DEUS do Amor e da Felicidade

Foi o DEUS do Amor e Felicidade quem te criou. Fez-te a imagem e a semelhança Dele.
Daquele quem criou o homem sua imagem e semelhança não originou a negatividade.
Daquele quem criou o homem sua imagem e semelhança não originou a mediocridade.
Daquele quem criou o homem sua imagem e semelhança não originou a leviandade, nem o egoísmo, nem as doenças, nem a racionalização, nem a ignorância das causas.
Daquele quem criou o homem sua imagem e semelhança não originou a infelicidade e as tristezas.
Negatividade, mediocridade, leviandade, egoísmo, doenças, racionalização, a ignorância das causas, a infelicidade, tristezas, são como o nevoeiro que tenta esconder o sol da vida que é você. Mas, quando através da coragem desperta para o sol da vida que é, renasce e dissipa imediatamente o nevoeiro da negatividade, mediocridade, leviandade, egoísmo, doenças, racionalização, a ignorância das causas. Com a coragem desapareceu o medo e por consequência desapareceu toda forma de infelicidade e tristezas.
Certa vez um homem revoltado com a realidade que vivia me indagou:
– Xamã Gideon, por que DEUS sendo todo Amor como o senhor diz, não acaba logo com o sofrimento? Por que não envia logo pra Terra Mentes capazes disso fazer? Olhei-o serenamente e respondi:
– DEUS é tamanho AMOR que nos ama a tal ponto de nos ter dado o mesmo poder da CRIAÇÃO que tem. ELE não criou o sofrimento, a mente do homem foi quem criou. A humanidade precisa focar mais sua mente no que é real como o Amor e a Felicidade, e menos na ilusão como o medo e a culpa. E DEUS envia sim de tempos em tempos os irmãos mais velhos que ensinam a humanidade como alcançar as mudanças na mente e no coração as quais conduzem para as plenitudes do Amor e Felicidade. Acaso não estou fazendo isso nesse momento, com o senhor inclusive? E ainda sou o caçula dos irmãos, o mais novo dentre todos. Os grandes de fato estão acima de mim! Contudo, mesmo assim, acaso não venho ensinando a LIBERTAÇÃO aos que querem crescer, desconstruindo os dogmas e tabus que aprisionam na ilusão? Acaso não venho ensinando que há a lei da causa e efeito? Que não há o tal do pecado, ou débitos cármicos, ou punições, ou certo e errado?
Acaso não tenho ensinado que sua vida é resultado das escolhas que fez e que existem as escolhas que funcionam ou não funcionam segundo a experiência que escolheu experienciar? Eu tenho ensinado!
Queremos a construção de um mundo melhor, mas não se faz isto com um toque de varinha de condão. Levar a compreensão que permite ao buscador alterar sua consciência para o que é real, este é o caminho. O esforço próprio do buscador é necessário existir para que haja mudanças para o real. Nós estimulamos o ser humano a se tornar um ser melhor e dar o melhor de si em cada atitude que tomar e pensamentos que pensar, se tornando também uma inspiração nos movimentos da vida. Agir assim é a escolha que funciona.
Quantas vezes pessoas procuraram se aproximar de mim só para pedirem que eu usasse das forças ocultas para atender seus pedidos vaidosos, egoístas. Já me pediram por saúde, por riquezas, para viver uma grande paixão e certa vez me pediram até para que lhe nascesse cabelos. Inclusive esta é uma das razões porque tenho me mantido mais isolado. De um período pra cá procuro manter contato com as pessoas apenas em cursos, aulas e palestras. Ensino o que tenho a ensinar e da exata forma que o grupo presente necessita, então me retiro e evito maiores proximidades. Infelizmente a mente racional tem dificuldades de enxergar a simplicidade com que vivem os “irmãos mais velhos”. Confundem a simplicidade com que vivemos, a pureza com que nos manifestamos e mesmo falhas que cometemos, como sendo tolice e ingenuidade. Portanto, eu, tal quais tantos outros antes de mim, num determinado momento de nossas vidas escolhemos nos resignar, mesmo continuando a preparar homens e mulheres a se despertarem para os trabalhadores da Luz. Uma mulher aqui no Céu Nossa Senhora da Conceição certa vez afirmou:
