Chuva de Meteoros ou Estrelas Cadentes

O planeta Terra é bombardeado constantemente por Meteoritos. Basta ficarmos olhando para um local fixo no céu noturno, que verá alguma estrela cadente, ou seja, esses meteoritos colidindo com a nossa atmosfera.

Já o fenômeno denominado Chuva de Meteoros, ocorre quando há um aumento considerável no número de estrelas cadentes, passando de mais de 1000 estrelas cadentes em apenas uma hora.

Geralmente, esse aumento ocorre quando o planeta passa pelo rastro de poeira deixado pelos cometas.

A comunidade científica estabelece que Meteoritos é o nome dado a todas estas rochas que colidem com nosso planeta, já o Meteoro é o fenômeno, aquela luz brilhante, que o meteorito causa quando colide com nossa atmosfera.

 

Entendendo como acontece a CHUVA DE METEOROS.

Tudo começa com os Cometas.

 

Os cometas são corpos formados por rochas, poeira, gases e água congelada, orbitando o sol, geralmente com orbitas tão distantes que demoram décadas, e até séculos.

Em sua maior parte do tempo, são bem frios, mas quando começam a se aproximar do Sol, se aquecem, provocando o desprendimento de partículas e grãos, formando aquela famosa calda.

Esses materiais que são liberados do cometa, não somem completamente, ficando um rastro de detritos, é uma espécie de lixo deixado quando ele passa.

Assim, quando o planeta passa por esses detritos, ocorre um aumento da quantidade de estrelas cadentes, que chamamos de Chuva de Meteoros.

O forte atrito dos objetos sólidos com os gases da nossa atmosfera, ocorre em uma altura de aproximadamente 50km, em uma camada de nome alta atmosfera.

Chuvas de Meteoros que Ocorrem Regularmente

As chuvas de meteoros, por serem formadas pelos rastros de cometas, podem ser previstas com certa precisão, razão pela qual é possível dizer quando acontecerão.

Existem chuvas bem famosas que acontecem com frequência, e com muita intensidade.

As chuvas de meteoros ganham até nome, que é caracterizado pela região do céu que ela ocorre. Essa região é denominada de Radiante, ou seja, de onde irradiam os meteoros.

 

Geminídeas: A Chuva de Meteoros mais forte !!!

As Geminídeas, tem esse nome pois parecem vir diretamente da constelação de Gêmeos, nenhuma outra chuva é tão intensa e/ou brilhante, por isso é tão aguardada por observadores do céu noturno. Seu período de atividade geralmente ocorre na primeira quinzena do mês de Dezembro.

 

Maior Meteoro do Século:

Segundo a NASA  o maior meteorito a atingir a Terra nos últimos 30 anos aconteceu no dia 18 de dezembro de 2018 . A bola de fogo caiu no mar Bering no norte do Oceano Pacífico.

Se não fossem por satélites detectarem o fenômeno ninguém saberia que isso aconteceu.

 

Principais Chuvas de Meteoros

 

QUADRANTÍDEOS

LIRÍDEOS

AQUARÍDEOS

DELTA AQUARÍDEOS

AlFA CAPRICORNÍDEOS

PERSEIDAS

ORIONÍDEOS

TÁURIDAS DO SUL

TÁURIDAS DO NORTE

LEONÍDEOS

GEMINÍDEAS

URSÍDEAS

Compartilhar

Veja Também

Lua de Sangue

A Lua de Sangue ou Lua Vermelha, é conhecida por este nome devido a coloração …