Aldebaran – Touro

Aldebaran é a estrela mais brilhante da constelação de Touro representando o seu olho. É aquela estrela vermelha que fica mais ao centro do céu, seguindo uma linha a partir das “Três Marias” ou o cinturão da constelação de Orion. Sendo a estrela mais brilhante da constelação, também é denominada de Alpha Tauri (α Tau).

O nome Aldebaran vem de uma derivação da expressão árabe al-dabarān que significa “Aquela que Segue”, pois a estrela parece que está perseguindo o aglomerado de estrelas chamado de Plêiades – também conhecida como o Coração do Touro ou Chave do Céu.

Constelação de Touro

No Hemisfério Norte ficou conhecida como uma das 04 estrelas reis, pois estava ligada ao equinócio de outono, determinado o início desta estação.

Brilho real de Aldebaran

Os Persas, há 3000 anos, dividiram a abóboda celeste em quatro partes, correspondentes às quatro estações, e seus marcos iniciais eram quatro estrelas. Por este motivo, ficaram conhecidas como estrelas-reis, ou guardiãs do céu, sendo duas estrelas com brilho pálido e duas com brilho avermelhado:

  • Aldebarã de Touro – Outono;
  • Fomalhaut de Peixe Austral – Inverno;
  • Antares de Escorpião – Primavera;
  • Régulus de Leão – Verão.
Comparação tamanho Aldebarã

Aldebaran é uma Gigante Vermelha que está a 65,1 anos-luz da terra. É um estrela muito luminosa com 150 vezes o brilho do Sol, e 38 vezes o seu tamanho, com temperatura de 4.000º K (considerada fria) . 

Apesar de ser muito grande, possui apenas 1,2 vezes a massa do nosso sol, isto ocorre pois a estrela está nos momentos finais da sua vida, quando o combustível que a mantinha começa acabar, forçando uma guerra entre a energia gerada e a gravidade. A estrela vai expandindo até que, em um certo limite, entra em colapso, explodindo.

Compartilhar

Veja Também

Lua de Sangue

A Lua de Sangue ou Lua Vermelha, é conhecida por este nome devido a coloração …