As 15 Estrelas Mais Brilhantes do Céu

Apresentamos as 15 Estrelas mais brilhantes, o nome de cada uma, sua magnitude e a qual constelação pertence.

Vistas à partir do planeta Terra, o brilho das estrelas são medidas em magnitudes aparentes no espectro visível, sendo que por esta medida, quanto maior o número menor será o brilho da estrela. Assim, o Sol que possui magnitude -26,7 é mais brilhante que a estrela Alfa Centauro, que possui magnitude 0,61.

Mas é bom destacar que, embora tenham estrelas muito brilhantes, isso não significa que tenham um tamanho maior que as outras estrelas menos brilhantes. Na verdade, pelas vastas distancias do nosso universo, estrelas gigantes podem quase desaparecer no céu por estarem a bilhões de anos luz de nós, enquanto outras muito menores, por estarem bem mais perto, apresentam um brilho maior.

História da Magnitude

Na Grécia antiga, os grandes filósofos e pensadores começaram a classificar as estrelas, e para uniformizar essa classificação dividiram em 6 magnitudes. A magnitude 01 se atribuía as estrelas mais brilhantes, enquanto a magnitude 06 as estrelas mais tênues. Tais informações são confirmadas por Ptolemeu em seu Almagesto.

Ocorre que esta escala era muito rudimentar, e com o surgimento da ciência moderna, também surgiu a necessidade de se criar uma escala de brilho mensurável, como ocorreu com a padronização das medidas de distância, tempo, peso entre outros.

Assim, em 1856, criou-se uma padronização para medir o brilho das estrelas, foi definido por Norman Robert Pogson que uma estrela de primeira magnitude é 100 vezes mais brilhante do que uma estrela de sexta magnitude.

Trocando em miúdos, uma estrela de magnitude 01 brilha 2,5 vezes mais que uma estrela de magnitude 02, e esta brilha 2,5 vezes mais que a magnitude 03, e assim por diante.

Mas ainda faltava definir qual seria a estrela que daria início a esta escala, qual seria o brilho de referência 0, o marco inicial, a magnitude 0, da qual todas as demais estrelas poderiam ser classificadas?

Pela importância cultural da estrela Polaris, e tendo esta um brilho forte, inicialmente tentaram utilizá-la como referência, porém ela possui um brilho muito variável, tornando impossível ter uma medida precisa.

Finalmente, para sanar o conflito, foi definido que a magnitude 0 tem o exato brilho da estrela Vega.

Lista das 15 estrelas mais brilhantes:

Antes de listar as estrelas, importante saber que esta lista segue o conhecimento comum e aparente como é visível a olho nu. Destacamos esta informação, pois, como ocorre na estrela Sirius, na verdade há a conjunção de duas estrelas que aparentemente parece apenas 01.

Assim, sem mais delongas vamos as 15 estrelas mais brilhantes do nosso céu:

 

Nome da estrela – Constelação – Magnitude Aparente

  1. Sol           – nenhuma  –           -26,72
  2. Sirius       – Cão Maior –          -1,46
  3. Canopus – Quilha –                 -0,72
  4. Alpha Centauri  – Centauro –             -0,28
  5. Arcturus  – Boieiro –              -0,05
  6. Vega         – Lira –                     0,03
  7. Capella     – Auriga / Cocheiro –            0,08
  8. Rigel         – Orion –                   0,12
  9. Procyon    – Cão Menor  –        0,38
  10. Achernar  – Erídano –              0,46
  11. Betelgeuse – Orion –                 0,50
  12. Hadar        – Centauro –            0,61
  13. Aldebaran – Touro –                 0,85
  14. Antares      – Escorpião –          0,96
  15. Spica          – Virgem –               0,98
  16. Regulus     – Leão –                 +1,09

 

Mas você pode estar se perguntado, onde está a estrela D’alva, mais conhecida como a estrela da manhã?

A estrela D’alva, na verdade é o plante Vênus, assim, não possui brilho próprio, mas somente reflete a luz do próprio sol.

Assim, embora já tenha visto este corpo celeste, e deve ter percebido que parece uma estrela, e se fosse uma estrela seria a mais brilhante do céu, o planeta irmão da terra não possui brilho próprio.

Mesmo assim, trago abaixo a magnitude aparente dos planetas:

  • −4,89     Vênus
  • −2,94     Júpiter
  • −2,91     Marte
  • −2,45     Mercúrio
  • −0,49     Saturno

Mas por que na lisa não estão os demais planetas?

Por que a lista acima são apenas dos planetas que conseguimos ver a olho nu. Os demais planetas tem o brilho tão fraco, que precisamos de aparelhos para conseguir ver o seu brilho.

Compartilhar

Veja Também

Lua de Sangue

A Lua de Sangue ou Lua Vermelha, é conhecida por este nome devido a coloração …