– Aprendi de onde vim que um mestre não pode usar de seus poderes para inverter situações, pois as consequências disto é perturbar os espíritos que haviam se aquietado, desequilibrar os elementais que através de contato com a aura da pessoa acelera o carma, que tais coisas podem prejudicar uma pessoa despreparada. Que por isto os mestres não usam do poder que possuem! Após um singelo olhar, respondi:
– O que é o poder senão a compreensão e domínio das energias? Todo ser humano possui o poder e o usa, segundo a compreensão e domínio das energias que tem. Nós “irmãos mais velhos” da Terra não somos diferentes disso, possuímos poder segundo a compreensão e domínio das energias que temos e usamos sim este poder, mas da forma que precisa ser e não da forma que talvez gostasse que fosse. A Poção Alquímica da Transmutação é uma forma deste poder. Trazer o sol e o céu azul ou a chuva e os trovões, encerrar o vento, abrir o céu em estrelas, descer a névoa da serra, acaso tudo isto já não é o uso do poder? Por vezes até demonstramos o poder com maior impacto para que as pessoas vejam que é possível sim, e se abram para o real. Contudo, neste mundo há os mestres iludidos e mestres da vaidade. Que falando, nada realizam. Que ensinam teorias de situações que jamais viveram e, portanto, sem Ser este conhecimento. Tais mestres iludidos são os ensinadores de dogmas e tabus, que prendem no irreal, na ilusão. Por vezes procuram encartar o cabresto da culpa e do medo em outros homens, para assim poder explorá-los como lhes convier. Para enganar falam até sobre elementais desequilibrados que aceleram o carma!
DEUS é Amor e Felicidade! Onde estaria o Absolutismo de DEUS se existisse o Carma ou a necessidade de qualquer forma de débito? Você nasceu livre, todo poder já é teu! PAPAI do céu nos diz o tempo todo:
“Vivam e brinquem com intensidade. Tudo isto é um parque de diversões que construí para vocês porque assim me pediram. Fiz de forma que nada pudesse dar errado, o seu retorno é garantido! Eu os amo meus filhos, vocês são a coisa mais linda que fiz!”
À medida que o ser humano vai despertando para o que é real e começa a perceber que tudo é criação de sua mente, começa a receber informações e conhecimentos de forma abstrata e intuitiva aonde não ocorrem imagens e ou palavras. No meu caso simplesmente sei e/ou quando acordo está tudo impresso em minha mente sobre o que fazer, como fazer, quando e onde fazer. É assim que o silencioso Cristo interno age em nós. Por isto sei da unidade do homem com o todo e com todos os seres viventes. De tal sorte é isto, que o crescimento e despertar de um único homem implica no crescimento e despertar de muitos outros. Abaixo do céu todo homem é igual. Uns relembram mais e outros menos, só isto querido! Mesmo que falando línguas diferentes e vestindo roupas distintas ou até sem vesti-las. Mesmo que com crenças, religiões e igrejas diferentes, sei que nada disso importa, “Somos Um!”.
Por isto nós “irmãos mais velhos da Terra”, mesmo que caçulinha do grupo como eu, se esforça para fazer com que cada ser humano acorde para o que é real e verdadeiro, para serem altruístas e compassivos. Procuro empenhar toda minha energia espiritual para a condução dos seres rumo ao desapego e bondade. Tenho me esforçado para conduzir até mesmo o homem agitado para a meditação, para o silencio interior. O homem agitado é vítima das situações e um escravo do destino. É um escravo que pensa ser livre. Mas ao buscar o silêncio da mente na meditação, vai se deparar com os demônios internos construídos pelos maus hábitos mentais que adquiriu. Então enxergou e agora sabe contra o que lutar!
Desejo a todos vocês que vivam o Amor e a Felicidade.

Muito Obrigado a todos por existirem…
Xamã Gideon dos Lakotas

Compartilhar

Veja Também

A Pergunta Óbvia

Compartilhar