Caiano o sacerdote de Salomão. Também teria sido ele quem apresentou a ayahuasca aos Maias e Incas (portanto, ao mundo, já que deles ela veio) e assim seguem diversas outras constatações. A história da criação escrita pelo mestre Gabriel e que é a base doutrinária da União do Vegetal, segundo historiadores, deixa especificado a inferioridade dos que têm peles manchadas (escura). Embora a União do Vegetal possua pequeno número de membros e talvez seja uma das menores linhas ayahuasqueiras do Brasil, está sendo investigada pelo Ministério Público Federal do Brasil pelos crimes de Racismo e Eugenia.  Membros de mais de 18 anos de UDV, que ocuparam em sua hierarquia cargos como o de mestre ou de outras posições, falam também dos crimes de sonegação fiscal e meio ambiente. Existem muitos relatos sobre a UDV que é comum o uso escondido de drogas como LSD e maconha por parte de muito de seus mestres e discípulos.

Ouvi por diversas vezes de pessoas que estiveram na UDV e ao longo dos anos dela se afastaram, que no início, tiveram sim certo receio de vingança pelo poder espiritual da magia do mestre Gabriel e mestres ativos de UDV. Mas à medida que passaram os meses, eles compreenderam que se tratava apenas de meras ameaças e tolices da UDV, que de fato nenhum poder da magia ou espiritual possuiu o mestre Gabriel e menos ainda possui hoje os atuais mestres da UDV. Que se tratava da mesma lavagem cerebral que fazem em seus membros as igrejas evangélicas, católica, e terreiros de macumba, ao criarem o mito de um perseguidor poderoso, e assim dominar o membro através do medo. Tudo isso, acrescentaram, foi para que não falassem a outros as coisas presenciadas lá dentro. E, ao perceberem que nenhum poder possui esse povo, resolveram narrar a outros como funciona e o que viram dentro da União do Vegetal.

O livro acadêmico “História da Ayahuasca no Brasil” do historiador Marcelo Borges, que com profundidade pesquisou 10 anos os fatos históricos levantados sobre a vida dos fundadores das chamadas linhas raízes da ayahuasca no Brasil, lançado em 2011, relata os fatos acontecidos de uma ótica íntegra, translúcida e impessoal.

Recentemente, num dos cursos aqui na fazenda, esteve um senhor, professor de universidades, que esteve recentemente na União do Vegetal, e relatou que a UDV atualmente está lendo no início de suas sessões, um registro da vida comum que teve o mestre Gabriel onde cita as coisas comuns e tradicionais que faz qualquer homem comum e mediano da sociedade. Confesso que fiquei surpreso, pois estes fatos, antes das pesquisas feitas por nós, até onde sabemos eu e outros es membros da UDV, eram mantidos escondidos da sociedade e mesmo de seus associados, pois pregavam o “mito Gabriel”, contando estorinhas dele como se ele tivesse sido uma espécie de salvador espiritual da Terra, como um semideus ou algo assim.

Raimundo Irineu Serra (mestre Irineu):

O mestre Irineu fundador do daime, descendente de escravos, é uma alma maravilhosa, amiga, muito amorosa, agia de bom coração. Alma nobre, honesto e esforçado fez a diferença para melhor na vida de muita gente. Contudo, embora bom amigo e irmão, o fato é que não atingiu a iluminação e o histórico de sua vida confirma isso claramente. Viveu alguns devaneios como qualquer outro buscador que ainda está se espiritualizando. Entre ser boa pessoa e se iluminar há uma distância considerável, meu filho! Há fatos constatados por pesquisas tanto no meio como no final de sua encarnação que são condutas de uma mente racional ativa e não de uma mente iluminada. Contudo, mestre Irineu sempre foi amoroso tanto quanto quis bem a toda a humanidade.

Compartilhar

Veja Também

INVESTIGAÇÃO DA REVISTA SUPER INTERESSANTE

Nunca tinha procurado saber fosse o que fosse sobre um dos espíritas mais falados de …